Giro de estoque: saiba calcular para se organizar

with Nenhum comentário

Giro de estoque é a maneira que empreendedores encontram para administrar as mercadorias armazenadas das suas empresas. Para realizar uma excelente gestão, saiba como calculá-lo. 

É inegável: o sucesso só será alcançado se você souber realizar o correto controle do giro de estoque da sua empresa. 

Afinal, ainda existem muitas falhar no que diz respeito ao equilíbrio das vendas dos produtos e as compras das mercadorias de seus fornecedores. 

Para que você consiga aumentar e organizar as suas vendas, veja neste conteúdo como realizar o giro de estoque cálculo de forma correta. 

O que é giro de estoque? 

É a verificação do desempenho do estoque da sua empresa, com o objetivo de analisar a qualidade dos itens armazenados e o número de vendas que já foi realizada durante um período de tempo. 

Essa análise serve justamente para que a saúde financeira do empreendimento seja avaliada adequadamente.

Para isso, é utilizado um cálculo para saber quantas vezes as mercadorias entram e saem da sua empresa, bem como o tempo médio que os produtos ficam armazenados.

O jeito certo de chegar a um resultado promissor é contratando um gestor que saiba o conceito e que tenha capacidade de avaliar o mercado em que você atua. 

Quais os benefícios do giro de estoque?

Uma pessoa fazendo contas na calculadora e anotando sobre o giro de estoque em um papel.

Ao saber esse cálculo, você se abre para uma variedade de benefícios dos quais fortalecem a relação entre a sua empresa e os seus clientes. 

Isso porque, tendo bem claro o conceito, é possível compreender o tempo médio que as mercadorias armazenadas são renovadas ou se elas estão paradas. 

Afinal, o cálculo giro de estoque avalia o período de tempo, que influencia totalmente a saúde financeira do seu empreendimento. 

Por isso, acompanhar com frequência o seu estoque é uma maneira de sanar todos os problemas dos seus consumidores. 

Como calcular giro de estoque?

O conceito só será entendido completamente depois que você descobrir como calculá-lo. 

Antes de mais nada, tente verificar toda a mercadoria armazenada para conhecer a quantidade de vendas feitas durante um período de tempo. 

Por exemplo: 

  • O seu estoque médio é de: 300 unidades; 
  • As vendas totais são de: 3 mil por ano; 
  • Cálculo giro de estoque: 3.000/300 = 10 giros por ano. 

Se a sua empresa tem um número relativamente grande de produtos variados, a recomendação é realizar o cálculo usando os preços de compra. 

Por exemplo: 

  • Estoque: R$ 6.000;
  • Volume de vendas por ano: R$ 20.000;
  • Cálculo giro de estoque: 20.000/6.000 = 3 giros por ano. 

Caso o resultado desse cálculo fosse menor do que 1, significa que muitas mercadorias ainda estão paradas. 

Outro método que você pode utilizar para verificar melhor o índice do giro de estoque é: 

  • Número de dias no ano: 365;
  • Número de giros no ano: 3; 
  • Cálculo giro de estoque: 365/3 = 121

Com esse resultado, você conseguirá repor toda a mercadoria em 121 dias. 

Ter conhecimento sobre esse número faz com que o gestor tenha conhecimento a respeito das entradas e saídas dos produtos, assim como facilita a criação de estratégias adequadas para que o custo de armazenamento seja diminuído. 

Como realizar o controle de estoque?

Uma mulher fazendo conta na calculadora e consultando um caderno.

Agora que você sabe como calculá-lo, é preciso aprender como realizar o controle adequado da mercadoria armazenada. 

Isso porque você consegue evitar qualquer tipo de prejuízo financeiro, garantindo o funcionamento adequado da operação.

As nossas principais dicas para controlar o estoque corretamente são: 

1. Gerencie o inventário 

Seja alto ou baixo, o nível de mercadoria armazenada dentro do estoque da sua indústria deve ser avaliado com frequência para evitar problemas.

Para isso, realizar o gerenciamento do inventário é válido para conhecer a rotatividade dos produtos em estoque, limitando a saída e entrada de todos os itens. 

2. Tenha ciência das vendas

Um gestor que conhece o conceito é capaz de identificar todos os produtos que possuem maior índice de saída, bem como entender os períodos do ano dos quais a sua empresa vendeu mais. 

Acompanhar a quantidade de produtos que foram vendidos é muito importante para que o controle de estoque contemple as necessidades dos seus clientes. 

Para isso, você precisa ter ciência de todos os dados das operações, assim como reconhecer o monitoramento delas. 

3. Aumente a rotatividade

Ao adquirir determinados itens do seu fornecedor, é necessário saber se faltará dinheiro no caixa ou não. 

Sendo assim, para descobrir o giro de estoque, tente conhecer todos os números da sua empresa e o prazo de entrega dos que fornecem a mercadoria para você. 

Faça o cálculo de giro de estoque e amplie seus resultados!

Neste conteúdo você descobriu o conceito e como calcular o giro de estoque corretamente. 

Essa prática é fundamental se você pretende deixar o seu negócio bem mais organizado, com o objetivo de atender a toda sua cartela de cliente adequadamente. 

Além disso, é uma maneira de você descobrir também se as suas ações estão sendo efetivas e como elas podem melhorar para aumentar as vendas e a rotatividade de mercadoria. 

Por isso, não deixe de fazer o cálculo para que a sua empresa mostre o diferencial para os consumidores. 

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *