Tudo o que você precisa saber sobre importações e exportações brasileiras

with Nenhum comentário

As exportações brasileiras é um tema diretamente relacionado à economia nacional e mundial. Se você está aqui para entender sobre importação e exportação, veio ao lugar certo! 

Por mais que possa parecer um assunto um pouco complexo, as exportações brasileiras geram dúvidas até mesmo nos grandes empresários.

No entanto, se está disposto a aprender algo novo e entender toda a sua dinâmica, considere este o lugar certo para entender sobre importações e exportações brasileiras.

Por isso, fique com a gente e acompanhe este guia que irá de uma vez por todas tirar todas as suas dúvidas sobre o tema. Confira tudo sobre exportações brasileiras a seguir: 

O que você precisa saber sobre exportações brasileiras?

Nos dias de hoje o Brasil é o maior exportador de carne bovina!

Embora a exportação brasileira seja extremamente importante, devemos entender que a importação e exportação são igualmente essenciais.

Isso porque elas atendem as necessidades das pessoas e fazem com que o Brasil possua autonomia em diversos produtos ou serviços, realizando seu controle de custos.  

Contudo, quando relacionamos atividades à balança comercial do país, é muito comum o desejo de que ela seja positiva.

Nesse sentido, podemos dizer que a exportação brasileira é mais importante que a importação.

Mesmo assim a importação não deve ser retirada dos planos! 

Até porque, se não fosse por conta da importação e exportação, diversas necessidades que temos em nosso país não seriam devidamente atendidas. 

Por isso sua empresa deve considerar que ao falarmos das exportações brasileiras é necessário considerar algumas variações do mercado para seu controle de custos. 

Por exemplo, devemos levar em conta o porte, ramo de atuação e quais os produtos e serviços oferecidos por determinada empresa.

Nas estatísticas de importação e exportação, o Brasil representa a 24ª maior economia exportadora do mundo.

Em geral, as exportações brasileiras são destinadas principalmente a países como China, Estados Unidos, Argentina, Holanda e Alemanha.

Sobre os principais produtos exportados pelo Brasil, encontramos: soja, açúcar, minério de ferro e óleos de petróleo.

Para que as exportações brasileiras fiquem mais claras, é importante aprendermos a diferenciar cada uma delas, destacando suas vantagens e desvantagens.

Confira nos próximos tópicos!

Entenda o que é importação

Um homem com uma prancheta na mão em uma indústria cuidando dasexportações brasileiras

De modo geral, a importação e exportação possuem grandes diferenças. A importação está relacionada com a entrada de produtos ou serviços nos países.

Até porque, mesmo os grandes países como o Brasil não são capazes de produzir todo tipo de mercadoria ou retirar matéria-prima, não é mesmo? 

Por isso, as importações precisam ser feitas pensando na garantia do abastecimento de diversos setores industriais, gerando conforto à toda a população.

Para realizar essa tarefa, as importações são divididas em três estágios:

A administração: que diz respeito ao primeiro estágio do qual autoriza a licença das importações;

A cambial: que inclui o pagamento ao país exportado, sendo transferida a moeda estrangeira;

A fiscal: que possui relação com o despacho aduaneiro a partir que os tributos são recolhidos. 

Entre as vantagens e desvantagens da importação, podemos destacá-las das seguintes formas: 

  • A parte cambial é mais valorizada a partir do momento que a moeda do importador é mais valorizada que a do exportador;
  • Maior apoio do Governo Federal;
  • Período menor ao que leva para ser produzido o produto ou serviço importado;
  • Custos reduzidos em mão-de-obra e produção.

Por outro lado, as desvantagens encontradas são: 

  • Ocorrem  prejuízos com atrasos;
  • Qualquer falta de planejamento gera falhas irreparáveis;
  • Prejuízo com a falta de confiança entre os responsáveis pela importação e exportação.

Por isso é possível dizer que não é tudo tão fácil, não é mesmo? Mesmo assim, os resultados apresentados pelas empresas de exportações brasileiras são positivos. 

E agora que você sabe o que são as importações, chegou a hora de aprender o que são essas exportações brasileiras.

Aprenda o que é exportação

Caixas fechadas em esteiras.

Entendendo que entre a importação e exportação existem diferenças e já tendo visto as importações, vamos entender o significado das exportações brasileiras. 

Ela está relacionada com a atividade de venda de produtos, bens e serviços de empresas nacionais para os outros países. 

Por isso, podemos dizer que a relação dela é com a saída das mercadorias do Brasil para um outro país, como o vínculo com a China. 

As exportações brasileiras são extremamente importantes! Pois, fazem com que a economia cresça, gerando um bom controle de custos. 

Diferente das importações, as exportações brasileiras contam com quatro estágios:

  • O direto: que é realizada pelo produtor que conhece todo o processo, podendo faturar com o importador;
  • O indireto: que se refere à exportação que é feita pela empresa que adquire produto e serviços, sem a necessidade de existir uma relação direta com o produtor;
  • A perfeita: nela não há a necessidade de intermediários para a realização da exportação;
  • A imperfeita: com ela é necessário começar um processo de venda pela empresa que está começando agora no ramo de exportação.

Muito bem! Agora que sabemos disso podemos ver com clareza as vantagens e desvantagens das exportações brasileiras. As vantagens são: 

  • Possui produtividade elevada, pois o país que exporta consegue aumentar sua escala de produção;
  • Redução na carga tributária, uma vez que há compensação do recolhimento dos impostos internos;
  • Estar dentro das tendências do mercado, já que as empresas exportadoras precisam se adequar às normas e padrões estabelecidos; 
  • Ocorre um fortalecimento da marca, tornando uma referência fora do mercado interno.

Por outro lado, algumas das desvantagens são: 

  • O retorno financeiro é mais demorado, pois o começo das empresas exportadoras não é tão satisfatório;
  • É preciso muito cuidado com as mercadorias, pois existem diferenças culturais entre países;
  • Os colaboradores precisam ser fluentes em outras línguas para que isso possa facilitar o relacionamento com o mercado externo;
  • Greves do tipo fiscais podem ser uma grande dor de cabeça para o exportador.

Importação e exportação: qual vale mais a pena?

Ao falar das duas atividades, a importação e exportação são muito importantes para alavancar a economia de um país e manter um bom controle de custos!

Isso porque ambas atendem as necessidades das pessoas, trazendo produtos ou serviços e garantindo que o país consiga os recursos que não é capaz de produzir. 

No entanto, ao relacionarmos as atividades à balança comercial do país é normal querer que esse equilíbrio seja positivo. Isso tem relação com o controle de custos!

Afinal, se não fosse por ela, muitas necessidades não seriam atendidas dentro de um país, tendo em mente que não é possível produzir de tudo! 

Para que seja possível realizar esse controle de custos, um país precisa exportar mais que importar!

Por isso, quando falamos de exportações brasileiras, buscamos deixar clara a importância dessa atividade para a economia do país.

Agora você já sabe o conceito de importação e exportação. O restante é com você!

Como vimos ao longo deste conteúdo, o assunto até poderia ser complexo demais, mas com algumas explicações e pontos de vista diferentes é possível aprender mais sobre o tema.

Aqui nós falamos sobre a exportação e importação no Brasil, destacando tanto suas vantagens quanto algumas das suas desvantagens. 

Por fim, analisamos qual delas pode valer mais a pena, e para sua empresa a resposta é: para a economia, a exportação é melhor! Contudo, a importação não pode ser deixada de lado.

Mas, agora é com você! 

Já pode colocar  esses ensinamentos em prática e expandir seu negócio, fazendo toda a diferença na economia!

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *