Conheça 6 inimigos que prejudicam a inovação da sua empresa

with Nenhum comentário

Você conhece o exemplo do Google para deixar a inovação fluir?

Eles permitem que seus funcionários utilizem 20% de seu tempo de trabalho na empresa para se dedicar a projetos pessoais com intuitos inovadores.

Este é um exemplo que aborda o desafio de otimização de processos, maior atração e retenção de talentos. 

Quando há inovação é possível trabalhar em equipe para desenvolver práticas cada vez mais eficientes. Por isso, conheça 6 inimigos que prejudicam a inovação da sua empresa.

Inimigo 1 – Equipe desmotivada

Sabe o que é turnover?

É o número de entrada e saída dos funcionários. Se esta rotatividade na sua empresa estiver alta, fique atento para corrigir isso o mais rápido possível.

Geralmente ele é causado por desmotivação. Pode ser a falta de compromisso em finalizar projetos e colocá-los em prática pelos gestores. 

Também é comum o estabelecimento de metas impossíveis que deixam a equipe frustrada além da falta de incentivo para a experimentação de ideias.

Inimigo 2 – Zona de conforto

Se formos fazer uma comparação básica é como se este item fosse uma ilha segura que te deixa livre do que pode te prejudicar.

Mas também te deixa por fora do que pode te melhorar, como a inovação. Quando você perceber será engolido pela água e vai desaparecer.

Inimigo 3 – Falta de plano de negócios

Esse é um sabotador nato. Pense que no seu dia a dia, para diminuir a ansiedade é bom fazer planos. Assim como em seu negócio.

Ao ter objetivos claros é possível traçar planos de projetos inovadores de forma mais eficiente.

Caso você decida por um empréstimo, por exemplo, faça um plano para quitar as dívidas com antecedência e não esqueça de segui-lo.

Inimigo 4 – O centralizador ou a centralizadora

O(a) centralizador(a) é aquele que não insere mais pessoas nos projetos e se convence que pode fazer isso sozinho. O papel do empreendedor neste caso é garantir que isso não aconteça.

Desta forma, a sua empresa com conta mais cabeças pensantes e mais ideais inovadores em suas próximas ações.

Inimigo 5 – Desorganização financeira

Anote aí: planejamento, análise e controle de atividades. 

Pode ter certeza que sem essas três palavras-chave o seu financeiro não irá ser saudável, o que dificulta, e muito, a busca por inovação em sua empresa.

Para isso, a dica é fazer o uso de algumas ferramentas de fluxo de caixa, vendas, estoque e controle de vendas com cartão (como é o caso da Conciliadora).

Esses sistemas permitem de modo fácil e rápido a elaboração de relatórios precisos e muito bem organizados.

Você vai colher benéficos frutos em suas tomadas de decisões futuras, tanto comerciais quanto na contratação. É muito valioso também em uma possível tomada de empréstimos e investimentos.

Inimigo 6 – Processos burocráticos > falta de tempo

Inovação combina com criatividade. Mas sabe o que não combina com criatividade? Processos burocráticos em excesso e desorganizados. Aliás, estes são os grandes inimigos da inovação.

Apesar de ser um mal necessário por criar regras internas e externas, não deixe seus projetos de inovação serem atrapalhados pela falta de tempo causada pelos processos burocráticos.

A dica aqui é se organizar muito!

3 soluções para combater esses inimigos

Solução 1 – MATRIZ SWOT

Como descobrir o que está impedindo a inovação da sua empresa ou o que está dando certo? Utilize a matriz SWOT para direcionar a gestão estratégica.

Com essa ferramenta você reconhece as forças e as fraquezas do empreendimento, além de oportunidades e ameaças do mercado.

Preencha o SWOT de acordo com o significado da sigla:

Strengths (forças);

Weaknesses (fraquezas);

Opportunities (oportunidades);

Threats (ameaças).

Solução 2 – PDCA

Imagine que você decidiu investir em uma nova ação ou projeto em sua empresa.

Qual passo dar primeiro? E depois? 

O mercado mudou de um hora pra outra, e agora? Devemos abandonar tudo? O PDCA ajuda a deixar o planejamento em dia, além de monitorar o ajuste das estratégias.

Veja:

to Plan (planejar);

to Do (executar);

to Check (verificar);

to Act (agir).

A verificação é importantíssima para que o projeto não seja abandonado como acontece em diversas organizações.

Projetos de inovação caminham alinhados à esta estratégia já que são favoráveis à sua execução efetiva diante de metodologias sujeitas a mudanças constantes.

Solução 3- 5W2H

Vai desenvolver um projeto com inovações?

É importante analisar cada um dos pontos abaixo para garantir que seja um trabalho realmente interessante e bem definido.

What (ou, o quê) > do que se trata o projeto;

Why (ou, por quê) > qual é o objetivo dele;

Where (ou, onde) > defina onde ele será realizado;

Who (ou, quem) > estabeleça quem serão os envolvidos;

When (ou, quando) > monte um cronograma com os prazos de execução;

How (ou, como) > o que deve ser feito para colocá-lo em prática efetivamente;

How much (ou, quanto) > estipule qual será o orçamento do projeto.

Após ler este artigo você tem em mãos estratégias para inovar cada vez mais.

Que tal colocá-las em prática?

  • Equipe Conciliadora
Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *