Marketing digital para indústria de alimentos

with Nenhum comentário

O marketing digital, quando realizado de forma eficiente, traz resultados bastante significativos para sua indústria, uma vez que a influência das mídias digitais dão mais acesso e informação ao cliente, ao passo que aproxima sua empresa do consumidor e permite a expansão da autoridade da sua marca.

É importante ter em mente que mesmo que sua marca não interaja com o cliente final, a procura pelos seus serviços, produtos e fornecedores começa muito antes de um potencial contato do cliente.

Logicamente que quanto mais o cliente final consome os produtos da sua indústria, mais os revendedores desejarão fechar negócios. É uma cadeia de valor que a sua empresa precisa impactar desde o fornecedor, passando pelos revendedores e deve sim impactar o cliente final, a base de sustentação do seu negócio.

Desejamos abordar em especial o marketing digital para a indústria alimentícia. Como uma rede social pode engajar consumidor e aumentar a demanda no ponto final de venda? Como estar em destaque no Google pode aumentar a geração de negócios?

Vantagens do marketing digital para o setor alimentício

A indústria de alimentos é um dos setores que mais se beneficia com o marketing digital. Por exemplo, o consumidor quando está em um supermercado decide por determinadas marcas de acordo com experiências, informações, e até a embalagem do produto.

Uma boa estratégia de marketing digital, com ações bem definidas de acordo com o público-alvo da marca e seus objetivos, é capaz de alavancar sua indústria de alimentos, aproximar seus clientes e aumentar seu lucro!

Com o uso correto de diferentes ferramentas, redes sociais, campanhas de anúncio no Google, e-mails marketing, entre outros, é possível alcançar o perfil de cliente que é interessante para a marca.

Entenda os impactos de cada cada ação digital para a indústria:

Relacionamento entre marca e consumidor

O marketing digital permite tornar a comunicação entre a marca e consumidor muito mais eficaz, com isso é possível realizar a avaliação dos resultados quase que em tempo real, adaptar a segmentação e ajustar o valor de investimento conforme os resultados forem promissores.

Temos um exemplo que é referência no quesito aproximação da marca com o público, criando clientes fiéis à marca, que é o caso da Moinho Globo, empresa renomada por sua farinha de trigo e mistura para bolos e pães, atendida pela K2 Estratégia Digital com processos de Inbound Marketing.

O Inbound faz muito sucesso com a marca, pois foi trabalhado as redes sociais com interações constantes, solucionando as principais dúvidas dos consumidores, e também houve a criação do Clube Momentos Incomparáveis, onde é enviado mensalmente receitas temáticas pelo e-mail, sempre recebendo interações e feedback positivo dos leitores.

Tráfego qualificado

A estratégia de marketing de busca adotou a criação de receitas culinárias que utilizam os produtos da marca. Mas de nada adianta ter um monte de conteúdo se ninguém os encontra, não é mesmo? Aí que entra SEO (otimização de sites para mecanismo de busca), que tem como objetivo posicionar os principais conteúdos da empresa nas primeiras posições no Google para as melhores palavras-chave do segmento.

O resultado disso é geração de tráfego qualificado, de pessoas que passam a conhecer ainda mais a marca, impactando assim as vendas para o consumidor final. É a indústria se movendo no digital para impulsionar as vendas, mesmo que de maneira indireta.

Como adquirir leads interessados em se tornarem revendedores

Outra estratégia digital muito interessante a ser adotada pela indústria é aumentar a base de contatos interessados em se tornarem revendedores dos produtos. Acredite, há muitos pontos de vendas que buscam novos produtos para revender e lucrar, e a internet é um dos canais mais utilizados para este fim.

Vamos dar um exemplo prático. Com boas estratégias de SEO, anúncios Google e gestão das redes sociais, a Pratic Leve, indústria de salgadinhos e farofas, passou a aumentar drasticamente a base de leads, contatos interessados na revenda dos produtos da marca. Descobriu-se quais palavras-chave esse público utilizava no Google e assim o marketing de busca agiu para que a marca se destacasse nas buscas.

Melhores estratégias para aumentar a demanda

1. Comunicação personalizada nas redes sociais

Graças às redes sociais, é possível coletar dados valiosos para as marcas, entender as principais dúvidas e dores dos consumidores e, a partir disso, desenvolver estratégias personalizadas. Conhecendo seus clientes mais a fundo, você pode oferecer exatamente o que eles precisam naquele momento. Ao responder uma dúvida frequente de um usuário, você está criando um laço com ele, e as chances dele lembrar da sua marca quando for fazer uma compra é muito maior.

Todo o planejamento das redes sociais da sua marca deve estar integrado e coerente. É preciso aproveitar o espaço que o digital oferece da melhor forma possível. Com um bom impulsionamento das postagens e uma boa segmentação de anúncios, mais pessoas que gostam de cozinhar ou trabalham no setor alimentício serão impactadas, gerando uma demanda natural no mercado.

2. Conteúdo de qualidade

Procure sempre trazer informações relevantes e interessante para seu público. Não foque só na publicidade da sua marca, é importante utilizar todas as plataformas possíveis para oferecer conteúdo de qualidade. Para isso, é possível utilizar vídeos, postagens em blogs, eBooks e materiais ricos, e-mail marketing, entre outros.

3. Mídia online

O anúncio pago ajuda e muito a impulsionar os negócios da sua marca. Você pode utilizar os anúncios em campanhas pontuais, ações institucionais, promoções, entre outros. Esses anúncios irão aparecer em áreas estratégicas nas redes sociais como Linkedin, Facebook e também nos mecanismos de busca, como o Google.

Além da marca ter mais flexibilidade em relação ao orçamento que será disponibilizado para mídia, outra excelente vantagem dessa estratégia é que ela fornece dados exatos de conversões e cliques, permitindo ver que tipo de anúncio funciona ou não, podendo mudar a estratégia em tempo real.

4. SEO

Como já citado, o trabalho de SEO para indústrias de alimentos funcionará com o objetivo de posicionar receitas culinárias que utilizam produtos da marca, pois receitas são buscadas por milhões de brasileiros diariamente no Google, e com a marca sendo referência, a demanda é gerada.

O SEO consiste em melhorar a velocidade de carregamento do site, a usabilidade e navegabilidade, melhores conteúdos, implementações de palavras-chave, divulgação em diversos canais na internet, entre outras ações que visam aumentar a autoridade do site na internet.

Esperamos que com este conteúdo fique claro que mesmo sendo no setor da indústria, a depender do segmento, o cliente final é a base do sucesso do seu negócio, e para isso precisa impacta-los também, não somente o público-alvo mais próximo da sua cadeia de valor. E para isso existe o marketing digital, que tradicionalmente conta com menor investimento com maior retorno.

Artigo escrito pela equipe de analistas da agência K2 Estratégia Digital

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *