Preço de venda: saiba o que é e como estabelecer o seu

with Nenhum comentário

Formação de preço para um produto ou serviço é uma tarefa extremamente importante para o sucesso da empresa. Se você quer saber como funciona essa formação, veio ao lugar certo! 

Muitas vezes, oferecer um produto a um baixo preço pode não parecer tão rentável. Contudo, se pensar na quantidade, algo simples e barato traz um lucro altíssimo.

Por isso, na hora de definir o preço é importante considerar tudo, desde o que irá financiar a produção do produto, até o retorno que sua venda trará.

Considerando isso, preparamos este conteúdo para falar sobre formação de preço e os cuidados necessários para que você não saia no prejuízo cobrando errado. Confira! 

Entenda o que é preço de venda

Em resumo, formação do preço de venda é o que sua empresa precisa cobrar dos seus clientes. 

Esse valor deve ser suficiente para cobrir qualquer custo de produção da sua empresa, incluindo qualquer despesa que ela tenha para vender e, com isso, conseguir lucrar com todo esse processo.

Por isso, a formação de preço de venda é importante e, quando é estabelecida corretamente, aumenta a competitividade da sua empresa diante dos concorrentes.

Pois, com um produto de qualidade e um preço justo por ele, conforme a sua popularidade cresce sua marca se torna cada vez mais reconhecida no ramo.

Para melhorar o entendimento de como os preços são formados, podemos destacar como as partes desse processo de custos e formação de preços da seguinte forma: 

Custos

Os custos se referem a tudo que a empresa gasta para que consiga oferecer seu produto aos clientes.

O preço deve incluir como custo todo o dinheiro destinado para o produto, tanto a matéria-prima e máquinas necessárias para a sua construção, quanto qualquer despesa paralela para o produto ficar pronto.

Despesas 

Uma despesa é quanto a sua empresa gasta para vender um serviço ou produto e, assim, gerar receitas.

Então, faz sentido incluir até mesmo a gasolina que vai no caminhão que leva o produto para as prateleiras? Sim!

Pois, todos esses valores fazem parte do investimento necessário para que seus clientes recebam os produtos. 

Lucro 

O lucro diz respeito ao retorno que sua empresa irá conseguir após vender o produto ou fornecer o seu serviço.

De maneira geral, o lucro é responsável por financiar a expansão do negócio. 

Viu só? Existem outras maneiras para entender os custos e formação de preço.

Contudo, inicialmente essa análise “genérica” já é necessária para estabelecer um padrão de como os preços são estabelecidos. 

Com ela, você só precisa identificar os custos, as despesas e ver qual a margem de lucro viável para cada serviço ou produto.

Saiba os elementos responsáveis pela formação de preços

Uma mulher fazendo cálculos e analisando como fazer a formação de preço.

Certos pontos se destacam e influenciam diretamente na hora de estabelecer os preços dos produtos. São eles: 

Penetração no mercado: a empresa estabelece o preço com o intuito de conseguir grande participação no mercado, pensando sempre na popularização do seu produto.

Selecionar o mercado: a empresa estabelece o preço visando atingir segmentos específicos de mercado, se consolidando de acordo com as suas necessidades.

Pronta recuperação de caixa: geralmente, empresas que possuem problemas financeiros estabelecem um preço que permite o rápido retorno de caixa.

Promover linha de produtos: neste caso, o preço é usado com o intuito de promover a venda de todos os produtos da linha.

Maximizar o lucro: o preço é estabelecido tendo em vista a maximização do retorno para a empresa.

Eliminar a concorrência: o preço estabelecido tem o propósito da eliminação da concorrência, mantendo a sua marca como a preferida em relação às outras. 

Encontre o equilíbrio entre custos e formação de preços

O ponto de equilíbrio é a junção de tudo visando aumentar a rentabilidade de seu negócio se baseando na formação do preço de venda.

Ou seja, por meio desse equilíbrio é possível ampliar seus investimentos, margem de lucro e trazer novas possibilidades de crescimento para o seu negócio.

Para estabelecer uma boa política formadora de preços, é importante que você tenha em mente:

  • Todos os seus custos e despesas fixas e variáveis;
  • Se atentar às oportunidades para promover cortes e economizar;
  • Saber o faturamento necessário para não ter prejuízo;
  • Definir o lucro necessário para fazer a empresa crescer;
  • Acompanhar os preços praticados pela concorrência;
  • Encontrar formas para vender de acordo com o perfil do seu cliente;
  • Oferecer preços mais baixos e, com isso, exigir menos gastos da sua empresa.

Veja como acontece a formação de preço para as vendas

Uma pessoa fazendo anotações em um papel com a calculadora enquanto consulta o computador e gráficos.

Fora o fator financeiro, a formação do preço de venda depende do estado do mercado!

Isso quer dizer que os preços que você oferece precisam estar próximos ao praticado por concorrentes, desde que tenham a mesma categoria e ofereçam produtos de qualidade.

O que isso significa?

Como exemplo, pense que você é um comerciante de pneus, e a empresa concorrente oferece cada um deles a um preço médio de R$100.

Considerando que o seu é similar em relação à qualidade e nicho que atende, valor dos objetos será baseado nisso.

Além disso, também serão considerados os níveis de informações sobre a marca, seu tempo no mercado e a quantidade de vendas conquistadas sobre a concorrência.

Caso os preços do mercado sejam menores que o encontrado a partir dos custos internos da empresa, o empresário deverá refazer os cálculos financeiros para avaliar a viabilidade de seu negócio.

Isso porque certos fabricantes estabelecem o preço que a distribuidora deverá praticar junto aos seus clientes, provavelmente indústria ou comércio varejista.

Por isso, a negociação entre fabricantes e distribuidores é necessária.

Confira as dicas para a formação de preço 

Após definir o preço de venda, algumas particularidades do segmento que você atua devem ser analisadas e consideradas.

Por isso, é necessário realizar um bom planejamento estabelecendo metas claras e realistas quanto à capacidade de vender.

Isso porque, em muitas situações não vale a pena entrar em um jogo de “quem vende mais barato” e desvalorizar seu produto, desperdiçando lucros, pois sempre haverão ofertas menores. O ideal é apostar em inovação!

Além disso, a comunicação é a alma do negócio!

Por isso, para estabelecer o preço do seu produto ou serviço, as redes sociais e outros meios de comunicação em massa são importantes para que seus clientes sejam informados sobre os novos itens a serem vendidos.

Já sabe como funciona a formação de preço de venda? Então agora é com você!

Como vimos ao longo deste conteúdo, mais que apenas decidir quanto custa o seu produto ou serviço oferecido no mercado, a definição dos preços depende de diversos fatores!

Além de considerar seus custos com produção e preparativos até que chegue ao cliente final, os custos e formação de preço dependem de uma certa análise mercadológica para que sejam assertivas.

Dessa forma, é possível estabelecer preços justos e reais sobre os seus produtos, melhorando sua lucratividade e permitindo que esse dinheiro seja investindo em estratégias de expansão para o seu negócio.

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *