Storytelling: Como usar a arte e contar histórias na sua estratégia de marketing digital

with Nenhum comentário

Quem já está dentro do meio do marketing digital a algum tempo com toda a certeza já ouviu falar sobre storytelling. Afinal, esse é um dos termos mais utilizados dentro deste ramo, já que faz parte das estratégias de grandes marcas que já alcançaram o sucesso

Sendo assim, entender o que é e como utilizar essa ferramenta pode ser aquilo que você está procurando para aumentar ainda mais os números da sua empresa.

Sabendo disso, separamos aqui tudo sobre a arte de contar histórias e como utilizá-la para criar conteúdos matadores! Acompanhe abaixo!

O que é storytelling

Storytelling é um termo inglês que, em tradução literal, pode ser definido como o ato de contar histórias. No entanto, no marketing digital o contexto vai muito além, se transformando numa verdadeira estratégia para vendas.

Você pode encontrar a definição completa sobre o que é storytelling e como utilizar na sua estratégia de vendas.

A principal diferença entre a contação de histórias comum e a publicitária é o apelo dramático. Nos métodos comuns, o único objetivo é o entretenimento, e para que ele ocorra, piadas e outros traços humorísticos são utilizados.

No storytelling, no entanto, todas as histórias são contadas visando a identificação do possível cliente com a trama contada.

Para isso, comumente se faz uso do drama e de situações reais, que são sanadas através da compra de determinado produto. Ou seja, o cliente se vê na situação daquela pessoa que já teve uma mudança em sua vida e adquire o item para que tenha essa transformação em sua vida também.

Vantagens de aderir ao storytelling

Dentro do marketing digital, todos os dias surgem novas estratégias que são vendidas como a chave do sucesso.

Sendo assim, a grande maioria dos profissionais da área possui certa resistência em aderir a elas, sabendo que o resultado só é conquistado com muito esforço, tempo e dedicação.

O storytelling, no entanto, se difere dessas técnicas prometidas como “milagrosas” por diversos motivos. Sabendo disso, vale conhecer um pouco mais sobre as vantagens de aderir a essa estratégia e trazê-la para o seu negócio. Confira abaixo!

Conecta as pessoas aos produtos

Nas três últimas décadas, a onda do consumo cresceu consideravelmente. Todas as pessoas sentiam vontade de ter absolutamente todos os produtos que apareciam na televisão ou nas propagandas de rádio, seja pelo status ou pelas promessas oferecidas por eles.

Nos últimos dois anos, no entanto, essa tendência tem diminuído. Cada vez mais as pessoas entendem a importância do consumo consciente e da diminuição na produção de lixo. Sendo assim, o marketing, por sua vez, precisa acompanhar essa nova onda.

Sabendo disso, a grande chave para não sofrer com a queda nas vendas é fazer com que seus consumidores se conectem com os produtos oferecidos.

Dessa forma, eles sentem o quanto aquele item realmente fará diferença em suas vidas e optam pela compra, não de maneira impulsiva, mas muito pensada e confiante.

Para que isso ocorra, nada melhor que o storytelling. Isso porque não há nada melhor para causar empatia que descobrir que alguém já passou pelos mesmos problemas que você. Ou, mais ainda, perceber que essa pessoa pode passar por essas dificuldades e que você pode também.

Através do storytelling é possível conectar o cliente com a ideia que o produto tem a oferecer. Sendo assim, a compra efetivada não se torna apenas do item, mas também da ideia pensada por trás dele.

Storytelling gera mais engajamento

Se existe um fator que é valioso aos profissionais do marketing digital, com toda a certeza é o engajamento. Afinal, ele é uma prova que o conteúdo produzido é bom o suficiente para gerar interesse nos consumidores.

O engajamento pode ser definido como as ações que o público realiza com determinado conteúdo. Ou seja, desde os views, até curtidas, comentários e principalmente compartilhamentos.

O motivo pelo qual o storytelling ajuda bastante nessa questão é bem simples: as pessoas entendem as dores, se identificam com elas e desejam compartilhar suas respectivas histórias.

Além disso, também desejam mostrar a seus amigos e pessoas queridas que também já passaram por esse drama que existe uma solução possível.

O engajamento, por sua vez, também ajuda muito na divulgação e consolidação da marca dentro do mercado. Sendo assim, as vantagens são muitas, tanto na hora da venda quanto na pós comercialização.

Storytelling promove a marca de maneira mais sutil

Existe uma lenda de que produtos bons não precisam de tanta divulgação. No entanto, os profissionais da área do marketing sabem muito bem que essa frase não faz o mínimo sentido. Afinal, de nada adianta ter um ótimo produto se a qualidade não chega aos ouvidos do público.

Sendo assim, muitas vezes as marcas acabam exagerando na quantidade de anúncios produzidos.

Isso pode até gerar um aumento no número de vendas, porém, também arrisca saturar a imagem da marca entre a concorrência e principalmente com os consumidores.

O storytelling, por sua vez, vem para ajudar mais uma vez nessa questão. Afinal, ele é menos invasivo que anúncios cheios de “call to actions” como “compre já!”.

Através dele, o cliente pode conhecer o produto a fundo, seus objetivos, funcionamento e sentir a vontade de adquiri-lo sem necessitar de uma ordem do anunciante.

Ou seja, trazer o método de contar histórias para as suas estratégias de marketing tem vantagens incontáveis. Ele ajuda em todos os momentos, desde a preparação e aproximação dos clientes até a conclusão da venda.

Dicas para começar a praticar o storytelling

Que o storytelling pode trazer diversos benefícios para a sua estratégia de vendas, já ficou bem claro. Sendo assim, vale conhecer algumas dicas para começar a trazer essa técnica para a prática e adquirir ainda mais sucesso com o seu negócio!

Conte histórias curtas

Na era digital, quanto menor o texto, mais chance de ele ser lido. Afinal, estamos nos tornando mais imediatistas e queremos saber de tudo muito rápido e de maneira prática.

Sendo assim, ao começar a praticar o storytelling, evite criar trechos muito longos. Resuma sua história e deixe-a o mais concisa possível, sem retirar as partes mais emocionantes.

Dessa forma, fica mais fácil ter certeza que seus possíveis consumidores a lerão inteira e compreenderão o que seu produto significa.

Defina uma “jornada do herói”

Para praticar storytelling dentro do marketing digital, uma das partes mais importantes é a jornada do herói. Ou seja, é preciso fazer com que o cliente perceba que a outra pessoa passou por um problema e, através do seu produto, conseguiu superá-lo.

Nesse momento, um ponto fundamental é manter as coisas dentro das possibilidades reais. Ou seja, não crie um drama desnecessário. A história deve permanecer dentro de um plano que se encaixe com o item que está sendo divulgado. 

Dessa forma, a identificação ocorrerá de maneira natural ao cliente, sem que ele perceba que está sendo induzido a ela.

Entenda a sua audiência

De nada adianta contar uma história em um tom que não será compreendido por seu público. Um tema de cunho infantil não fará sucesso com adultos, e nem palavras rebuscadas demais conquistarão os adolescentes.

Ou seja, antes de começar a trabalhar com storytelling é fundamental conhecer exatamente o seu público alvo. Sendo assim, faça uma boa pesquisa de mercado e estude o seu plano de negócio.

Depois disso, vai ficar bem mais fácil compreender o que seus consumidores querem ler e, dessa forma, escrever a eles.

O storytelling é uma das estratégias mais utilizadas no marketing digital, principalmente quando falamos de áreas voltadas a produção de conteúdo.

Sabendo disso, comece hoje mesmo a estudar mais sobre esse tema e encante seus clientes com ótimas histórias!

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *