Marketing de guerrilha: o que é e como fazer?

with Nenhum comentário

Em um mercado cada vez mais competitivo, é de extrema importância que as empresas invistam em estratégias de marketing para se destacar da concorrência e alcançar o sucesso no mercado.

Seja uma empresa que oferece serviços para pets ou uma rede de produtos cosméticos, as estratégias de marketing têm o poder de atrair o público-alvo de forma eficiente e criar um relacionamento sólido entre empresa e consumidor.

Por este motivo, é fundamental buscar sempre a inovação, desde a criação de novos produtos, quanto nas campanhas de divulgação.

Com estratégias diferentes e atraentes, você pode destacar sua empresa no mercado e superar a concorrência. E no universo do marketing há inúmeras possibilidades disso acontecer. 

Se você se interessou e deseja saber mais sobre marketing de guerrilha, então está no lugar certo! Acompanhe a leitura até o final. 

O que é marketing de guerrilha?

O marketing de guerrilha, como pode sugerir o próprio nome, é um tipo de marketing considerado mais agressivo e direto se comparado com outras formas de marketing.

A ideia do marketing de guerrilha foi inspirada na guerra do Vietnã, tendo como marca a criatividade e muitas vezes, o baixo investimento.

Além disso, o marketing de guerrilha faz uso de ações não tradicionais onde muitas vezes o cliente sequer percebe que está sendo influenciado por alguma ação de marketing.

Apesar de ser muito útil para pequenas empresas com orçamento limitado, o marketing de guerrilha pode ser adotado por qualquer empresa, independente do tamanho ou nicho, seja ela uma multinacional ou uma pequena clínica que realiza a medição dos níveis de colesterol dos seus pacientes. 

Entre alguns exemplos de estratégias de marketing de guerrilha podemos citar:

  • Flash mobs;
  • Performances;
  • Marketing viral;
  • Patrocínio.

Como fazer marketing de guerrilha?

Agora que já sabemos o que é exatamente o marketing de guerrilha vamos entender como fazê-lo.

  • Trabalhe a persona: é importante conhecer a fundo quem a sua empresa deseja impactar com o marketing de guerrilha. Para isso, é fundamental criar as personas do seu negócio e considerar os clientes que já possui e os que deseja atrair;
  • Considere parcerias: as parcerias podem garantir engajamento e visibilidade, questões importantes para bons resultados com o marketing de guerrilha. Além disso, uma boa parceria costuma ser benéfica para ambos os lados envolvidos;
  • Originalidade é essencial: o marketing de guerrilha é reconhecido por ser inovador, por isso, é importante elaborar estratégias que não sejam convencionais;
  • Mantenha a personalidade de sua marca: uma empresa que deseja colocar o marketing de guerrilha em prática, precisa também manter a sua personalidade, ou seja, a linguagem com a qual o público da empresa sempre se identificou e adaptá-la para as estratégias;
  • Cuidado com o impacto: a idéia do marketing de guerrilha é provocar emoções e impactar o cliente. Porém, é claro que esse impacto precisa ser positivo e provocar boas emoções.

Portanto, ao elaborar as estratégias, é importante ter sensibilidade e buscar colocar em prática ações descontraídas e leves para que o público se sinta bem ao pensar em sua marca;

  • Conte com a interatividade: as ações de marketing de guerrilha podem ser aplicadas no âmbito digital com ações interativas, gerando maior engajamento com a causa. Portanto, aproveite todos os recursos disponíveis para alcançar o seu público.

Agora que você já sabe tudo sobre marketing de guerrilha, que tal começar a colocar essas estratégias em prática? 

Gostou do conteúdo? Conte para gente nos comentários e não deixe de compartilhar nas redes sociais. 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *