Como criar um site para sua empresa otimizado para SEO

with Nenhum comentário

Atualmente é muito comum se falar em SEO para sites. Mas o que eles realmente significam? Compreender seu significado e utilização é o primeiro passo para ocupar as primeiras páginas em pesquisas.

Para que um site seja bem ranqueado é fundamental que ele seja facilmente compreendido pelos usuários que surgirem e pelos buscadores, que são os robôs responsáveis por fazer essa seleção entre os melhores conteúdos.

Por isso, neste artigo você irá entender o que é, e como criar um site para sua empresa otimizado para SEO.

SEO

SEO é sigla para Search Engine Optimization, frase em inglês, que por sua vez significa otimização para motores de busca.

São otimizações feitas no site e no próprio conteúdo, que fazem com que os buscadores compreendam perfeitamente do que se trata e possam ranquear o site, sempre que um usuário procurar por um conteúdo similar ao seu.

Desse modo, ele pode ser entendido como alguns fatores e pontos que, quando melhorados, ajudam e muito a colocar o site em um bom lugar no ranking, entre as primeiras páginas.

E isso aumenta consideravelmente as probabilidades de o seu site ser recomendado para um usuário que procure um conteúdo pertencente a ele.

Por isso, durante o processo de criação do site, é preciso se ater a detalhes importantes, como o design, as tags e a meta descrição, e o próprio conteúdo, que são os fatores mais importantes para um site otimizado para SEO.

Design

O SEO é algo muito mais amplo e abrangente do que parece, e deve ser pensado em todas as áreas que envolvem o seu site.

De todo modo, o foco maior deve ser o usuário, pois é ele quem realmente irá dar engajamento e tráfego para seu site. Assim, as estratégias de SEO devem ser pensadas para eles também.

Desse modo, para a criação de um site é preciso pensar em um design chamativo, mas que deixe o usuário confortável na navegação.

Por tanto, é crucial usar instrumentos para facilitar a experiência do usuário, enquanto navega pelo seu site, que deve possuir um design bem estruturado e organizado.

Durante o processo de criação é fundamental fazer com que o site se encaixe perfeitamente na tela de todos os dispositivos, tanto smartphones quanto computadores.

Além do mais é preciso pensar também na rapidez em que o site irá carregar o conteúdo, a demora pode fazer com que os usuários entrem e saiam do site rapidamente, afetando bastante o prestígio para com os buscadores.

Tags e meta descrição para SEO

Outros fatores importantíssimos são as chamadas tags, que são como codificações especiais, pelas quais os buscadores conseguem compreender perfeitamente qual a finalidade do site.

As principais são as tags H1, H2, H3, H4, H5, e H6, e dentre elas a principal é a H1, pois é a que se refere ao título. As outras representam os subtítulos, e também são de suma importância.

Já a meta descrição é aquele resumo do conteúdo que aparece junto ao site nas páginas de pesquisa, isto é, quando alguém pesquisa sobre algo, sempre surgirão os resultados de sites, e junto a eles uma breve introdução, que é a meta descrição.

Ela é a porta de entrada para o seu site, por isso é fundamental que seja muito bem trabalhada e elaborada, mostrando ao usuário o que ele poderá encontrar.

Conteúdo

Tão importante quanto à estrutura e o design do site, é o próprio conteúdo, que ocupa um papel central nesse empreendimento. Aliás, é buscando um bom conteúdo que o usuário acessa um site.

Desse modo, o conteúdo e toda sua estrutura devem buscar resolver o problema do usuário, tirar suas dúvidas.

Por isso, é necessário conhecer bem o público alvo, que terá interesse em acessar o conteúdo produzido, e também o nicho em que ele se enquadra.

Utilize palavras chave, mas de um modo que não interfira no sentido, na sequência ou fluidez do texto. 

As palavras chave devem estar dispersas por todo o texto, principalmente em títulos e subtítulos. Nesses itens, o ideal é que a palavra principal surja a cada 400 palavras nas titulações.

Os links internos, que ligam o texto a conteúdos dentro do próprio site, e os links externos, que o ligam para fora, em outros sites, também são importantes, mas devem ser introduzidos de modo natural também.

Os links internos podem ser inseridos ao final do texto, e são artigos com conteúdo similar, pertencentes ao seu site, como dicas de um algo a mais sobre aquela área. Por isso é importante que pertençam ao mesmo nicho. 

Já os links externos podem ser usados em meio ao texto, mas de modo camuflado, estando inserido como uma palavra normal do conteúdo, e devem ligar a sites importantes, quando houver a necessidade.

Espero ter ajudado a esclarecer um pouco mais sobre o assunto. Mas, qualquer dúvida é só deixar aqui nos comentários.

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *