Margem líquida: aprenda o que é e como calcular

with Nenhum comentário

Margem líquida nada mais é do que a porcentagem de lucro líquido que uma determinada empresa possui em relação a sua receita total. Descubra como calculá-la para poder apresentar o desempenho da sua empresa.

Ter uma empresa não é fácil, principalmente porque você se vê obrigado a entender sobre assuntos muito além da sua área de atuação/formação. Um deles com certeza é a margem líquida.

Isso porque, fora essa “obrigação” de saber um pouco de tudo, nem todas as pessoas têm habilidade ou familiaridade com números. Para muitos, o assunto é um bicho de sete cabeças!

Mas saiba que é possível entender muitos assuntos da teoria à prática, e este conteúdo vem exatamente para isso.

Então, acompanhe, vamos te explicar cada detalhe do conceito, suas aplicações e como calculá-la!

O que é margem líquida?

Tudo começa pelo lucro líquido: ele é o indicador de rentabilidade de uma empresa. Ele corresponde a todo o valor da receita, menos os custos decorrentes das atividades.

A partir daí, temos o conceito inicial de margem líquida: a porcentagem de lucro líquido que sua empresa possui em relação a sua receita total.

Em outras palavras, ela mede a fração de cada real de vendas que resultou em lucro líquido. Corresponde ao lucro líquido dividido pelas vendas líquidas.

 As vendas líquidas correspondem àquilo que a empresa conseguiu com vendas decrescido dos custos dessas vendas.

Como funciona a margem líquida?

Já vimos que o cálculo vem do lucro líquido, valor que é resultado de toda a apuração do chamado DRE, o Demonstrativo do Resultado do Exercício da empresa.

E podemos dizer que a margem é uma das ferramentas de avaliação da empresa. Se estiver negativa, significa que há prejuízo.

Mas é sempre bom verificar os motivos do resultado, pois no caso de um prejuízo, por exemplo, nem sempre ele é negativo!

Para que serve a margem líquida?

Uma pessoa fazendo calculos a respeito da margem líquida de uma empresa.

Trouxemos o exemplo da possibilidade de prejuízo, mas e se a margem estiver positiva, sinalizando lucros?

Neste sentido, podemos destacar algumas situações, como a visibilidade para bancos e instituições financeiras, facilitando os caminhos para liberações de crédito.

Quando estamos tratando de somas altas, com parcelas que vão durar vários meses, os bancos costumam solicitar uma série de documentos das empresas. Dentre eles o balanço patrimonial e o DRE estão entre os mais solicitados.

Já no caso de investidores, que também procuram empresas com bons resultados, uma margem positiva é sempre vista com bons olhos.

Quando uma empresa possui alta margem, é possível que a mesma possa distribuir os lucros aos seus acionistas.

Nesse sentido, todos os investidores, tanto aqueles que gostariam de comprar a operação toda, quanto os pequenos acionistas, têm interesse nesse número.

Ou seja, estando num índice elevado, sinaliza que a empresa está apta a eventuais distribuições de lucros, por exemplo.

Como calcular margem líquida

Para realizar esse cálculo, são envolvidas duas variáveis: lucro líquido, que já conceituamos acima; e receita líquida, que é a receita trazida pela empresa ao realizar suas atividades.

Dessa forma, o cálculo é obtido da divisão do lucro líquido em determinado período, pela receita líquida, no mesmo intervalo de tempo. Veja a margem líquida fórmula:

ML = (LL / RL) X 100

ML = margem líquida

LL = lucro líquido

RL = receita líquida dessa fórmula, basta ter acesso a estes dados da sua empresa, para que possa ser realizada a margem líquida cálculo.

Exemplo de margem líquida cálculo

Uma mulher olhando para a tela do computador.

Agora que você já conheceu o conceito, como funciona, para que serve, e também o cálculo, é hora de um exemplo.

Então, suponha que sua empresa obteve uma receita líquida de R$ 100 milhões ao longo do ano de 2019.

Na sequência, temos o lucro da sua empresa: a soma foi de R$ 20 milhões durante o exercício do último ano. Qual foi a margem da empresa?

ML = (20 / 100) X 100, ou seja: ML = 0.20 X 100, portanto: ML = 20%

Ainda podemos avaliar, após a margem líquida cálculo, que o retorno da empresa, nesta suposição, seria lucrativo!

Margem líquida cálculo na prática

Já temos um exemplo hipotético de margem líquida cálculo, com a utilização da margem líquida fórmula.

Neste ponto, veremos um cálculo de margem a partir de um exemplo prático, de uma empresa amplamente conhecida.

Para tal, utilizaremos os demonstrativos de dados da Ambev, uma das maiores empresas do Brasil, e com reconhecimento mundial por sua gestão. Os resultados são do 1º trimestre de 2018.

Assim, a Ambev teve, no 1º trimestre de 2018, uma receita líquida de R$ 11,64 bilhões. O lucro da empresa, no mesmo período, foi de R$ 2,59 bilhões.

ML = (2,59 / 11,64) X 100 = 22,2%

Portanto, o cálculo margem líquida da Ambev nesse período, após a aplicação da margem fórmula, foi positiva.

Pense a favor da sua empresa!

Neste conteúdo você descobriu todos os detalhes do que é margem, sendo um dos indicadores de rentabilidade da sua empresa.

Também explicamos como esse indicador funciona, quando apresenta dados positivos e negativos.

Com esses dados positivos, você consegue várias vantagens, por exemplo, facilidade em solicitar empréstimos bancários e conseguir novos investidores para o seu negócio.

Na sequência, foi a vez de descobrir para que serve esse dado, e como ele pode dar mais visibilidade à sua empresa.

Outro tópico abordado foi sobre como calcular a margem, em que trouxemos exemplos, da teoria à prática, através da margem líquida fórmula e o seu cálculo.

Assim, a partir de agora é o momento de pensar a favor da sua empresa. Tenha o olhar voltado para esse indicador, e aproveite todos os benefícios de um saldo positivo!

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *