Descubra agora como montar DRE de forma simples e eficiente!

with Nenhum comentário

Saber como montar DRE para a sua empresa é um dos primeiros passos para a criação de estratégias mais bem direcionadas. Afinal de contas, só quem sabe como estão as finanças do seu negócio consegue fazer investimentos assertivos.

O e-commerce tornou a venda de produtos e serviços muito mais fácil, porém existem algumas burocracias das quais é possível fugir.

Isso porque criar e analisar relatórios de desempenho é importante para monitorar resultados e pensar em novas estratégias.

Esse é o caso do DRE demonstração do resultado do exercício, ferramenta contábil que te ajuda a avaliar se a sua empresa teve lucro ou prejuízo em um certo período.

Mas como esse é um assunto que costuma confundir muita gente, preparamos este conteúdo que vai te ajudar a descobrir como montar DRE de forma simples e prática.

Confira:

  • O que é DRE?
  • Conheça a estrutura de uma DRE
  • Afinal, como montar DRE?
  • Veja um exemplo DRE
  • Comece agora a usar a DRE demonstração do resultado do exercício!

O que é DRE?

Homem segurando papel em frente a notebook vendo como montar dre.

Para você saber como montar DRE, antes é preciso descobrir sobre o que trata essa ferramenta contábil. 

O DRE Demonstrativo de Resultado do Exercício tem como principal objetivo detalhar os resultados líquidos da sua empresa ao longo de determinado período. 

Ou seja, ele nada mais é do que um relatório das finanças de todas as ações operacionais e não operacionais da sua indústria.

Para tanto, ele compara as receitas e despesas, normalmente de um ano, para que seja possível saber se a empresa teve lucro ou prejuízo dentro desse período.

Com isso, saber como montar DRE demonstração do resultado do exercício permite seus gestores de fazerem ótimas decisões e planejar estrategicamente as ações.

Mas para sua empresa aproveitar os benefícios de realizar um planejamento estratégico, primeiro é necessário entender a estrutura de uma DRE, que é o assunto do próximo tópico.

Conheça a estrutura de uma DRE

Segundo a Lei nº 11.638/07, publicada em 27 de dezembro de 2007, saber como montar DRE deve ser uma obrigação para as empresas que atuam no Brasil.

Isso porque como ela se trata de uma demonstração do resultado, essa é uma das principais atividades da contabilidade para prestação de contas.

Então, para você entender como elaborar a estrutura de uma DRE para a sua indústria, veja abaixo todos os pontos que essa ferramenta contábil deve conter.

1 – Receitas de vendas

O primeiro ponto para saber como montar DRE demonstração do resultado do exercício é a receita de vendas.

Ou seja, ela representa a entrada de dinheiro no caixa ou direitos (bens e mercadorias) da sua indústria, que podem ser produtos, serviços, juros e dívidas. 

2 – Deduções de impostos

No ponto dois do demonstrativo de resultado do exercício consta todas as devoluções de vendas feitas pelos seus clientes. 

Além do mais, os descontos oferecidos e os impostos que recaem sobre as vendas também são contados aqui. 

3 – Receita líquida

A receita líquida diz respeito ao resultado das vendas tirando todas as deduções de impostos que se possa ter. 

4 -Custos de venda

Os custos de venda do DRE demonstração do resultado do exercício inclui: 

  • CPV: Custo de produtos vendidos; 
  • CMV: Custo de mercadorias vendidas; 
  • CSP: Custo dos Serviços Prestados.

É importante dizer que os custos de venda apresentam contas que têm total relação com a criação de um produto ou a elaboração de um serviço. 

5 – Lucro bruto ou resultado bruto

O lucro bruto é bem diferente da receita líquida quando o assunto é demonstrativo de resultado do exercício. 

Isso porque ele inclui os gastos na produção dos materiais fornecidos pela sua indústria. 

6 – Despesas administrativas ou fixas 

As despesas administrativas, que também podem ser conhecidas como fixas, são aquelas que você precisa manter para o seu negócio funcionar. 

Afinal, mesmo que não haja vendas dos seus produtos ou serviços, é necessário pagar as contas de aluguel, água, luz, entre outras. 

7 -Despesas com vendas

Homens frente a frente com notebook e folha de papel estudam como montar dre.

Quando você quer saber como montar DRE, é necessário anotar todas as suas despesas com vendas, ou seja, os gastos feitos com comissões e custos de pós-venda. 

Falando em pós-venda, ela é extremamente importante para o bom relacionamento com aquele cliente que acabou de comprar um produto ou serviço da sua empresa. 

8 – Despesas financeiras

Despesas financeiras em DRE demonstração do resultado do exercício são os gastos com juros e multas. 

Se a sua indústria está sempre envolvida com importação e exportação, as variações no câmbio também entram nesse tópico. 

9 – Resultados antes do IRPJ e CSLL

Aqui, deve se ter no demonstrativo de resultado do exercício os resultados antes dos descontos de impostos, como IRPJ e CSLL. 

10 – Desconto de IRPJ e CSLL

Antes de descobrir como montar DRE, o 10º ponto está diretamente ligado aos dois impostos mencionados no tópico anterior, que significam:

  • IRPJ: Imposto de Renda de Pessoa Jurídica;
  • CSLL: Contribuição Social sobre o Lucro Líquido.

E é importante saber o que eles significam, pois esses tributos são cobrados em cima do seu faturamento.

11 – Resultado líquido

Você pode ter a impressão de que já viu esse tópico por aqui, mas resultado líquido é diferente da receita líquida.

Isso porque ele representa o valor final que uma empresa obtém num determinado período depois do desconto de todos os gastos, que incluem:

  • Compra de mercadoria;
  • Matérias e serviços,
  • Remuneração da equipe;
  • Desgaste dos equipamentos;
  • Despesas financeiras;
  • Impostos.

Conhecer o seu resultado líquido é fundamental para fazer financiamentos próprios, investimentos ou até para dividir entre acionistas, sócios e funcionários.

Agora que você já sabe como é a estrutura de uma DRE para a sua indústria, é hora de saber como montar uma. Vamos lá?

Afinal, como montar DRE?

Agora que você sabe quais os principais pontos para saber como montar DRE, chegou o momento de conhecer algumas dicas para você saber como elaborar a sua.

Veja mais a seguir:

1 -Siga um modelo de estrutura 

Para conseguir saber como montar DRE demonstrativo de resultado do exercício de forma fácil, é necessário se basear um modelo que inclui todos os tópicos apresentados até aqui. 

Isso porque, com eles, você chegará ao resultado líquido de sua própria estrutura de uma DRE, que pode ficar assim:

  • (+) Receita bruta; 
  • (-) Deduções e abatimentos; 
  • (=) Receita líquida; 
  • (-) Custos de vendas (CPV, CMV ou CSP); 
  • (=) Lucro bruto; 
  • (-) Despesas administrativas; 
  • (-) Despesas com as vendas; 
  • (-) Despesas financeiras; 
  • (=) Resultado antes do IRPJ e da CSLL; 
  • (-) Abatimentos do IRPJ e da CSLL;
  • (=) Resultado líquido. 

No entanto, a sua DRE demonstração do resultado do exercício pode chegar a um modelo muito mais complexo, principalmente se o nível de detalhes for alto. 

2 -Verifique as informações antes dos lançamentos

Após você montar a sua estrutura de uma DRE, é preciso agora fazer o registro de todas as informações em cada tópico. 

Porém, assim como qualquer planejamento, é necessário realizar uma revisão de tudo o que foi anotado. 

Isso porque qualquer erro cometido durante o lançamento do seu produto poderá levar a um mau resultado, fazendo com que gestores tomem decisões erradas. 

3 – Faça uma análise em conjunto com o balanço patrimonial 

Assim que você tiver finalizado a sua DRE demonstração do resultado do exercício, é necessário realizar uma análise de todo o resultado alcançado em um determinado mês. 

Isso porque quando se analisa esse dado com o balanço patrimonial, é possível identificar quais as receitas e os gastos necessários para o caixa, entre outros recursos financeiros. 

Assim, é bem provável que você consiga ter um maior desempenho dentro da sua indústria.

Veja um exemplo DRE

Bom, você já sabe como montar DRE! Mas para que consiga alcançar realmente os melhores resultados, veja este exemplo DRE que preparamos para você: 

Planilha de exemplo de DRE

Com esse exemplo DRE prático, você será capaz de alcançar todos os resultados possíveis. Então, mãos à obra!

Comece agora a usar a DRE demonstração do resultado do exercício!

Neste conteúdo, você viu que ao saber como montar DRE é possível encontrar de forma prática o melhor momento para produzir produtos e serviços para os seus clientes. 

Isso porque ela se utiliza de cálculos para orientar melhor as ações da sua empresa, de acordo com os resultados financeiros que ela tem. 

No entanto, é fundamental ressaltar que uma DRE de qualidade é aquela que apresente todos os resultados possíveis para serem analisados e apurados adequadamente.

Então, siga o modelo que deixamos aqui e mãos à obra! Se você quiser mais dicas para cuidar melhor do seu negócio, confira nosso conteúdo sobre diagnóstico empresarial.

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *