Controle das finanças: saiba como alcançar o sucesso com seu negócio!

with Nenhum comentário

Controle financeiro empresarial é uma das formas para que sua empresa tenha sucesso! A gestão financeira, por exemplo, é uma das mais importantes, e se quer saber como fazer saiba que veio ao lugar certo! 

No Brasil, 1 a cada 4 empresas fecham antes de completar dois anos no mercado, segundo relatório liberado pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) em 2018.

Isso acontece principalmente por problemas que dizem respeito à administração e controle financeiro. 

A falta de planejamento e execução das ações estratégicas nos setores gera dívidas que acabam afundando a empresa.

Considerando isso, preparamos este conteúdo para falar sobre algumas técnicas de controle financeiro empresarial para aplicar e impulsionar o seu negócio. Confira:

Saiba a importância do controle financeiro

Diversos fatores são responsáveis diretos para que a empresa consiga atingir todos os seus objetivos. O que diz respeito ao controle financeiro empresarial, controle financeiro é o principal.

No universo da gestão, possuir uma tabela de controle financeiro é essencial para a manipulação de todo o dinheiro da empresa.

Conseguir calcular tudo o que entra e sai por meio de um programa de controle financeiro é algo que coloca seu negócio no caminho certo!

Para isso, é importante que sua gestão adote certas posturas.

Esses cuidados são necessários para um bom controle financeiro empresarial, fazendo toda a diferença nos negócios. Confira a seguir as ações necessárias: 

É importante conhecer o negócio a fundo

É impossível pensar em uma administração empresarial tomando sérias decisões sem pensar direito o que precisa ser feito, não é mesmo? 

Por isso, na hora de pensar no futuro da sua empresa é necessário manter os pés no chão sempre! 

Esse diagnóstico é importante e faz valer a pena a busca por formas de mapear todas as necessidades, pontos fortes e fraquezas do negócio. 

Isso porque, todas essas ações influenciam sua capacidade de se manter saudável e em um ritmo constante de crescimento.

Não se esqueça que é preciso planejar

Após realizar o devido diagnóstico, como por meio de um programa para controle financeiro, é hora de apurar as informações valiosas que ele trouxe para o negócio e guiar sua estratégia!

Para isso, é necessário analisar os fluxos financeiros, estimativas de gastos e ganhos, além de metas a serem atingidas, definindo o alcance dos seus objetivos.

E qual o resultado dessa ação? Um planejamento estratégico com orçamentos e planos táticos.

Além disso, serão possíveis projeções de receitas e despesas, metas de remuneração variável, estratégias de preço e investimentos.

Mantenha um controle próximo de tudo 

Uma pessoa fazendo anotações referente ao controle financeiro empresarial com uma calculadora do lado.

Planejar e esperar que tudo apenas aconteça não funciona, não é mesmo?

O bom controle financeiro empresarial depende de uma execução acompanhada de perto por todos, monitorando os resultados e se mantendo preparados para as mudanças necessárias ao longo do caminho.

O ideal é que esse acompanhamento seja feito em ciclos, que podem ser mensais, por exemplo. 

Isso porque permitir grandes intervalos nesse monitoramento pode abrir espaço para a geração de uma situação negativa irreversível.

Ao se tratar das despesas e receitas, essa periodicidade precisa ser ainda menor — diária, de preferência. Quando o caso for a análise de resultados do negócio (lucratividade e rentabilidade), o trabalho pode ser semestral.

Se atente para não cair em armadilhas

Na busca por um programa para controle financeiro do seu negócio, alguns empreendedores de médio e pequeno porte podem cometer alguns erros.

Esses deslizes são mais comuns no início do empreendimento, mas precisam de atenção constante para que não ocorram.

Separamos uma lista destacando alguns desses erros comuns para que você os evite sempre. Vamos lá? São eles:

  • Misturar dinheiro do negócio com as despesas particulares;
  • Gastar mais do que recebe e, com isso, não criar um fundo de reserva para situações emergenciais;
  • Não registrar as movimentações financeiras, o que gera um gap de informações que certamente impactará nas análises e projeções;
  • Não guardar documentos importantes para a gestão;
  • Falta de disciplina ou disponibilidade de tempo para o controle das contas;
  • Não envolver os colaboradores na gestão financeira e não os conscientizar de que economia e controle andam juntos e devem fazer parte da rotina de todos;
  • Não determinar um valor fixo de pró-labore para os sócios;
  • Desconhecimento da origem dos recebimentos e pagamentos;
  • Formar preço de venda desalinhado com a realidade dos custos e despesas necessárias para a produção ou prestação do serviço;
  • Não medir o desempenho da empresa;
  • Não ter visão de futuro e não saber, ao certo, em que situação financeira deseja estar a médio e longo prazos.

Por mais que o uso de uma tabela de controle financeiro seja essencial, é importante considerar não apenas os valores estáticos, mas também, tudo o que muda constantemente no seu negócio. 

Aprenda como fazer um controle financeiro empresarial

Ao buscar realizar o controle financeiro empresarial, certos procedimentos devem ser adotados para que tudo flua da melhor forma possível.

Acompanhe os próximos tópicos e entenda como aplicar esse procedimento em seu negócio: 

Orçamento anual

Esse detalhe é importante para manter o seu negócio no caminho certo!

A vantagem de fazer um orçamento anual é que algumas despesas mensais consideradas irrelevantes, como R$ 50,00 para o café ou algo do tipo, em um controle financeiro empresarial ao longo de um ano se torna R$ 600,00.

Por isso, montar uma tabela de controle financeiro ao longo de 12 meses e ir controlando as despesas médias de cada mês é importante.  

Uma forma para não esquecer de controlar nenhum valor é verificar por meio de extratos, além de verificar todas as outras contas e incluir os valores como: aluguel, salários e etc. 

Muitas vezes o empreendedor tem um susto quando vê o quanto precisa ganhar por ano só para empatar o jogo.

Fluxo de caixa

Por meio de outra planilha é dado esse passo. A diferença é que além das despesas, todas as receitas farão parte.

Comece a partir do primeiro mês e vá anotando tudo que entra, na data em que deverá ser pago, e tudo que vai sair do caixa também.

Se você fizer isso direito, saberá sempre quanto vai entrar e quanto precisa ter para pagar suas contas. Se a diferença for negativa, é sinal que algo precisa ser feito.

Capital de giro

Uma pessoa fazendo contas na calculadora com uma prancheta de gráficos na mão e com um ntoebook aberto.

Existem vários indicadores financeiros de uma empresa. Um que você precisa sempre ficar de olho é o capital de giro.

Diversos empresários que desejam realizar um bom controle financeiro empresarial precisam se atentar a isso.

Isso porque o capital de giro é uma reserva de dinheiro que você precisa ter para poder pagar suas contas enquanto ainda não recebeu de seus clientes.

Afinal, boa parte das vendas são feitas a prazo ou com cartão de crédito.

Endividamento

É impossível realizar seu controle financeiro empresarial sem considerar o financiamento do seu negócio. 

Contrariando o que muitos pensam, nem sempre é ruim arrecadar capital para fazer sua empresa crescer.

O problema é saber como fazer para que isso não se transforme em uma bola de neve.

Ao perceber que está ficando difícil manter tudo, tome medidas de redução de custos, como terceirização, negociação com fornecedores, adoção do home office e etc.

Cuidado com a antecipação de recebíveis

A antecipação de recebíveis poderia estar no tópico endividamento.

Isso porque muitos empresários não enxergam essa prática como uma forma de se endividar.

Sim, ao antecipar recebimentos de cartão de crédito você está prometendo pagar no futuro (um valor maior, por sinal) aquilo que o banco está te emprestando hoje.

Por isso, caso você veja a antecipação de recebíveis como algo corriqueiro e normal, saiba que este é outro indicador de que seu capital de giro está com problemas.

Controle suas finanças e cresça seu negócio! 

Como vimos ao longo deste conteúdo, para um com controle financeiro empresarial é importante que você se atente a alguns detalhes do negócio.

A importância do controle financeiro pode ser descrita como uma garantia de que seu negócio está caminhando na direção correta para a melhoria dos negócios.

Além disso, aprender a forma correta de fazer isso, por exemplo, evitando gastos desnecessários e sabendo como controlar os gastos que são considerados inevitáveis é uma forma de alcançar o sucesso.

Isso tudo aliado ao desejo de crescer e busca constante pelo conhecimento aprofundado do seu negócio é o que colocará sua empresa da direção certa!

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *