Margem bruta: o que é e como calcular

with Nenhum comentário

Margem bruta é um indicador fundamental para o seu negócio. Isso porque esse detalhe é capaz de dizer muita coisa sobre a saúde financeira de uma empresa. Se quer saber como calcular, veio ao lugar certo!

Muitas vezes, nos deparamos com contas inusitadas para medir o lucro e rentabilidade do nosso negócio, não é mesmo? 

Porém, saiba que há um cálculo simples, que te permite chegar aos melhores resultados sem que você não se engane em momento algum: o cálculo de margem bruta!

Com ele, é possível entender se as suas estratégias estão sendo realmente efetivas e como os seus produtos ou serviços podem ser valiosos para os clientes. 

Quer saber mais? Então confira neste conteúdo como funciona o cálculo e melhore a gestão da sua empresa. Confira! 

O que é margem bruta?

Você já tentou medir a lucratividade e rentabilidade da sua empresa se baseando nos seus nas vendas dos seus produtos ou serviço?

Eu não! Nem sabia que isso era necessário. Como faz? 

Simples: sabendo como calcular a margem bruta, que é a porcentagem de todos os ganhos do seu empreendimento, você já tem em mãos o necessário para calcular isso! 

Para sermos claros, digamos você venda a sua mercadoria no valor de R$ 50, mas gasta em cima disso um total de R$ 20 para colocar nas prateleiras das lojas. 

Isso significa que o seu bruto nada mais é que R$ 30

Poxa, que simples! Mas por que eu preciso aprender a calcular a margem bruta do meu negócio?

Porque assim você consegue descobrir quais produtos ou serviços desencadeiam maior lucratividade e rentabilidade, ajudando você a alterar as suas estratégias caso a mercadoria tenha um índice menor do que o que foi gasto. 

Contudo, isso não significa que você deve dar prioridade somente para aqueles itens que possuam a margem bruta mais alta que outros, mas sim, que precisa ter como base que esse recurso é fonte para que você consiga precificar o que você vende. 

Então tudo isso tem a ver com o lucro, certo?

Sim! Mas não significa que o bruto e o lucro são conceitos iguais, porque não são. 

Pois, o lucro tem total relação com o valor integral de cada produto ou serviço vendido. 

Em outras palavras, nada mais é que o dinheiro restante das vendas daqueles itens depois de você pagar todas as contas envolvidas na produção e comercialização. 

Ou seja, a produção e a comercialização envolvem os custos com: 

  • Matéria-prima;
  • Frete;
  • Manutenção de equipamentos.

Para você entender por completo como calcular a margem bruta, saiba de ponta a ponta o seu funcionamento a seguir! 

Como funciona essa margem?

Uma pessoa fazendo contas sobre a margem bruta de sua empresa.

Agora que você sabe bem o que é, está muito perto de descobrir como realizar o cálculo para o seu negócio.

Para isso, antes é necessário compreender que ela tem tudo a ver com o lucro bruto, mesmo que ambos os conceitos sejam diferentes – como explicamos no tópico acima. 

Isso significa que a margem bruta é uma derivação do lucro bruto, que consequentemente é o resultado de todo o seu resultado, desconsiderando as finanças e impostos que recaem sobre o lucro, como o Imposto de Renda e Contribuição Social. 

Assim sendo, na Demonstração do Resultado do Exercício (DRE), o lucro bruto é o mesmo que a receita bruta, excluindo as deduções, custos e despesas da empresa. 

Nesse sentido, se você quiser alcançar a porcentagem de lucratividade e rentabilidade do resultado final do seu negócio, basta fazer o cálculo de margem líquida. 

E como calcular a margem bruta?

Uma pessoa mexendo no computador.

Agora chegamos na parte que realmente interessa em nosso conteúdo: como realizar esse cálculo!

Para isso, leia agora mesmo as próximas linhas e aprenda essa informação extra! 

Margem bruta

Para começar, a margem bruta possui a seguinte fórmula: 

Margem bruta = Lucro bruto/Receita total x 100

Tendo isso em mente, vamos supor que a sua empresa seja um e-commerce com uma receita bruta de R$ 20 mil. 

Para que as vendas sejam executadas de forma a ter lucratividade e rentabilidade, é necessário que sejam descontados custos diretamente ligados à produção dos produtos ou serviços, como matéria-prima (R$ 4 mil), frete (R$ 2 mil) e estoque (R$ 6 mil).

Sendo assim, o seu lucro bruto é de R$ 8 mil.

Com essas informações, podemos fazer o seguinte cálculo: 

Margem bruta = R$ 8.000/R$ 20.000 x 100 = 40%

Portanto, o bruto da sua margem é 40%

Margem líquida

Como prometemos, a informação extra deste tópico é fazer com que você saiba também como calcular a margem líquida, que é o lucro líquido da sua empresa. 

Com essa porcentagem, você consegue definir a quantidade de dinheiro que o seu negócio obtém depois que todos os custos e impostos são pagos. 

A fórmula para o cálculo de margem líquida é essa: 

Margem líquida = Lucro líquido/Receita total x 100

Para exemplificar, vamos continuar com o e-commerce que vale R$ 20 mil. 

Tendo essa informação em mãos, você precisará desprezar custos e impostos que incidem no seu negócio. 

Sendo assim, digamos que eles representam cerca de R$ 3 mil, tendo como lucro líquido o valor de R$ 5 mil. 

O cálculo ficaria:

Margem líquida = R$ 5.000/R$ 20.000 x 100 = 25%

Em outras palavras, podemos dizer que, caso a sua empresa venda R$ 100, a sua lucratividade e rentabilidade será de R$ 25.

Não deixe de olhar as finanças do seu negócio!

Como vimos ao longo deste conteúdo, é fundamental que tanto a margem líquida quanto a bruta sejam analisadas com cautela por você. 

Isso porque os resultados dessas duas operações podem dizer muito sobre o seu empreendimento e da quantidade de dinheiro que deve entrar e sair para manter as operações em dia. 

Por isso, não perca nenhum momento do seu dia fazendo outras coisas a não ser analisando a margem líquida e a bruta do seu negócio para que você saiba se as suas estratégias estão dando certo.

Bons negócios! 

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *