5 dicas para criar uma Landing Page de alta conversão

with Nenhum comentário
Projeto de como desenvolver uma landing page
Projeto de como desenvolver uma landing page

Você com certeza já deve ter ouvido falar em Landing page, mas pode não ter entendido muito bem do que se trata e menos ainda como produzir uma.

As landing pages são uma ferramenta muita usada no marketing digital com uma única finalidade, converter visitante em lead.

Ou seja, o foco destas páginas é apresentar um conteúdo específico que seja chamativo a ponto de atrair os visitantes.

Pode parecer simples, mas a criação de uma landing page requer uma atenção e cuidados com detalhes.

O que compõe uma landing page:

As landing pages podem conter qualquer tipo de informação que você julgar necessária, desde que esteja dentro da sua proposta.

Mas existem alguns dados que precisam estar presentes em qualquer landing page de sucesso.

As principais são:

  • Título:

O título é o primeiro contato do visitante com seu anúncio, então precisa ser bem interessante.

  • Descrição:

Aqui é onde você vai descrever, de maneira sucinta sua oferta e seu produto, pode também descrever as vantagens do conteúdo.

  • Call action:

Esse é o botão que chama o leitor para a ação, até aqui ele está apenas lendo o que está descrito na página.

O call action é o botão com frases como: Clique aqui, quero ter acesso, acesse agora.

  • Produto ofertado:

A imagem do produto é muito importante para despertar a curiosidade e o interesse, então mostre seu conteúdo.

  • Formulário:

O formulário é a chave de toda landing page, é nele que o visitante vai inserir seus dados e assim se tornar um lead.

1. Defina seu público alvo:

O foco é muito importante na hora de criar uma landing page, por isso é tão importante definir quem é o seu público.

A quem você deseja atingir com a landing page, quem pode se interessar mais pelo tipo de produto ou conteúdo ofertado.

Tenha sempre em mente que você não vai atender a todos os públicos e que nem todo mundo vai se interessar pelo seu conteúdo.

Então, com isso em mente, direcione seus esforços a quem realmente importa, o perfil onde se encaixam a maior parte dos seus clientes.

As cores, o tipo de escrita e até a fonte e layout utilizados podem ser personalizados para a seu público alvo.

Isso atrai a atenção das pessoas certas e transmite a identidade da sua empresa e cria identificação do visitante.

2. Adicione apenas as informações necessárias:

Porém também é preciso lembrar que quanto mais simples e objetiva melhores os resultados.

Essas são páginas que tem a finalidade de apresentar rapidamente um produto e isso precisa ser feito com pouca informação.

Quando o visitante olhar a landing page precisa logo identificar o que é anunciado e o que é pedido.

Hoje a facilidade de se comunicar em poucas palavras é um diferencial que pode alavancar sua proposta.

Por isso investir em muito conteúdo, textos longos e muitas cores logo acaba  com o interesse do possível cliente.

Escolha frases mais curtas e simples que passem a informação necessária do produto que é oferecido.

Pense também nas cores que serão usadas, aqui vale a regra de que 3 cores são o máximo permitido.

Assim como os textos longos, o uso de muitas cores fortes e contrastantes pode dispensar esse visitante.

Escolha apenas uma imagem que representa bem sua proposta e tenha ela como plano de fundo ou em uma parte específica.

Aqui não é preciso, e nem recomendado usar diversas imagens para ilustrar sua landing page.

3. Invista em Sites Responsivos:

Cada dia mais as pessoas usam menos os computadores e notebooks, tudo é feito pelo celular ou tablets.

E é por isso que os sites responsivos é tão importante, ela vai te permitir alcançar um público muito maior.

Sites Responsivos são responsável por adaptar a landing page para que possa ser vista em diferentes telas.

Uma boa landing page precisa permitir seu acesso, sem perdas, independente do tamanho de tela usado.

Um visitante que entra em sua página pelo smartphones e percebe que não é um site responsivo, logo desiste de acessar o conteúdo.

E é muito difícil que ele busque uma alternativa, ele apenas procura por sites que ofereçam a responsividade.

Por isso investir em responsividade para sua landing page pode ser o diferencial para o sucesso do seu anúncio.

4. Crie um formulário simples e objetivo:

O formulário presente na landing page é a parte mais importante da sua landing page, pelo menos para você.

É através dele que você vai conseguir alcançar o retorno tão esperado com a landing page, a criação dos leads.

No formulário você consegue que cada visitante, que se interessa pelo tipo de conteúdo oferecido, forneça dados pessoais.

Com dados como e-mail, telefone, nome e idade, fica mais fácil manter contato com essas pessoas e criar um vínculo.

Através de emails você pode informar promoções, novidades e até curiosidades sobre a empresa.

Para os visitantes ele é apenas a chave para ter acesso ao conteúdo anunciado, por isso precisa valer a pena preenchê-lo.

Quando um formulário é muito extenso o visitante logo perde o interesse, mesmo que o conteúdo oferecido seja muito bom.

Por isso, solicite apenas o que for realmente necessário, nome, email, telefone já são suficiente para conseguir se manter em contato.

Destacar o formulário na página também é um diferencial, faça uma chamada do formulário ou o posicione no canto da página com uma cor forte.

5. Pense em um título criativo e atrativo:

Como já dissemos, o título é o primeiro contato do visitante com sua landing page, então precisa ser bem pensado.

Por isso as técnicas de copywriter são muito importantes em uma landing page, tanto para o título quanto para a descrição.

Os gatilhos do marketing digital é que vão motivar seu visitante a acessar a página e fornecer seus dados.

A começar pelo título tudo precisa ser bem pensado para chamar a atenção e despertar a curiosidade e interesse.

As cores, fonte e o destaque usados no título também ajudam a convencer o cliente.

Mas isso não quer dizer usar cores muito chamativas ou setas e brilho, deixá-lo bem escrito e em evidência já é suficiente.

É assim que conseguimos converter um visitante em leads e depois em cliente.

Conteúdo produzido por Leandro Santos | Fundador da Naveg.in – Agência Especialista em Criação de Sites em WordPress

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *