Gestão do conhecimento: descubra o que é e quais são seus benefícios

with Nenhum comentário

A gestão do conhecimento se tornou um requisito fundamental para qualquer organização que queira ter sucesso. Saber realizá-la é apenas uma das maneiras para você destacar a sua marca no competitivo mercado atual. 

O mercado está cada vez mais concorrido, e se destacar diante de tantas empresas boas é o objetivo que muitos empreendedores têm em mente. 

Para isso, é necessário saber quais as transformações que o mundo corporativo passa, desde as suas crises econômicas até as políticas e sociais, por exemplo. 

E nisso esse tipo de gestão pode ajudar, pois disponibiliza ferramentas das quais permitem que você tome decisões mais assertivas. 

Quer descobrir como fazê-la na prática? Então não deixe de nos acompanhar neste post! 

O que é gestão do conhecimento? 

4 pessoas reunidas para trocar ideias sobre gestão do conhecimento.

A gestão do conhecimento conceito se baseia em ações das quais indústrias deveriam realizar ou já realizam em sua rotina. 

Ok, mas o que a gestão do conhecimento nas empresas tem a ver com o meu negócio?

Bom, a começar pelo fato de que, com essa estratégia, você consegue reconhecer quais conhecimentos cada colaborador possui para utilizar em suas estratégias. 

A partir disso, é possível transformar cada conhecimento disponível em maneiras de processar as ações da indústria, a fim de que a marca não fique tão dependente de colaboradores específicos. 

Além do mais, com essa gestão você é capaz de descobrir quais características podem ser desenvolvidas no intuito de fazer com que as atividades funcionem melhor. 

Desse modo, diversos problemas podem ser evitados e solucionados, uma vez que as resoluções dos mesmos não são desenvolvidas do zero, mas sim com o tempo, depois de algumas tentativas falhas que te ajudam a obter a experiência necessária. 

Para que a gestão do conhecimento nas empresas seja realmente eficiente, os empreendimentos precisam focar em três pontos fundamentais, que são: 

Gestão do capital intelectual 

A gestão do capital intelectual é caracterizada na identificação e descoberta das melhores maneiras para a utilização dos conhecimentos de cada colaborador da sua indústria.

Assim, fica muito mais simples realizar a gestão do conhecimento daqueles assuntos que você precisa desenvolver. 

Em outras palavras, esta é a melhor forma de não ficar refém de uma pessoa específica da sua equipe que, caso pare de fazer parte do quadro de funcionários, pode desfalcar – e muito – a sua empresa. 

Sendo assim, será mais fácil descobrir o que é necessário para contratar uma pessoa para substituí-la. 

Outro detalhe interessante da gestão do capital intelectual é tentar entender o que os seus colaboradores sabem, mas evitam utilizar no dia a dia. 

Tendo conhecimento disso, muitos processos de trabalho podem ser efetuados de acordo com a capacidade de cada indivíduo. 

Gestão de competências

O segundo ponto importante para a realização da gestão de conhecimento dentro da sua indústria é encontrar quais competências são fundamentais para o crescimento dela. 

Não à toa, chamamos isso de gestão de competências, que podem alertar, por exemplo, quais os temas podem ser abordados no treinamento para a equipe de vendedores da indústria. 

Vale ressaltar que esses treinamentos devem ser feitos com base nas competências que estão em falta entre as pessoas da sua equipe. 

Vamos supor que todos os vendedores não sabem abordar os clientes que entram na sua loja. 

Sabendo desse fato, seria interessante focar em treinamentos a respeito de técnicas de abordagem de consumidores, entre outros. 

Aprendizagem empresarial 

O terceiro e último item para você saber a gestão do conhecimento conceito é a aprendizagem empresarial. 

Ou seja, é o desenvolvimento de um ambiente do qual a pesquisa é uma prática constante de todos os colaboradores.

Quando falamos em pesquisa, queremos dizer conhecimento de mercado, inovações dos produtos e serviços, entre outros que podem aumentar a rentabilidade do negócio. 

Com isso, é possível determinar, junto com cada colaborador, o que permite fazer com que a sua indústria cresça cada vez mais. 

Motivos para realizar a gestão do conhecimento na sua indústria

Tenha uma coisa clara na cabeça: cada colaborador da sua empresa é único e ele deve ser compreendido como parte fundamental dela, não apenas uma mão de obra. 

Isso porque esse indivíduo é capaz de raciocinar questões extremamente complexas para ajudar no desenvolvimento de novas ideias. 

Portanto, se o seu colaborador estiver bem capacitado e treinado para atender a demanda de sua indústria, melhor será na hora de desempenhar tarefas do dia a dia. 

Partindo desse princípio, é possível notar que com essa gestão empresários conseguem tornar o ambiente de trabalho muito mais agradável e produtivo, possibilitando a conclusão das ações que fazem parte da rotina. 

Além do mais, a utilização desse sistema dentro da sua marca é capaz de permitir a aceleração dos processos internos, bem como a valorização do conhecimento entre os colaboradores. 

Afinal, como aplicar a gestão do conhecimento nas empresas?

Grupo de pessoas reunidas para aplicar as técnicas de gestão de conhecimento.

Você já sabe a gestão do conhecimento conceito, entende a  importância para a sua indústria, portanto, está pronto para aplicar esse sistema nela. 

Para isso, é necessário seguir 4 passos simples e básicos que elaboramos para você. Veja-os abaixo: 

1 – Faça o diagnóstico da situação atual da empresa

O primeiro passo para realizar uma boa gestão dentro da sua empresa é fazendo o diagnóstico da situação atual dela. 

Para isso, algumas perguntas devem ser essencialmente feitas por você, separando-as por tipos, como: 

  • Indivíduos: Quem são eles? De que tipo de informações precisam para que a rotina seja seguida? Como se comunicam uns com os outros? Qual a forma utilizada para compartilhar conhecimento? Quais são os papéis de cada um? 
  • Processos: Que tipos de processos existem dentro da indústria? Quais são os principais? Como eles são feitos? Qual a maneira que as pessoas se relacionam com eles?
  • Conteúdo: Que tipos de ações estão sendo feitas para aumentar o conhecimento dos colaboradores? O que é necessário para que o conteúdo seja armazenado corretamente?
  • Cultura: A cultura praticada pela sua indústria é favorável para o compartilhamento do conhecimento? Ela funciona de forma simples para ter uma comunicação clara e objetiva entre os funcionários? 
  • Tecnologia: De que forma o conhecimento é armazenado? Quais são os planos de manutenção estruturados? Todas as plataformas são atualizadas com frequência?

Respondendo a essas perguntas, você está pronto para o segundo passo para saber como aplicar a gestão do conhecimento conceito no seu negócio. 

2 – Planeja as ações

Com base nas soluções das questões acima, você é capaz de definir qual a visão, os objetivos e as estratégias para a gestão de conhecimento dentro da sua indústria. 

Tendo isso, agora é necessário planejar as ações que serão necessárias para estabelecer a identificação de cada fase para ser implantada cautelosamente no seu projeto. 

Além disso, os responsáveis pela administração dos processos também devem ser encontrados, assim como aqueles que ficarão encarregados pelas atividades para colocar a gestão do conhecimento conceito em prática. 

3 – Teste aquilo que foi definido no planejamento 

A partir do momento em que você já tem um planejamento de todas as ações, é necessário fazer a execução do projeto piloto. 

Basicamente, a ideia é fazer testes dos quais demonstram os resultados daquilo que foi planejado, ao mesmo tempo em que você se preocupa com a busca de informações a respeito do projeto. 

Não à toa, o terceiro passo dessa gestão é totalmente exploratória, pois compreende que os elementos são aplicados de modo a melhorar a implantação do projeto. 

Em outras palavras, é o momento ideal de avaliar todos os resultados, definir quais medidas devem ser tomadas e quais precisam ser reavaliadas. 

4 -Implemente na empresa

Para a realização do quarto passo, é necessário seguir algumas etapas: 

  • Defina os indicadores de sucesso: com essa definição, ficará mais fácil descobrir que comunicação é mais eficaz para a correta implantação; 
  • Implante um plano de comunicação: o plano de comunicação é a chave para abrir a porta da integração entre todos os colaboradores; 
  • Escolha o plano de recompensas: reconhecimento vai muito além do financeiro. Foque também naquele que seja público e que promova efeitos satisfatórios em todos; 
  • Coloque um sistema de avaliação: realizar o monitoramento das métricas é importante e isso precisa ser feito periodicamente;
  • Divulgue os resultados: fazer a divulgação dos resultados é uma maneira de motivar toda a equipe e garantir maior engajamento de todos os funcionários. 

Melhores práticas para uma boa gestão de conhecimento nas empresas

Agora que você já sabe como aplicar a gestão, ainda têm algumas ações que você deve focar para que os seus colaboradores desempenhem as suas funções com sucesso. 

  1. Descubra quem são os influenciadores: não basta descobrir somente as fontes de conhecimento para melhorar a gestão do sistema, como também os fluxos e compartilhamento de conhecimento; 
  2. Tente promover a participação: a partir do momento em que você incentiva os colaboradores a participarem da criação do sistema, eles se tornam mais engajados e, portanto, defendem mais a causa da empresa; 
  3. Incentive a troca de experiências: realizar programas que influenciem a troca de experiências pode ser uma boa pedida. Alguns exemplos são o coaching e a mentoria;
  4. Crie comunidades: as redes sociais são um artifício fundamental para qualquer negócio. Estar presente nelas é algo que você deve colocar no radar para criar comunidade e compartilhar conhecimentos a respeito do seu setor; 
  5. Faça o monitoramento do sistema: tente manter toda a sua atenção voltada para a qualidade do projeto, corrigindo os erros logo no início dele; 
  6. Gerencie os documentos: a partir do momento em que o conhecimento é passado, é necessário documentá-lo e, assim, deixá-lo pronto para repassar a outras pessoas; 
  7. Treina a equipe: treinar é elevar o conhecimento de todos os seus funcionários. Sendo assim, utilize os seus recursos para realizar treinamentos; 
  8. Entenda o ritmo da empresa: ao implantar a gestão do conhecimento na sua empresa, tente conduzi-lo de modo que ele seja entendido de acordo com o ritmo de absorção das pessoas. 

Que tal aplicar a gestão do conhecimento conceito na sua indústria?

Definitivamente, o cérebro humano é a melhor arma para o crescimento de uma indústria. Por esse motivo, é preciso explorá-lo ao máximo para conseguir obter os melhores resultados. 

E como foi visto neste conteúdo, o conceito dessa gestão é uma excelente forma de dar um gás aos pensamentos de todos os seus colaboradores, a fim de fazer com que os lucros cheguem muito mais rápido. 

Afinal, ela nada mais é do que a capacidade de repassar conhecimento de funcionário para funcionário, com o intuito de alcançar as metas estabelecidas. 

Sendo assim, não perca mais tempo e não canse de adquirir conhecimento para o crescimento da sua indústria!

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *