Fechamento de caixa: o que é e como fazer

with Nenhum comentário

Fechamento de caixa é uma atividade importante para varejistas identificarem o que é necessário para melhorar os seus negócios. Então, chegou a hora de entender o que é e como fazer o fechamento da sua empresa de maneira correta! 

Toda e qualquer empresa necessita realizar um processo chamado de: fechamento do caixa!

Apesar de ser simples, essa tarefa possui suas complexidades, uma vez que mexe com números o tempo inteiro. 

Porém, este é um procedimento que por vezes não é feito com muito sucesso. 

Sendo assim, para você não se perder e anotar todas as entradas e saídas de dinheiro da sua empresa, não perca por nada neste mundo este conteúdo. 

Entenda o que é fechamento de caixa

A forma como as coisas funcionam não é surpresa para ninguém: se você quer descobrir como praticar determinada atividade é necessário conhecer o seu conceito.

E isso não é diferente quando falamos sobre o fechamento de caixa. 

Isso porque essa tarefa se trata de uma das ações mais importantes dentro do seu negócio, a qual sua empresa deve realizar para checar se todas as operações estão sendo executadas durante o expediente. 

Por envolver o fluxo financeiro da sua organização, esse procedimento deve ser obrigatório no dia a dia de varejistas que precisam ter um treinamento antes de conseguir entender o movimento de caixa diário. 

Por mais que seja simples, essa atividade requer toda a atenção dos seus colaboradores, uma vez que diversos erros podem ser encontrados e afetar diretamente no seu fechamento contábil. 

Encontrando esses erros, você é capaz de consertá-los e evitar que outros tipos de prejuízos apareçam e tornem os resultados do seu negócio negativos. 

Além disso, fechar o caixa é uma ação que te apresenta em detalhes o resumo de como foi o seu dia, mês e ano em relação à entrada e saída de dinheiro. 

Realize o fechamento de caixa de forma simples

Uma pessoa realizando o fechamento de caixa por meio de um tablet e máquina de cartão.

O profissional que realiza o fechamento de caixa, o fechamento contábil e controla todas as informações sobre o fluxo financeiro da sua loja é o operador de caixa. 

Esse colaborador geralmente é supervisionado por um gerente. 

Para que seja feito de maneira eficiente, os profissionais podem contar com ferramentas capazes de otimizar todo o trabalho do fechamento contábil, de preferência depois que todas as vendas do dia forem concluídas, ou seja, no final do expediente. 

Mas e se eu for proprietário de um supermercado? Vou precisar esperar todos os meus colaboradores terminarem o expediente? 

Em caso dos supermercados, por exemplo, há diversos operadores de caixa que precisam saber o movimento de caixa diário.

Como cada profissional possui um horário diferente do outro, passa a ser uma necessidade fechar o caixa assim que o expediente do colaborador terminar. 

Essa atitude se mostra mais necessária para que o outro operador de caixa comece os seus trabalhos adequadamente. 

Quais são as etapas do fechamento de caixa? 

Há algumas etapas que devem ser seguidas se você quiser conhecer com precisão o fluxo financeiro da sua empresa. São elas: 

Etapa 1: abertura de caixa

Assim que o operador de caixa chega a sua empresa, a primeira atividade que deve ser feita por ele é abrir o caixa

Tal abertura significa que não há nenhum tipo de valor de vendas dos produtos ou serviços da sua empresa. 

O que há na abertura de caixa é somente um valor reserva, que pode também ser conhecido como fundo de troco. 

Seu objetivo é ter o dinheiro necessário para as transações durante o expediente do colaborador. 

Etapa 2: registro de movimentações do caixa

Uma pessoa mexendo no computador gerando nota fiscal.

As entradas e saídas de dinheiro do fluxo financeiro devem ser registradas corretamente pelo operador de caixa. 

Caso você não saiba o que ambas significam, vai aí uma breve explicação: 

  • Entradas: as vendas que ocorreram na sua loja – o dinheiro que entrou; 
  • Saídas: despesas que foram pagas – o dinheiro que saiu. 

Para que todo o movimento de caixa diário seja feito de maneira correta, é recomendado guardar todos os comprovantes das operações, já que eles podem ser a prova das vendas que ocorreram e das despesas que foram pagas. 

Dentro dessa etapa, é bem capaz que haja a sangria, a qual representa o realocamento do dinheiro dentro do fechamento contábil para outro caixa fora do programado.

Se tiver, é necessário fazer a correta anotação do valor retirado, além de separar todos os documentos pelas formas de pagamento.

Etapa 3: contagem dos valores

A etapa três tem como finalidade realizar a contagem de todos os valores de acordo com o tipo. 

Isso significa que é necessário separar todas as formas de pagamentos, seja dinheiro, cheque ou mesmo dos cartões de crédito e débito. 

Fora isso, fazer a soma de todos os pagamentos que foram feitos garante que o valor se refere a uma venda real. 

Etapa 4: some as entradas e as saídas 

Para finalizar o movimento de caixa diário você precisa realizar a soma de todas as entradas e saídas feitas durante o expediente. 

Tais valores devem ir de encontro com o que foi explicado na etapa número 3. 

Só você pode melhorar o fluxo financeiro da sua empresa!

Neste conteúdo nós mostramos o que é fechamento de caixa, uma atividade que consiste em conferir todos os valores arrecadados durante as operações da sua empresa. 

Isso porque saber a quantidade de dinheiro que entrou e saiu das suas vendas e quais suas despesas é extremamente importante para prevenir quais serão os problemas no fechamento contábil. 

Por isso, você precisa contratar profissionais qualificados e que tenham toda a atenção do mundo, como é o caso dos operadores de caixa e seus possíveis gerentes. 

Caso eles sejam inexperientes, mostre as etapas que passamos acima e direcione-os a processos de capacitação para enfrentar o dia a dia da sua loja.

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *