Estratégia competitiva: aprenda a elaborar para a sua empresa

with Nenhum comentário

Estratégia competitiva é a maneira como sua empresa irá se diferenciar das concorrentes no mercado. A disputa constante gera essa necessidade de uma estratégia mais assertiva. Aprenda aqui como estruturar a sua! 

SEM TEMPO PARA LER? BAIXE AGORA O PDF GRATUITO
 

Com o passar do tempo as empresas e a inserção da tecnologia em seus processos torna o mercado cada vez mais competitivo.

Por isso, uma estratégia competitiva pode ser a força necessária para que sua empresa se mantenha diante da concorrência e alcance todos os seus objetivos.

Pensando nisso, preparamos este conteúdo para falar sobre a necessidade de uma análise competitiva para a elaboração das suas estratégias e o impacto que trazem para os negócios. Confira! 

 

Aprenda o que é estratégia competitiva

Uma estratégia competitiva é a forma como uma empresa pode se manter no mercado e competir com a concorrência, conseguindo uma certa vantagem sustentável.

Além disso, é possível definir qualquer estratégia competitiva como uma procura por relevância em seu nicho. Ou seja, é uma notoriedade maior diante da sua concorrência.

As forças competitivas buscam atingir uma posição sustentável e lucrativa a fim de destacar seu negócio da concorrência.

Por isso, a estratégia competitiva é importante para definir a posição que a empresa deseja ocupar, além de ter como objetivo definir uma posição lucrativa e sustentável para o seu negócio.

As empresas que buscam uma posição de destaque devem ser preferência do público-alvo, sendo essa uma das maiores vantagens de possuir uma análise competitiva.

Dessa forma, a maior vantagem da estratégia competitiva de um negócio é movida pelo valor que se consegue criar para os seus compradores, valores esses além da fabricação.

É preciso entender que o valor é aquilo que os compradores estão dispostos a pagar, enquanto que o custo é somente o valor financeiro do produto.

Por isso, uma estratégia competitiva eficiente é aquela que atribui um valor sobre o produto, que o coloca acima do mercado. 

Confira 3 exemplos de estratégia competitiva 

Uma estratégia competitiva é determinada por 3 abordagens genéricas de uma empresa para que ela possa se destacar no mercado.

Essa análise competitiva é baseada nos seguintes pilares:

1. Estratégia da liderança no custo total

Essa estratégia competitiva é baseada na eficiência com que as operações da empresa são realizadas.

Isso quer dizer que uma organização busca superar os concorrentes mantendo o menor custo com produção que puder.

Para isso é necessário investir em tecnologia, infraestrutura e equipamentos visando a fixação do seu preço.

O resultado é uma margem de lucro superior à dos concorrentes, que possibilita o reinvestimento para crescer cada vez mais.

2. Estratégia da diferenciação

Cinco pessoas em uma reunião tratando sobre estratégia competitiva e desenvolvendo estratégias.

Diante das forças competitivas, a diferenciação busca criar um produto único e que se destaque de qualquer outro disponível.

Isso remete à exclusividade, que pode ser tanto no design, funcionalidades, tecnologia e outras características específicas.

A maior conquista dessa estratégia é a fidelização dos clientes!

Isso os torna fiéis à marca e, com o tempo, suas atitudes de promoção da marca serão espontâneas e apenas farão com que ela cresça mais.

O maior exemplo dessa estratégia competitiva é a Apple e seus applemaníacos. A empresa criou uma espécie de cultura e estilo de vida ao redor da marca.

3. Estratégia do enfoque

A estratégia competitiva de enfoque visa a análise competitiva de um grupo de clientes específicos.

Ou seja, ela exige uma análise competitiva focada na personalização, pois atende as necessidades de um público-alvo extremamente específico e à parte de um público geral. 

Empresas consolidadas utilizam essa estratégia quando lançam linhas de produtos novos pensando em um único público, como pessoas mais jovens e etc.

Entenda os benefícios de uma estratégia competitiva

Ao considerar sua estratégia, independente de qual for adotada, o intercâmbio de informações entre as equipes é essencial.

Isso porque, uma análise competitiva auxilia no monitoramento das etapas e caso algum processo precise ser mudado, essas informações serão notadas.

Alguns exemplos de troca de informações que deve haver entre empresa e equipe são:

– Monitoramento das novidades do mercado que atua;

– No estudo das novas publicações da área em que a empresa está inserida;

– Monitoramento da concorrência;

– Monitoramento do comportamento do consumidor;

– Surgimento de novas tecnologias;

– Uso do material colhido em favor da empresa.

Tendo em mente esses detalhes para elaborar sua estratégia competitiva, é possível controlar o mercado e aproximar sua empresa dos seus objetivos.

Assim sendo, é possível afirmar que uma análise competitiva depende do conhecimento sobre o setor e de uma boa liderança para que sua empresa se destaque no mercado.

Conquiste o mercado com as 5 forças competitivas 

Você já ouviu falar em Michael Porter? 

A questão é que para falarmos sobre as 5 forças competitivas e qualquer análise competitiva que as envolve, é necessário entender que se trata de um nome importante no campo da administração e economia.

Não é possível falar em estratégia competitiva sem citar as famosas 5 Forças competitivas de Porter, um modelo proposto para posicionar uma empresa no mercado a partir da análise da concorrência.

Vamos entender o significado dessas cinco forças competitivas a seguir: 

Crie um mapa de rivalidade

Essa etapa se refere ao eixo central da estratégia das cinco forças competitivas.

É o ponto responsável por identificar os concorrentes e entender como você é um rival entre eles.

Se atente para não se precipitar na análise, simplificando a questão e trazendo para o seu mapa empresas do mesmo ramo. 

Isso porque caso você tenha um comércio de calçados, por exemplo, não quer dizer que todos aqueles com a mesma atividade serão seus concorrentes. 

Por isso, é preciso considerar qual é a possibilidade de vocês focarem no mesmo público, por exemplo, calçados masculinos x calçados infantis. Nesse caso, não existe rivalidade entre os dois.

É ideal ter em mente a certeza de uma pergunta: nós disputamos o mesmo cliente? Se a resposta for sim, essa concorrência existe!

Identifique as soluções que o ameaçam

Vamos agora falar sobre as áreas que impactam diretamente nos concorrentes diretos do seu negócio.

Independente de ser um produto ou serviço a ser oferecido, é possível realizar uma análise competitiva e elaborar soluções caso sua posição no mercado seja ameaçada.

Saiba que o foco é a disputa dos clientes. Por isso, um produto pode atrapalhar outro, pois um novo brinquedo pode atrapalhar a venda de suas roupas.

Tente superar o que o cliente deseja

Diversas pessoas montando um quebra-cabeça.

Em geral, na visão dos clientes o custo-benefício não é suficiente, fazendo com que a busca pelo menor preço e melhor produto ou serviço oferecido esteja dentro disso.

Para essa etapa da estratégia, você deve observar como o seu cliente se comporta, não apenas na sua loja, mas nos concorrentes, e como a sua tática é vista por quem compete com você no mercado.

Se ele consegue um preço inferior por produtos semelhantes em outras lojas, o que você pode fazer para cobrir a oferta? 

Essa fase diz respeito à construção de uma estratégia competitiva, seu objetivo é garantir que o consumidor venha até a sua empresa e não saia dela para negociar com outra.

Prepare-se para novos concorrentes

As 5 forças competitivas possuem uma lição muito importante: você nunca pode se acomodar no mercado!

Por mais que você tenha desenvolvido uma estratégia campeã, esteja bem posicionado no mercado e seja a maior referência do seu segmento, sempre haverá alguém tentando te superar. Atente-se a toda inserção de tecnologia para melhorar e otimizar os seus processos. 

Ou seja, a inovação é essencial, e ainda assim, não existe garantia de que seu negócio nunca será superado!

Por isso é essencial monitorar, agir, realizar parcerias e fazer com que sua empresa sempre esteja em atividade.

Tenha opções de fornecedores

A área dos fornecedores é uma que se não for devidamente trabalhada, poderá trazer sérios prejuízos ao seu negócio.

Por isso, uma boa estratégia constrói um caderno de fornecedores, para que tudo o que você necessitar comprar, sempre tenha opções.

Isso te permite negociar e te dá garantias para que você sempre consiga cumprir seus prazos.

Vimos ao longo deste artigo que posicionar-se em mercados altamente concorridos está ao alcance de pequenas empresas.

Ao colocar em prática os ensinamentos das 5 Forças de Porter, o empreendedor consegue ter uma visão mais apurada sobre si mesmo e o que oferece como solução, sobre os clientes, concorrentes e fornecedores.

Agora é com você! Organize suas forças competitivas e alcance os objetivos da sua empresa

Como vimos ao longo deste conteúdo, para se manter no mercado competitivo, sua análise competitiva e elaboração de uma estratégia influenciam diretamente esse processo.

Isso significa que uma boa estratégia é capaz de colocar sua empresa em um patamar acima da concorrência, tornando sua empresa uma referência no mercado.

Para isso, realizar uma boa análise competitiva é essencial! 

Além disso, ao aplicar as 5 forças competitivas, o empreendedor pode ter uma visão mais apurada sobre si mesmo e o que oferece como solução, sobre os clientes, concorrentes e fornecedores.

Essa atitude melhora os negócios e ajuda sua empresa a cumprir todos os seus objetivos! 

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *