Gestão por competência: 5 passos para implementar na sua empresa

with Nenhum comentário

A gestão por competência trata o reconhecimento do bem mais importante das empresas: o seu capital intelectual. Conhecimento, atitude e habilidade são apenas alguns pontos para você fazer sucesso. 

Muito mais que modo de administrar, o gerenciamento por competência tem como finalidade desenvolver os colaboradores da sua empresa. 

Isso porque ela utiliza ações e técnicas capazes de melhorar a gestão de projetos, gestão de tempo e gestão conhecimento. 

Saiba como realizar na sua organização! 

O que é gestão por competência?

Gestão por competência, nada mais é do que uma área voltada para a gestão de pessoas da sua empresa. 

Além disso, o seu principal objetivo é focar no desenvolvimento das habilidades e conhecimentos de todos os seus colaboradores. 

Ligada intimamente com a gestão de tempo, que por sua vez visa priorizar as tarefas mais importantes do dia a dia, esta estratégia faz com que as metas e os objetivos da marca sejam alcançados facilmente. 

Para isso, a gestão por competência acaba se dividindo entre tipos, dos quais explicaremos com mais detalhes no próximo tópico. 

Quais os tipos de competência? 

Saber quais os tipos de competências que existem é uma ótima maneira de realizar a gestão de projetos dentro da sua empresa. 

Isso porque a delegação de tarefas acaba sendo bem mais fácil por parte dos gestores, que irão destinar as atividades certas para quem tem o conhecimento específico na área. 

De forma bem resumida, existem três tipos de competências: organizacionais, técnicas e comportamentais

Vamos conhecer as três abaixo: 

Competências organizacionais 

Impactando diretamente no desempenho dos resultados de uma empresa, as competências do tipo organizacionais podem ser resumidas em conhecimentos, atitudes e habilidades

Graças a essas três características, é possível mostrar aos seus consumidores e a sua concorrência o que o seu negócio é capaz de fazer. 

Isso porque ela está dividida entre competências básicas, que visam as capacidades insubstituíveis para que uma empresa sempre trabalhe ativamente, e essenciais, das quais têm como princípio criar vantagem competitiva. 

Competências técnicas

Atrelada aos colaboradores das empresas, as competências técnicas podem ser resumidas como conhecimentos e habilidades que foram adquiridas ao longo de sua experiência profissional. 

Portanto, dentro desta experiência profissional, podemos ressaltar formação acadêmica, cursos, idiomas, entre outros tipos de educação formal e informal capazes de contribuir para a gestão de conhecimento. 

É importante ressaltar que essas características podem ser separadas em níveis de conhecimento, como elementar, básico, fundamental, sólido e profundo

Competências comportamentais

Por fim, as competências comportamentais também está intimamente ligada aos colaboradores de uma organização. 

Com elas, os funcionários se sentem motivados a praticar um conhecimento específico, capaz de contribuir para a gestão de projetos e a gestão de tempo deles. 

De forma geral, essas características são: motivação, vida social, criatividade, comunicação, empatia, liderança, vontade de aprender e se tornar especialista

Vantagens de adotar a gestão por competência na sua empresa

Um homem apresentando a gestão por competência para duas pessoas.

Bom, não teríamos falado a respeito da gestão por competência se ela não apresentasse benefícios para o seu empreendimento.

Conheça as principais vantagens de adotar essa estratégia: 

  1. Ter um ambiente de trabalho mais colaborativo: como explicamos, o gerenciamento por competência tem como objetivo tratar as habilidades e o conhecimento. Graças a esses dois fatores, os colaboradores de uma empresa passam a colaborar mais uns com os outros, melhorando a gestão de conhecimento entre eles; 
  2. Desenvolvimento dentro da própria empresa: a partir do momento em que há uma troca de conhecimento entre os funcionários, eles se sentem motivados a se desenvolverem dentro da própria empresa, sem buscar qualquer tipo de especialização fora dela; 
  3. Valorização dos colaboradores: quando a gestão de conhecimento é estimulada, os funcionários passam a entender melhor qual a importância da sua atuação dentro da empresa; 
  4. Redução de rotatividade: outro benefício interessante ao utilizar a gestão por competência é a redução de saída dos funcionários, que também é conhecida como turnover. Isso porque eles são reconhecidos pelo que fazem quase que o tempo todo; 
  5. Aumento da produtividade: como o gerenciamento por competência está atrelado à gestão de tempo, os colaboradores conseguem produzir muito mais em menos tempo, priorizando as tarefas que demandam maior nível de atenção; 
  6. Superação de metas: talvez este fator seja o que mais chame a atenção dos empreendedores, pois impacta na superação de metas e objetivos estratégicos da sua empresa, uma vez que a gestão de projetos acaba sendo bem mais estruturada. 

Será que depois de apresentarmos essas vantagens, você vai deixar de abrir de um bom gerenciamento de projetos?

Gestão por competência ou gestão por desempenho?

Mesmo que o gerenciamento por competência apresente muitas vantagens para empresas ao redor do mundo, algumas delas ainda focam as suas estratégias em uma gestão mais clássica. 

Nesses casos, grande parte dos gestores pensam que cada colaborador deve ter metas para serem atingidas, deixando de lado, muitas vezes, as habilidades do cargo. 

A grande diferença entre essas duas gestões está no processo de recursos humanos, podendo ser traçado da seguinte forma: 

  • Gerenciamento por competências: os líderes estão em busca de pessoas que tenham conhecimento, habilidades e atitudes para a execução de uma função; 
  • Gerenciamento por desempenho: os líderes colocam metas e objetivos rigorosos para serem atingidos. 

Sendo assim, para que a empresa consiga ter melhores resultados, o recomendado é fazer a junção desses dois métodos, já que são necessárias metas para serem atingidas e pessoas qualificadas para chegar até elas. 

Como fazer o gerenciamento por competência? 

Dois homens conversando.

Tendo bem claro na sua cabeça o que é gestão por competência, é possível saber como fazê-la adequadamente. 

Para isso, fizemos um passo a passo simples e prático: 

1º passo: Diagnóstico

O primeiro passo para realizar um bom gerenciamento por competência é fazendo o diagnóstico da gestão de pessoas da sua organização. 

Para realizar esse trabalho, é necessário pedir por feedbacks a respeito dos processos de RH, bem como aplicar uma avaliação de desempenho por competência, que engloba a gestão de conhecimento, gestão de tempo e gestão de projetos. 

Com isso, você consegue identificar quais os tipos de informações são necessárias para a execução de cada cargo dentro da empresa. 

2º passo: Processos

Implementar processos dentro da sua empresa é o segundo passo para fazer o gerenciamento por competência. 

Para essa atividade, será necessário implementar uma gestão de mudanças, bem como ajustar as estruturas do departamento de recursos humanos. 

3º passo: Treinamentos

Assim que os novos processos forem implementados na estrutura da sua empresa, é necessário realizar treinamentos para especializar cada vez mais os colaboradores dela. 

Para isso, você pode buscar ter parcerias com escolas de ensino, das quais tenham treinamentos corporativos. 

4º passo: Recrutamento

Provavelmente, com o passar do tempo, você precisará de novos profissionais aptos para cada função da empresa. 

Por isso, é necessário realizar recrutamentos, tanto internos quanto externos, para suprir os problemas de cada setor. 

5º passo: Mensuração

Por fim, o último passo para aplicar o gerenciamento por competência é criando um modelo do qual vise a mensuração de resultados. 

Isso significa dizer que os feedbacks devem ser coletados de acordo com as avaliações feitos por cada gestor do departamento. 

Foque agora nas competências da sua empresa! 

Como você pôde ver, a gestão por competência tem como base muitos fatores que fazem com que a sua empresa se torne grandiosa. 

E isso vai muito além do que mapear os conhecimentos, as habilidades e as atitudes dos colaboradores presentes nela. 

Essa gestão também engloba processos de recrutamento de pessoas, bem como o desenvolvimento contínuo dos funcionários. 

Invista você também!

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *