Conciliação bancária: saiba o que é e como realizar

with Nenhum comentário

Conciliação bancária pode ser considerada um dos processos mais fundamentais para a gestão financeira da sua indústria! Veja como fazer conciliação para você não perder dinheiro. 

Realizar a conciliação entre os extratos bancários da sua indústria com os saldos existentes dentro do caixa é uma excelente forma de evitar que a saúde financeira do seu negócio não seja prejudicada. 

Isso porque, além da comparação, a conciliação visa entender as entradas e saídas de dinheiro no caixa da sua empresa, a fim de ter um controle de fluxo dentro dos padrões do sucesso. 

Por ser simples de ser realizada, muitos empreendedores acabam deixando esse processo de lado, o que não deve acontecer de forma alguma. 

Sendo assim, conheça agora mesmo o que é conciliação bancária e saiba como fazer para a sua indústria! 

Afinal, o que é conciliação bancária?

Mãos digitando em teclado de notebook para realizar conciliação bancária.

O processo de conciliação bancária, nada mais é do que a comparação de extratos bancários entre as informações de saldo de caixa com o controle financeiro de saída de caixa da sua indústria. 

Quando você sabe como fazer conciliação bancária é possível verificar se todos os lançamentos foram realizados corretamente, como uma despesa e um recebimento de dinheiro, por exemplo. 

A partir desse controle, todas as movimentações que foram previstas por você e pelo departamento financeiro podem ser armazenadas, a fim de avaliar se houve alguma divergência com o número esperado. 

Tal prática tem total ligação com a gestão financeira de qualquer indústria, apesar de que cada uma apresenta as suas próprias características. 

Para entender melhor a conciliação, vamos supor que você receba os pagamentos por meio de cartões de crédito, débito ou boletos. 

Nesses casos, os valores que você conseguiu gerar com vendas de produtos ou prestação de serviços caíram na conta bancária de uma pessoa jurídica (PJ). 

Por isso, a conciliação é extremamente importante, pois ela confirma se a conta foi paga corretamente ou não. 

Para que você se sinta convencido em descobrir como fazer conciliação bancária, veja mais algumas outras boas razões no próximo tópico. 

Por que você deve realizar a conciliação bancária na sua indústria?

Bom, agora que você sabe o que é conciliação bancária, é preciso conhecer outros motivos para aplicar na sua indústria agora mesmo. 

Para começar, a principal razão para você saber como fazer conciliação bancária é o monitoramento de dinheiro que chega das vendas dos produtos ou serviços da sua indústria por meio de cartão e boletos. 

Além disso, a conciliação é uma ótima solução para quem deseja constatar se houve algum tipo de fraude interna, como um valor depositado a menos, por exemplo. 

Isso porque esse processo compreende que, mesmo que pequenos erros aconteçam, eles devem ser evitados para não acumularem e prejudicarem a saúde financeira da sua marca. 

Fora esse fato, gestores podem acabar se atrapalhando na mensuração de resultados, uma vez que eles serão diferentes do que realmente foi registrado no fluxo de caixa. 

Não à toa, a partir do momento em que se faz a conciliação bancária da empresa é possível entender que todo o processo deve ser acompanhado de perto, a fim de fornecer informações concretas para toda a equipe de contabilidade. 

Mãos digitando em notebook e outras mexendo em celular procurando informações para conciliação bancária.

Afinal, serão esses os profissionais que vão fazer o fechamento das contas no final do mês e, sendo assim, eles é que vão avisá-lo a respeito de prejuízos causados pela falta de pagamento. 

Os prejuízos imediatos também devem ser destacados neste tópico, pois eles representam os descontos que raramente são observados no extrato bancário. 

Isso significa dizer que, quando um novo sócio é contrato, por exemplo, algumas taxas podem passar despercebidas, revelando um saldo inferior ao que deveria estar na conta. 

Por fim, um dos benefícios que chamam mais atenção em empreendedores que resolvem pesquisar sobre como fazer conciliação bancária é o cartão corporativo, que acaba tendo um processo característico para a sua fatura. 

Ou seja, todas as despesas feitas com esse cartão podem ser compreendidas e monitoradas para que você consiga promover melhorias em seu fluxo de caixa. 

Como fazer conciliação bancária? 

Agora chegou o momento de revelarmos a prática da conciliação bancária! 

Uma vez que você já tem conhecimento do tema e sabe quais são os seus principais benefícios, dá para você testar rapidamente esse processo na sua indústria.

Para facilitar criamos um passo a passo. Veja só: 

Passo 1: Faça os lançamentos diariamente

Essa tarefa não é difícil e pode ser feita diariamente pelo contador da sua indústria. 

Esse profissional, além de ser um craque em saber o que é conciliação bancária, deve monitorar tudo o que entra e sai no fluxo de caixa da sua indústria. 

Além disso, é dever dele informar todas as contas bancárias que estão envolvidas nas movimentações. 

Alguns bons exemplos de lançamentos que devem ser monitorados diariamente são: 

  • Pagamentos de fornecedores; 
  • Pagamentos dos salários dos colaboradores; 
  • Taxas, juros e impostos; 
  • Dinheiro que deverá ser recebido dos clientes. 

Passo 2: Verifique o saldo do extrato bancário da indústria

O segundo passo para você realizar a conciliação é também muito simples. 

Pois, consiste na verificação do saldo do extrato bancário da sua indústria. 

Isso deve ser realizado justamente pelo fato de que os saldos iniciais devem bater com os saldos finais. 

Passo 3: Confira todos os detalhes dos lançamentos 

O terceiro passo tem a ver com a verificação das datas dos lançamentos dos seus extratos bancários.

Ou seja, é importante que a análise se baseie na data correta e valores certos para o controle financeiro ideal. 

Passo 4: Corrija as diferenças dos lançamentos

Para finalizar a sua conciliação, é necessário averiguar todas as divergências de dados do controle interno do departamento financeiro com as contas bancárias.

Assim, você estará verificando se os valores estão faltando mesmo ou não. E caso estejam, é necessário corrigi-los o mais rápido possível para não afetar a saúde financeira da sua marca. 

Não perca tempo: apure a conciliação bancária agora mesmo!

Ao realizar a apuração de todas as informações contábeis e financeiras da sua indústria, fica muito mais fácil garantir um relatório que mostre resultados reais e precisos de como está o seu negócio. 

Além do mais, esse processo te ajuda a garantir que o valor patrimonial da sua empresa está sendo favorecido, pois há a existência de um equilíbrio financeiro dentro dela. 

Sendo assim, adote agora mesmo a conciliação para mensurar todos os dias tudo o que entra e tudo o que sai do seu negócio!

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *