Saiba o que é DRE completa e qual sua função para as empresas

with Nenhum comentário

DRE completa representa uma sigla bem famosa no meio da contabilidade. De certa forma, o seu significado carrega um conceito muito importante para as finanças da empresa, e nosso objetivo aqui é mostrar exatamente o que significa!

Usada para abreviar a Demonstração do Resultado do Exercício, a DRE como fazer se refere às demonstrações contábeis e o desempenho de uma organização.

Esse relatório demonstra, de maneira resumida, os objetivos alcançados por conta das ações da empresa.

Pensando nisso e em todas as dúvidas que podem surgir sobre DRE como fazer ou como fazer o dre de uma empresa, preparamos este conteúdo para te explicar tudo! Quer saber? Então confira os próximos tópicos:

dre completo

O que é uma DRE completa?

Como vimos anteriormente, DRE de uma empresa é a Demonstração do Resultado do Exercício!

A estrutura da DRE completa é formada por um relatório da contabilidade, em conjunto à um balanço patrimonial.

Ou seja, é uma descrição resumida de todas as operações financeiras de uma organização se referindo à um determinado período de tempo.

Isso porque, A DRE como fazer apresenta tudo! Todos os resultados líquidos que podem se referir tanto aos prejuízos quanto aos lucros!

O objetivo da DRE completa é resumir todas as operações realizadas pela empresa no período analisado, permitindo obter uma síntese do desempenho das atividades do negócio.

Qual a importância da DRE completa?

Diante de um Demonstrativo de Fluxo de Caixa paralelo ao Balanço Patrimonial, a DRE como fazer representa um dos três relatórios indispensáveis para gestão e um procedimento de suma importância para avaliar a saúde financeira de qualquer empresa.

Para isso, não importa a área de atuação!

Com os exercícios de DRE a empresa consegue avaliar sua capacidade de geração de riqueza (lucro) e quando necessário, fazer alterações na administração para melhorar os resultados.

Quando o DRE de uma empresa retrata sua real situação, passa a ser possível uma administração focada na eficiência e competência.

Além disso, por ser um relatório bastante detalhado e ao mesmo tempo intuitivo, a DRE completa providencia aos gestores informações fundamentais e que afetam diretamente as decisões a serem tomadas.

Ou seja, com essas informações, a avaliação da verdadeira situação da empresa fica muito mais difícil, comprometendo inclusive a tomada de decisões estratégicas.

Como estruturar a DRE completa?

Para as empresas brasileiras, a DRE empresa é obrigatória, de acordo com a lei n° 11.638/07, publicada em 27 de dezembro de 2007. Resumidamente, a os exercícios de DRE de uma empresa são estruturados da seguinte forma:

Receita de vendas

Essa etapa da DRE como fazer diz respeito à entrada de dinheiro do caixa da empresa. Isso conta também com a venda de produtos, prestação de serviços, o recebimento de juros ou royalties.

Deduções de impostos

Esse ponto dos exercícios de DRE completa diz respeito às devoluções de vendas, descontos oferecidos ou impostos abatidos.

Receita líquida

O resultado das receitas de vendas menos as deduções representam a receita líquida.

Custos de venda

No exercício de DRE completa, o CPV (Custo de produtos vendidos), CMV (Custos de mercadorias vendidas) e CSP (Custo dos Serviços Prestados) apresentam gastos relativos à fabricação de um produto ou preparação de um serviço. São valores relacionados à matéria-prima, distribuição, logística etc.

Lucro bruto ou resultado bruto

Lucro bruto é a diferença entre a receita líquida e o gasto na produção.

Despesas Administrativas ou fixas

Despesas fixas se relacionam com os gastos para manter a empresa em funcionamento independentemente de haver vendas. Isso inclui aluguel, água, energia e telefone em escritórios, são exemplos.

Despesas com vendas

Gastos com comissões e custos de pós-venda

Despesas financeiras

Aqui os exercícios de DRE completa apontam os juros e multas podem ser apresentados como despesas financeiras. No caso de quem mexe com importação e exportação, variações cambiais também estão neste tópico.

Resultados antes do IRPJ e CSLL

É o resultado da conta até aqui, desconsiderando o impacto dos impostos sobre o faturamento.

IRPJ e CSLL

IRPJ (Imposto de Renda de Pessoa Jurídica) e CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) são tributos cobrados sobre o faturamento.

Resultado líquido

Para finalizar, na DRE de uma empresa temos o valor líquido!

Ele é obtido por meio da subtração de taxas e impostos pagos do lucro bruto. Esse valor diz respeito ao resultado de uma empresa, considerando os ganhos e descontos em determinado período.

Ou seja, o resultado líquido é, portanto, muito bastante importante para realizar financiamentos próprios, investimentos ou ser dividido entre sócios, acionistas e funcionários.

Como analisar a DRE completa de uma empresa?

Para verificar a DRE de uma empresa, é possível realizar esse processo por meio de dois processos:

Análise vertical

Na análise vertical, é calculado o percentual que cada valor individualmente representa do faturamento bruto ou impacta o mesmo, permitindo analisar o que está diminuindo ou aumentando o resultado da empresa.

Fora isso, o gestor pode acompanhar os percentuais para monitorá-los nos meses subsequentes e assim poder tomar decisões para mantê-los ou modificá-los.

Análise horizontal

Por outro lado, na análise horizontal os exercícios de DRE analisam a variação de um mesmo valor de receita, despesa ou custo ao longo de dois ou mais períodos, o que permite monitorar as alterações.

Ao analisar a DRE de uma empresa é possível obter um grande número de informações como:

  • A evolução das receitas de vendas e da margem de contribuição;
  • A incidência de impostos;
  • A composição dos custos e despesas e seus impactos sobre a receita;
  • Gerar projeções para o futuro com base nas tendências observadas comparando diferentes períodos.

Já sabe como fazer a análise DRE de uma empresa? Agora é com com você!

Como vimos ao longo deste conteúdo, o DRE empresa é importante para adquirir os dados com resultados do seu negócio.

Isso porque, esse relatório permite que sejam realizadas projeções de crescimento da empresa, pois você obtém o histórico de dados e a média de lucro mensal, além de análises de evolução dos custos e os recebimentos.

Tudo isso aumenta a agilidade, automação e o privilégio de acessar os dados a qualquer hora e lugar, conectando seu sistema ao dos clientes na nuvem.

Assim, você vai redescobrir muitos novos caminhos que irão te apoiar na gestão estratégica das empresas, reduzindo os custos do seu negócio e aumentando a eficiência dos seus processos.

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *