Cs do crédito: conheça e saiba como oferecer empréstimo aos consumidores

with Nenhum comentário

Sabe o que é Cs do crédito? Se ainda não, então é necessário saber o poder da capacidade, colateral, caráter condições e capital quando o assunto é empréstimo.

Vamos combinar: é realmente um pouco arriscado oferecer crédito para clientes, independentemente de serem pessoas físicas ou jurídicas.

Para isso, é necessário que um perfil seja analisado antes de fechar o acordo adequadamente pelo seu negócio.

Por esse motivo, é recomendado utilizar os Cs do crédito, que visam o pleno entendimento do perfil dos seus consumidores para que você não arque com prejuízos.

Quer entender melhor essa modalidade? Então leia agora mesmo este conteúdo!

O que são os 5 Cs do crédito?

Basicamente, os 5 Cs do crédito servem para avaliar um cliente que seja candidato ao crédito, levando em consideração metodologias objetivas e subjetivas.

Geralmente, os Cs do crédito são aplicados a qualquer tipo de empresa, seja ela pequena, média ou grande, indo muito além das instituições financeiras.

Vale lembrar que as atividades desses empreendimentos devem ser voltadas para a realização de negociações com PF ou PJ (pessoa física e pessoa jurídica, respectivamente), com o objetivo de oferecerem melhores condições de pagamento. 

Os 5 Cs e o perfil do consumidor

Uma pessoa fazendo contas para ver se necessita do cs do crédito.

A divisão dos Cs é feita como: capacidade, colateral, caráter, condições e capital.

Para que o C do crédito seja aplicado, é necessário que a instituição financeira analise o perfil do consumidor.

Caso você queira entender melhor todos esses elementos, leia as próximas linhas para descobrir as características dos Cs do crédito. 

1º C: Capacidade 

O primeiro dos C diz respeito a capacidade que o consumidor – ou o solicitante do crédito – possui de pagar todo o empréstimo atribuído a ele.

E como a instituição financeira sabe que ele pode arcar com todos os seus compromissos?

Para realizar essa tarefa, o banco passa a avaliar o fluxo de caixa da empresa solicitante e se há ou não outras alternativas para quitar a dívida que ela terá.

Além disso, as atividades desempenhadas pela organização, o perfil de todos os sócios e a idade provavelmente são elementos que entram nessa análise. 

2º C: Colateral

O segundo representa as garantias que são dadas em troca da concessão de um empréstimo.

Alguns exemplos são: imóveis, estoque, máquinas da indústria, entre outros itens que podem ser usados para quitar uma dívida não paga.

Por isso, quanto maior for a sua garantia à instituição financeira, maior será a chance de rever todo o valor que foi cedido por meio do crédito.

3º C: Caráter 

Nessa etapa dos 5 Cs do crédito, todo o histórico financeiro do empreendimento que deseja obter o empréstimo é observado.

Isso significa que a instituição financeira analisará todos os empréstimos tomados em um período anterior, a fim de identificar qualquer tipo de falha no pagamento.

E essa atitude só é feita para que o banco entenda melhor o comportamento da empresa, ou seja, se todos os prazos foram respeitados, se a dívida foi completamente quitada, entre outros aspectos.

Além desse fato, o perfil de todos os sócios podem voltar a ser avaliados, no intuito de compreender o grau de honestidade dessas pessoas. ​ 

4º C: Condições 

Nesse C do crédito, as condições presentes da empresa são avaliadas para entender a situação da qual se encontra.

Em outras palavras, visa a entender se a empresa está em ascensão, estagnação ou queda.

Para que essa avaliação seja feita corretamente, será preciso levar em conta o histórico econômico da empresa, bem como os seus concorrentes. 

5º C: Capital

Por fim, o último diz respeito ao capital da empresa, ou seja, o patrimônio líquido dela e de todos os seus sócios.

Com essa avaliação, a instituição financeira passa a entender todas as possibilidades do solicitante de dispor de recursos para que haja investimento no negócio. 

Quando falar sobre os Cs do crédito? 

Uma pessoa consultando tudo o que gastou.

As instituições financeiras normalmente adotam regras para falar sobre os 5 Cs do crédito, a começar pelo fato de que toda a venda, quando feita a prazo, pode ser utilizada para atrair novos consumidores e fidelizar antigos compradores.

Além disso, não é preciso que o faturamento aumente, uma vez que os pagamentos são feitos mediante ao planejamento da empresa.

Por exemplo, se a sua empresa atua no setor de varejo, é possível vender todos os produtos pelo cartão de crédito ao cliente final.

Isso se torna muito prático tanto para você quanto para o cliente, que consegue ter um tempo maior para pagar as suas dívidas.

Porém, quando a negociação é feita de empresa para empresa, a situação acaba mudando, pois, quem fornece o crédito pode recorrer à duplicata, que é um título de crédito que pode ser pago em várias parcelas.

É fundamental que em caso de não pagamento do crédito pelo cliente, a sua empresa precisa se planejar adequadamente para que não haja nenhum tipo de prejuízo. 

Como utilizar os 5 Cs?

É normal que empresas se sintam desconfortáveis na hora de conceder créditos, pois há uma alta taxa de inadimplência entre consumidores.

No entanto, quando aplicados os Cs muitos riscos podem ser minimizados para que o investimento na liberação de prazos e créditos para os consumidores seja vantajoso.

Os 5 Cs podem ser utilizados de duas maneiras pelo seu empreendimento:

  • Análise dos clientes: isso engloba o fato de minimizar riscos utilizando algum aplicativo com a tecnologia de crédito pronta;
  • Auto análise: capaz de verificar se a sua situação está boa para tomar crédito.

Para que você coloque em prática todos os conhecimentos sobre os Cs, recomendamos que você encontre na internet planilhas prontas, capazes de facilitar toda a análise.

Utilize Cs do crédito na sua empresa agora! 

Agora que você sabe o que cada um dos Cs do crédito significa, chegou o momento de usar essa metodologia em seu negócio.

Conceder crédito, como já mencionamos aqui, pode parecer uma atividade arriscada, pois há inúmeros indivíduos inadimplentes.

Porém, quando se usa Cs do crédito, tudo fica mais fácil, uma vez que as análises das solicitações de empréstimo se tornam parte do seu dia a dia.

Sendo assim, não perca mais tempo, utilize os C do crédito no seu negócio agora!

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *