Como melhorar a experiência de compra online dos seus consumidores

with Nenhum comentário

Aumentar as vendas e consequentemente o faturamento no mercado online passa pela melhoria da experiência de compra dos consumidores. O comércio eletrônico está crescendo cada vez mais, atraindo a atenção desde micro e pequenos negócios até grandes indústrias.

Mas estudos e pesquisas recentes indicam a necessidade de evoluir em muitos aspectos, principalmente pensando no seu potencial cliente.

Informações veiculadas nos últimos dias no E-commerce Quality Index – EQI relatam que a nota do comércio eletrônico brasileiro foi de apenas 40 pontos. O índice fica bem abaixo da média considerada aceitável de 60 pontos. O estudo foi realizado e divulgado pela Lett Digital, agência especializada em Trade Marketing Digital, em parceria com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), Opinion Box e ComSchool.

O EQI 2019, sigla que na tradução para o português significa Índice de Qualidade do E-commerce, visa avaliar como está a percepção do comércio eletrônico sob a ótica do consumidor final.

Vamos então conferir como você pode melhorar a experiência de compra online dos seus consumidores, baseado no que os próprios usuários de e-commerce falaram sobre suas impressões anteriores.

Fale mais sobre os produtos

Não economize detalhes e dados na hora de descrever seus produtos dentro do site. Sua página é o espaço que você tem para valorizar seu negócio, é onde você vai poder “vender” os produtos com palavras e imagens.

Principalmente quando falamos de mercados mais complexos, como o industrial, o consumidor precisa ser municiado com qualidade e eficiência para tomar sua decisão.

Um dos pontos críticos do estudo foi justamente a identificação de que faltam informações nas páginas de produtos das lojas. Ou seja, muitos usuários não tiveram boas experiências na busca por determinados produtos ou serviços, suas dúvidas não foram sanadas e por isso desistiram de comprar naquele site.  

É muito importante evitar que suas descrições sejam incompletas, desatualizadas e principalmente que contenham erros. Ao disponibilizar um site ou uma loja virtual para divulgar e vender produtos e serviços para seu público alvo, você precisa se preocupar em fazer da maneira mais detalhada possível.

O estudo identificou que 95% das pessoas consideram muito importantes encontrar conteúdos completos dos produtos. O aumento da taxa de conversão pode chegar a 30% por meio dessa otimização. Vale a pena levar em consideração, concorda?

Capriche no cadastro completo

Não bastará ter uma boa descrição dos produtos caso eles sejam cadastrados de maneira equivocada ou confusa.

Isso significa falta de padrão, imagens de alta e baixa qualidade, itens com várias imagens e outros com nenhuma, categorização errada e por aí vai.  

Separe por categorias

Independente do seu ramo de atuação, seja uma indústria com centenas de produtos ou um pequeno comércio com menos de 10 itens, sempre separe tudo por categorias.

Isso facilita a busca do consumidor, ajuda a organizar as informações e deixa seu site mais coerente.  

Faça títulos chamativos

Quantas vezes você é impactado por um produto pelo título que descreve de maneira clara exatamente aquilo que você estava procurando?

Pois é, não acontece apenas com você. Assim como as imagens, o título é essencial para atrair a atenção dos usuários.  

Cuide bem das imagens

As imagens dos seus produtos são fundamentais para captar a atenção dos consumidores. Até o ano passado apenas 34% dos produtos possuíam mais de 3 imagens de acordo com dados do EQI.

O índice é bem ruim se considerarmos que milhares de produtos necessitam de visualizações por diferentes ângulos para serem avaliados adequadamente. Você pode ter parte interna e externa, variações de modelos, cores, lateral, fundo, tampa.

Enfim, padronize o tamanho das imagens, utilize fotos com boa resolução, tenha uma boa variação que consiga mostrar o produto por inteiro.

Não deixe o consumidor com nenhuma dúvida, visto que no comércio eletrônico ele não pode pegar e testar o produto antes da decisão.

Conclusão

Aproveitar o bom momento das vendas online não passa apenas por ter um site, uma loja virtual e fazer um trabalho ativo nas redes sociais.

É preciso pensar mais e mais no consumidor, para oferecer uma experiência que seja de fato positiva a quem está buscando mais comodidade e praticidade.

Artigo produzido por Gustavo Faleiro, Gerente de Marketing da Loja Virtual

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *