Vender nos EUA: 7 dicas essenciais para ter sucesso reduzindo riscos

with Nenhum comentário

Ampliar o mercado de atuação e alavancar o faturamento em dólar é um sonho para muitas empresas brasileiras. Nesse post te ensinaremos o passo a passo para você vender nos EUA com sucesso.

Na hora de empreender e vender para o mercado americano, é fato que muitos empresários cometem erros na hora de internacionalizar seus produtos ou serviços.

E esses erros muitas das vezes não são óbvios, porém, podem ser fatais para seu sucesso na América.

Te mostraremos neste artigo, quais são os 7 passos para vender e ter sucesso nos EUA.

Para facilitar sua leitura, navegue pelos tópicos:

1. Identifique seu potencial cliente

O processo de vendas nos EUA, parte inicialmente entender quem é seu potencial cliente.

Às vezes, o problema não é vender, e sim conseguir cumprir com a entrega.

Ao se comprometer com uma certa quantidade de entregas, caso não cumpra com o acordado, sua empresa poderá ser multada.

Sem falar que isso pode acarretar um grande prejuízo ao seu comprador, por isso é aconselhado, realizar uma validação.

O teste do exportador pode te ajudar nisso, pois te dará a clareza necessária para sair na busca do seu cliente ideal.

2. Procure profissionais experientes no setor

Um erro comum, é o empresário atribuir um trabalho de suma importância, como a Internacionalização de uma empresa, na mão de um amigo ou parente de confiança. 

Isso ocorre pelo fato da pessoa morar nos EUA, entretanto, isso não garante que possui as habilidades ou competências necessárias para gerir um projeto de internacionalização.

Sempre é bom alertar para isso. Por incrível que pareça. acontece com frequência.
Uma dica valiosa, é sempre buscar no mercado por
empresas de consultoria nos EUA que tenham experiência e credibilidade no mercado.

3. Faça um teste de viabilidade do seu produto ou serviço

É comum se ver muitos brasileiros irem aos EUA para viver na prática a  possibilidade de vender os seus produtos.

Muitos vêm por ter algum conhecido na terra do tio Sam, ou através de pesquisas na internet.

O fato é que muitos gastam seus recursos financeiros, em passagem aérea, estadias, alimentação, transporte entre outros diversos gastos.

Muitos, inclusive, fazem reuniões com prospects que não tem perfil para fazer negócios com sua empresa.

Após tudo isso, retornam ao Brasil sem resultados, ou algum negócio fechado.

Para que isso não ocorra, é muito importante ter os contatos certos para te apoiar na hora de buscar empresas e pessoas para fazer bons negócios.

E uma das formas de detectar isso, é fazer um teste de viabilidade de seu produto ou serviço, para aprimorar os resultados e alcançar os objetivos reduzindo riscos.

4. Entenda que é o processo que te levará ao sucesso

Não existe mágica na hora de vender nos EUA, há processos que tem que serem cumpridos. 

Certamente, uma vez que você supera cada fase, os resultados podem ser muito mais consistentes e promissores. 

Os Estados Unidos é a primeira economia do mundo, a partir do momento que você identifica um bom nicho para iniciar um negócio, isso pode significar muitos milhões de dólares.

5. Abrir uma empresa nos Estados Unidos

Talvez esse seja um dos passos mais importantes, estabelecer uma estrutura de negócios nos EUA.

Os investidores e empresários optam por abrir sua empresa em Miami por diversos motivos:

  1. 160 bancos do mundo operam em Miami, 
  2. Incentivos fiscais e em impostos
  3. Maior estrutura legal para dispor de mais segurança jurídica na hora de fechar acordos

Na hora de abrir sua empresa nos EUA, é bom atentar também para qual o tipo de sociedade mais adequada para seu perfi.

Mais uma vez, se aconselhe com consultores que tem experiência, know how de mercado e, principalmente, credibilidade.

 6. Saiba qual é o visto adequado para você

Se você já chegou nesta fase, significa que os negócios na América estão indo bem. 

O mais importante agora é entender sobre o visto americano que será o mais alinhado ao seu perfil.

Se você decidiu morar nos EUA é fundamental saber a diferença entre os vistos L-1 EB-5 e E-2 para que você e sua família estejam residindo legalmente.

7. Acredite, você também consegue

São muitos os brasileiros que tem alcançado resultados incríveis nos EUA.

Muitos deles falam a mesma coisa…apesar de muitos não acreditaram neles, eles foram lá e continuaram em seus propósitos até alcançar o sucesso.

Por isso o mais importante, é que você acredite que pode, para um dia contemplar com seus próprios olhos aquilo que está determinado a alcançar hoje.

Artigo escrito por Juan Caballero, CEO da Red Consulting Usa em parceria com a isonew.

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *