Empréstimo para empresa: saiba como obter sem prejudicar seu negócio

with Nenhum comentário

Pedir empréstimo para empresa, querendo ou não, pode ser uma saída para expandir o seu negócio. Mas antes disso, é necessário entender como solicitar os valores emprestado para as instituições financeiras. 

Se você é um novo empreendedor, provavelmente sabe que é preciso muito investimento financeiro para que o seu negócio comece a atuar adequadamente no mercado. 

Caso sua situação seja o de não possuir nenhum planejamento estruturado ou parceiros que possam te ajudar nesta empreitada, vale muito à pena pedir um empréstimo a uma instituição financeira de sua confiança. 

Então, para que você tenha todas as garantias para realizar o empréstimo de crédito de forma segura, resolvemos preparar este conteúdo para mostrar como aplicar o dinheiro corretamente. 

Veja: 

6 passos para fazer empréstimo para empresa 

Afinal, como conseguir um empréstimo empresarial?

É isto que vamos mostrar a partir de agora, com apenas 6 passos simples e fáceis. Veja: 

Passo 1: Planejamento

O primeiro passo para saber como conseguir empréstimo para empresa é por meio de um bom planejamento, o qual consiste em determinar a finalidade do dinheiro, assim como a quantia necessária. 

Isso porque serão essas duas informações que irão determinar se o empréstimo empresarial é realmente a melhor alternativa. 

Caso contrário, o recomendado é que você tenha paciência e economize o dinheiro que você tanto precisa. 

Passo 2: Esteja em dia com as finanças pessoais

O próximo passo para conhecer a melhor maneira de como conseguir empréstimo para empresa é estar em dia com as suas finanças pessoais e empresariais. 

Ou seja, no momento em que o crédito for solicitado, o seu CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) e CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica) serão analisados. 

Pois, essa é uma maneira de entender se você se enquadra nas políticas de crédito dos bancos em questão. 

Para saber se você está em dia com as suas finanças pessoais, a dica é verificar se o seu nome não aparece no Serasa ou no SPC (Serviço de Proteção ao Crédito). 

Passo 3: Procure as melhores linhas de crédito

Homens fazendo anotações e verificando dados de planilhas para empréstimo para empresa.

Apesar de você pensar que bancos são apenas instituições financeiras e que todos podem liberar um empréstimo para empresa, é preciso se atentar às políticas de crédito de cada um deles, que possuem exigências bem distintas. 

Por esse motivo o planejamento é extremamente importante, já que com as informações bem definidas, você consegue descrever melhor como o crédito será utilizado.

Passo 4: Avalie o CET

Se você acha que só os juros devem entrar no orçamento empresarial após a liberação de um empréstimo, está enganado, saiba que outros valores acabam sendo incluídos também.

Normalmente, as instituições financeiras cobram as taxas administrativas, que têm como referência as linhas de crédito do tipo CET (Custo Efetivo Total). 

A dica, para esses momentos, é contratar um contador, a fim de que ele possa avaliar cautelosamente as melhores possibilidades para a sua indústria. 

Passo 5: Faça uma atualização do plano de negócios 

A partir do momento que você escolher qual instituição financeira oferece as melhores opções de empréstimo empresarial, é necessário agora uma preparação para convencê-la que a sua indústria tem potencial e de que você é capaz de pagar todas as contas. 

Para isso, tente elaborar um estudo do qual o seu mercado de atuação é analisado, incluindo as maneiras como o dinheiro emprestado será utilizado. 

Passo 6: Espere

Com tudo isso feito, o último passo para você conseguir um empréstimo para empresa é entregar a documentação exigida pela instituição financeira, bem como o plano de negócios estruturado. 

Em seguida, é necessário esperar para saber se você e a sua empresa se enquadram nas políticas de crédito do banco. 

Cuidados antes de tomar empréstimo para empresa

Homens sentados frente a frente finalizando empréstimo para empresa com o recebimento do dinheiro.

Agora que você sabe como conseguir empréstimo para empresa, é necessário se atentar a alguns cuidados antes de fechar o pedido. 

  • Evitar decisões apressadas: o maior erro de empresários é fechar um contrato de empréstimo sem planejamento ou simulação adequada. Essa ação pode ser o fim para qualquer plano financeiro de uma empresa; 
  • Examinar condições de pagamento: os empréstimos são tentadores. Por isso, tente não cair na tentação de aceitar logo de cara o recurso ofertado para você, ainda mais sabendo que não tem condições de pagar todas as contas. Sendo assim, para que não aconteça um rombo no orçamento empresarial da sua marca, verifique o total dos juros e parcelas. Se os pagamentos forem muito altos, tente negociar para buscar alternativas que se enquadrem a sua realidade; 
  • Determinar a necessidade do empréstimo: outro ponto interessante antes de fechar o contrato com uma instituição financeira é averiguar quais as possibilidades que você pode ter sem envolver nenhum juros. Por exemplo, tentar encontrar algum parceiro industrial pode ser uma saída; 
  • Pensar na resolução do problema: afinal, a aceitação do empréstimo empresarial resolverá os seus problemas? Essa questão deve ser feita em todo o processo de pedido de crédito. Caso a sua resposta seja negativa, é bem provável que você não soube realizar um plano financeiro de uma empresa.

Pois bem, cuidados tomados, vamos então conhecer as principais linhas de crédito do mercado! Nos acompanhe para o próximo tópico. 

As 3 principais linhas de crédito 

Talvez não deixamos essa informação clara no tópico acima, mas para que as políticas de crédito funcionem adequadamente, é necessário escolher aquelas que se enquadrem no porte da sua indústria. 

Não à toa, as 3 principais linhas de crédito foram criadas a partir de iniciativas públicas, tendo o acesso bem mais facilitado para empreendedores. 

  1. Linhas de crédito do BNDES: BNDES significa Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Isso quer dizer que as instituições financeiras credenciadas dão total apoio a micro, pequenas e médias empresas que desejam comprar, por exemplo, máquinas, equipamentos, entre outros bens para modernizar o negócio;
  2. Proger Urbano – Capital de Giro: esse tipo de linha de crédito é ideal para micro e pequenas indústrias, pois tem como principal intuito financiar o capital de giro dessas marcas. É fundamental ter um excelente plano financeiro de uma empresa estabelecido a longo prazo; 
  3. Microcrédito Produtivo Orientado: a linha de crédito da Caixa Econômica Federal é voltada para empresas de pequeno porte e microempreendedores individuais (MEI). O limite de empréstimo empresarial do Microcrédito Produtivo Orientado é de R$ 15 mil, tendo pouquíssimas burocracias.

Tendo isso bem fixado em sua mente, fica mais fácil decidir qual é a melhor alternativa para a sua indústria. 

Quais os caminhos do empréstimo uma pequena empresa deve tomar? 

Antes que você queira comprometer o seu orçamento empresarial com um empréstimo, é necessário fazer pesquisas para entender quais as melhores alternativas para a sua empresa. 

Como tudo na vida, sempre há uma segunda opção, outras possibilidades das quais podem ser enquadradas para as suas necessidades. 

São 8 caminhos:

1 – Foque em grandes bancos 

É normal ver por aí as pessoas procurando grandes bancos para realizar um empréstimo, como o Banco do Brasil, o Itaú, o Bradesco e a Caixa Econômica Federal, por exemplo. 

Essas instituições financeiras, de acordo com o Banco Central, concentram cerca de 78,5% do mercado de crédito do Brasil. 

Por esse motivo, pequenas indústrias conseguem ter as suas necessidades atendidas por todas elas, principalmente quando o assunto é inovação. 

Para que você consiga obter um empréstimo para empresa com alguma delas, é preciso passar por uma análise de crédito, apresentando o plano de negócio e mostrando a finalidade do investimento. 

2 – Preste atenção nas fintechs

Você sabe o que são fintechs? Se ainda não, vai uma breve explicação: startups que oferecem soluções financeiras de maneira facilitada aos clientes

Derivado das palavras em inglês Financial Technology, o termo fintech significa, em português, tecnologia financeira. 

O seu principal serviço é oferecer empréstimo empresarial de forma ágil e inovadora, totalmente em plataformas digitais. 

Para saber se a sua empresa pode garantir o empréstimo, as plataformas das fintechs utilizam uma tecnologia da qual avalia o seu perfil e calcula o nível de risco de não cumprimento de pagamento das contas. 

Esse processo é considerado bem mais rápido do que de grandes bancos tradicionais. 

3 – Cooperativas de crédito 

Essa opção para realizar empréstimo para empresa é extremamente válida para pequenos empreendedores. 

Isso porque as cooperativas de crédito podem oferecer formas bastante facilitadas de pagamento, uma vez que os seus regimes tributários são isentos de PIS, Cofins e CSLL. 

Para conseguir a liberação dos políticas de crédito das cooperativas, é necessário se transformar em um associado, tendo parte total das decisões em assembleia. 

4 – BNDES

Se você é um pequeno empreendedor e busca por um financiamento a longo prazo, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social pode ser uma boa opção para você. 

Isso porque, além de fomentar a economia nacional, permite que você tenha acesso a muitas instituições financeiras credenciadas a essa linha de crédito. 

Para saber se o seu orçamento empresarial realmente se enquadra no BNDES, o banco disponibiliza um simulador online para que as condições sejam analisadas. 

5 – Investidores-anjo

O investidor-anjo recebe esse nome justamente por representar indivíduos que investem em marcas novas e que possuem grande potencial de crescimento. 

Assim, o investidor, que pode ser um grupo pequeno de pessoas físicas, ganha aporte minoritário sobre o empreendimento, que varia entre os 5% a 10%.

Um grande exemplo de investidor-anjo é a Anjos do Brasil, que é uma organização sem fins lucrativos que visa fomentar esses investimentos para proporcionar o networking entre investidores e empreendedores. 

6 – P2P

P2P significa peer to peer (de ponto a ponto, em tradução livre para o português). 

Esse é o tipo de investimento voltado para investidores que emprestam dinheiro para empreendedores de forma direta, sem a necessidade da intervenção de instituições financeiras. 

Assim, o investidor normalmente tem uma remuneração mais alta do que se tivesse optado por um banco, por exemplo. 

Além do mais, esta opção oferece maior facilidade e menos burocracia para ambos os lados, já que todo o processo é feito de forma online. 

7 – Leasing

O leasing é ideal para indústrias que precisam de crédito para adquirir equipamentos a boas taxas de juros. 

Nesse contrato, uma parte cede os ativos fixos, a fim de definir o valor fixo mensal que deverá ser pago pela outra parte. 

Assim, esse tipo de linha de crédito permite que todo o custo fique com o proprietário do equipamento, permitindo que a sua indústria utilize equipamentos de ponta. 

8 – Antecipação de recebíveis

Esse tipo de empréstimo é ideal para o pagamento de contas de curto prazo, fazendo com que você receba antecipadamente os valores. 

Os juros dessa alternativa são mais baixos do que um empréstimo para empresa do tipo comum, podendo ainda receber dinheiro referente as vendas parceladas. 

Você encontra esse empréstimo em bancos comerciais, cooperativas e outros tipos de instituições financeiras. 

Sente segurança para pedir um empréstimo para empresa?

Como você pode ver, pedir um empréstimo para a sua empresa pode ser a melhor saída para começar o seu novo empreendimento com o pé direito. 

Mas para isso, antes é preciso decidir qual instituição financeira possui as melhores taxas de juros, entre outras informações acessíveis e que cabem no seu bolso. 

Sendo assim, o mais importante antes de ir à qualquer instituição financeira, é montar um planejamento bem detalhado de como esse crédito será utilizado.

Por fim, tendo todas essas dicas em mente e um ótimo plano de crescimento para sua empresa, você estará preparado para solicitar um empréstimo e evoluir muito!

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *