O que é controle de caixa e como fazer o da sua empresa

with Nenhum comentário

O controle de caixa é considerada uma atividade obrigatória de qualquer empresa. Ela deve ser realizada todos os dias para que você saiba se há lucro ou prejuízos dentro do seu negócio. Neste conteúdo você saberá como aplicar corretamente em sua empresa.

É comum se deparar com empresas que não dão a mínima para a quantidade de dinheiro que entra e sai do caixa delas. 

Tal atitude gera diversos problemas que podem afetar o futuro do empreendimento e de todos os seus colaboradores. 

Por isso, é necessário saber como fazer um planejamento de caixa para que a receita bruta total do negócio esteja dentro dos parâmetros instituídos por ele. 

O que é controle de caixa?

Controle de caixa leva quase o mesmo conceito que o famoso fluxo caixa.

Porém, o primeiro tem como principal objetivo monitorar a entrada e a saída de dinheiro da sua empresa. 

Sendo assim, ao realizar o controle diário, é possível compreender a origem e o destino do seu dinheiro, a fim de manter o pleno funcionamento da saúde financeira do seu negócio, sem cair em nenhuma armadilha capaz de te deixar no vermelho. 

Afinal, por trás dessa atividade existe um planejamento de caixa, o qual deve ser feito para que nenhuma despesa ou nenhum ganho passe despercebido. 

Mas a minha empresa pode realizar o fluxo caixa e o controle de caixa?

Claro que sim! Independentemente do porte dela, toda empresa precisa monitorar os lucros e danos para poder investir corretamente nos recursos necessários. 

A diferença entre fluxo caixa e controle de caixa diário 

Homem lendo papéis e traçando estratégia de como realizar o controle de caixa.

Como mencionamos acima, o controle leva quase o mesmo conceito que fluxo caixa.

A diferença entre essas duas ferramentas são muito pequenas, ocasionando em confusão entre empreendedores. 

No controle de caixa diário, a principal função é fazer o registro de todas as movimentações financeiras da empresa, facilitando o acesso a todas as informações financeiras. 

Além disso, essa atividade parte do princípio de que todos os números devem ser analisados diariamente, possibilitando entender se haverá lucro ou prejuízo em determinado mês. 

Assim, esse controle dá aos gestores a oportunidade de gerenciar melhor a parte financeira da organização, todos os dias. 

Já no fluxo caixa todo o controle e saúde financeira é verificada, para que decisões estratégicas sejam tomadas. 

Como fazer controle de caixa?

Realizar um planejamento de caixa é muito simples, mas desde que você saiba a estrutura que ele possui. 

Normalmente, são três itens que compõem esse controle diário: 

  1. Recebimento: aqui todos os ganhos em dinheiro que a sua empresa obteve devem entrar no controle, independentemente se foi uma venda, aplicação, aluguel de peças, entre outros; 
  2. Pagamentos: neste item os gastos e os investimentos que a sua empresa fez devem entrar no caixa. Para facilitar, separe essas despesas entre custos fixos (aluguel, salário de funcionários, etc.) e custos variáveis (pagamento de fornecedores, entre outros);
  3. Saldo anterior: este item representa o saldo do caixa do mês passado – ou período anterior. Isso significa que o controle de caixa diário foi feito adequadamente, garantindo que o saldo se torne o valor total dos recebimentos. Um exemplo seria você receber R$ 20 mil em um dia e depois verificar os pagamentos, que  ficaram no valor de R$ 15 mil. Assim, para saber o saldo anterior, basta fazer a seguinte conta: R$ 20.000 – R$ 15.000 = R$ 5.000

Viu só como é simples de entender a estrutura do planejamento de caixa? 

Geralmente, ela serve somente para empreendedores que ainda trabalham manualmente com essas contas. 

Caso você seja um daqueles que já adotaram uma planilha ou um programa de gestão, a garantia é automática. 

Tendo isso mente, abaixo vamos apresentar algumas dicas de como realizar o seu fluxo caixa para que você descubra qual a receita bruta total da sua empresa. 

Veja só: 

1. Separe todas as suas despesas 

Homem lendo um papel.

Para isso, você deve fazer uma análise do seu controle de caixa. 

Tente separar e segmentar as suas despesas para entender quais recursos são repassados para cada departamento. 

Por exemplo: gastos com colaboradores, compra de produtos de fornecedores, contas com outras empresas, etc. 

2. Separe todos os seus ganhos

Aqui você seguirá o mesmo princípio do tópico de cima, separando e segmentando todos os seus ganhos para compreender onde você consegue mais dinheiro. 

Com isso, você tem noção de como investir para que o lucro de tamanho na realização de determinada ação. 

Alguns exemplos de ganhos são: pagamentos à vista, ações realizadas com sucesso, cartões, entre outros. 

3. Trace um período

Trace um início e um fim que será verificado no seu fluxo de caixa, bem como de quanto em quanto tempo ele será revisto. 

Ou seja, pense se a receita bruta total será analisada diariamente, semanalmente, mensalmente ou anualmente. 

Lembre-se: quanto maior for o período escolhido, menor são as chances de ter um bom controle do caixa.

Assim, recomendamos que você faça o controle e o cálculo de receita todos os dias, sempre no final do expediente. 

4. Faça ajustes

Nenhuma gestão nasce com o dom da perfeição.

Por isso, é necessário fazer ajustes todos os dias para que o controle da receita bruta total da sua empresa possa ser entendida completamente. 

Realize agora mesmo o controle de caixa da sua empresa!

Bom, depois deste conteúdo, temos a certeza que você começará a se preocupar em realizar o planejamento de caixa da sua empresa para descobrir a receita bruta total dela. 

Isso porque o planejamento tem como principal finalidade traçar as metas e objetivos que se deseja alcançar, bem como reconhecer o cálculo de receita do seu empreendimento. 

Sendo assim, sempre ao final do dia, pare para analisar o controle do caixa da sua indústria para saber se você está tendo lucro ou prejuízos com as suas ações.

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *