Plano de contas na construção civil: tudo o que você precisa saber

with Nenhum comentário

contas-para-construcao-civil

Plano de contas construção civil diz respeito à contabilidade nessa área, que por ser um setor específico, precisa de uma atenção especial do empreendedor. Quer saber como elaborar um plano de negócios? Então continue por aqui!

Ao falar em contabilidade, existem diversas formas de centralizar os custos e controlar as despesas e receitas de cada área.

Ao falar sobre um plano de contas construção civil, nos referimos a um nicho específico, que possui suas particularidades e formas distintas de atuação para a elaboração de um plano de negócios.

Considerando isso, preparamos este conteúdo para falar sobre o plano e contas construção civil e ensinar como deve ser o plano financeiro de uma empresa. Confira!

Entenda a importância de um plano de contas construção civil

Antes de qualquer coisa, o plano de contas construção civil é essencial para que tudo na sua empresa esteja de acordo.

Por isso, ter visão é um dos pontos cruciais para a gestão elaborar um plano financeiro de uma empresa e alcançar os melhores resultados possíveis.

Todos os empresários da área da construção civil possuem uma série de objetivos.

Por isso, para que consigam tomar decisões cada vez mais assertivos, é necessário ir atrás dos meios mais eficientes para estruturar um plano de contas construção civil.

Aprenda agora mesmo como elaborar um plano de negócios efetivo para facilitar sua rotina empresarial e evitar qualquer estresse relacionado às questões financeiras do seu negócios. Continue com lendo!

Aprenda como fazer um plano de contas construção civil

Um plano de negócios e organização de contas é similar ao controle do fluxo de caixa de qualquer negócio.

Por isso, esse recurso é essencial para que o plano financeiro da sua empresa esteja de acordo com o esperado.

Sendo o contador, o grande responsável por desenvolver esse plano de negócios, cabe a esse profissional estipular ao certo o que é necessário e fazer essa análise de despesas e receitas.

Isso porque o empreendedor em geral não possui esse domínio completo dos números para que possa ele mesmo elaborar o plano de contas construção civil do seu negócio;.

Contudo, por mais que esse controle seja um obrigação legal, o empreendedor não deve ver apenas dessa forma.

Isso porque, o plano financeiro de uma empresa costuma apresentar informações fundamentais para qualificar a gestão do negócio, permitindo ajustes em cada obra ou na empresa como um todo, em grande escala.

Ou seja, aprender como fazer um plano de contas construção civil é essencial para guiar a sua empresa em direção ao topo!

Continuando com nosso conteúdo, aprenda agora como elaborar um plano de contas construção civil efetivo. Você vai precisar:

Personalizar o seu plano de negócio de acordo com sua empresa

O plano financeiro de uma empresa precisa ser maleável!

Ou seja, é necessário adaptar as características do planejamento levando em consideração o seu próprio negócio.

Isso porque cada empresa possui necessidades próprias, não é mesmo?

Então, para entender como elaborar o plano de contas construção civil ideal do seu negócio é necessário analisar:

  • Segmento;
  • Porte;
  • Localização;
  • Produção.

Essas especificações permitem que os resultados sejam alcançados de maneira mais assertiva, pois seu planejamento será traçando com base em um objetivo real!

Acrescentar quantas informações puder

Fora o fato de personalizar seu plano de contas construção civil, é essencial que esse plano seja elaborado da forma mais detalhada possível.

Essa atenção fará com que você evite erros nos níveis:

  • Ativo;
  • Passivo;
  • Custos e despesas;
  • Receitas.

Ou seja, quanto mais você souber sobre a situação atual do seu negócio, melhores serão as soluções e medidas tomadas com seu planejamento.

Seguir os padrões legais

Além de qualquer especificação para realizar um processo eficiente, é importante que você não esqueça de seguir os padrões estabelecidos por lei.

A Lei 6.404/76, conhecida como a “Lei das S/A” e a Lei 11.638/07, podem auxiliar o empresário a elaborar o plano de contas construção civil de forma a cumprir todas as exigências possíveis.

Conheça as melhores práticas para criar seu plano de negócios

Por serem diferentes, as empresas do setor da construção civil precisam utilizar táticas diferentes para que garantam o cumprimento de todas as suas obrigações.

Quer aprender? Então confira algumas delas nos próximos tópicos:

Centros de custos

Muitas empresas optam por essa técnica para melhorar o controle da contabilidade. Com esse método, as despesas e receitas passam adquiridos em cada área do negócio.

Ou seja, se considerar uma construtora que mantém a construção de 4 empreendimentos ao mesmo tempo, é possível dizer que cada um deles representaria um centro de custo.

Contudo, é importante dominar essa técnica para evitar qualquer sanção por parte dos órgãos fiscalizadores.

Por isso, é essencial realizar a contratação de um contador interno para empresa.

Plano de contas

Muito parecido com o fluxo de caixa de outras empresas, o plano de contas construção civil é a ferramenta utilizada para controle financeiro.

Esse recurso é essencial para o balanço de valores e custos de uma empresa.

Por isso, deve estar de acordo com as particularidades do negócio, que no caso da construção civil, precisa refletir as demandas específicas dessa indústria.

Ou seja,antes de servir como base para as demonstrações contábeis exigidas por lei pelos órgãos de fiscalização do governo, o plano de contas é um instrumento de administração que permite verificar lucro e prejuízo.

Formação de estoque

Outra ponto está na formação de um bom controle de estoque!

Para um bom plano de contas construção civil, ao contrário de outras empresas que declaram como estoque apenas produtos, os imóveis também são ativos desse tipo para as indústrias de construção civil.

Segundo as normas da contabilidade brasileira, as empresas que atuam com construção civil precisam declarar apenas imóveis em construção, concluídos ou materiais para utilização nas obras.

Já os terrenos ou frações de terra devem constar no grupo de contas de estoque dentro de “Terrenos a comercializar”. A partir do momento em que uma construção começa no local, move-se esse ativo para “Custo de terreno” (ainda dentro da conta de estoque).

Dessa forma, após a conclusão da construção e a obtenção do Habite-se —, documento de liberação de responsabilidade da prefeitura —, deve-se levar o registro para a conta “Imóveis em estoque”.

Planilhas de custo e controle

As planilhas são boas formas de organizar o plano de contas construção civil do seu negócio.

O seu objetivo é realizar um controle efetivo acerca de todos os gastos realizados em uma determinada obra e evitar o prejuízo.

A organização é essencial para garantir que qualquer prazo estipulado seja definido em um projeto para uma determinada obra.

É uma forma de alcançar sem nenhum problema financeiro ou de atraso que comprometa seu sucesso.

nesse caso, o ideal é optar por sistemas de gestão, pois a ferramenta irá automatizar diversas tarefas e possibilitar um melhor controle de todas as atividades exercidas pelos profissionais da sua empresa.

Auditoria interna

Uma outra prática ideal para o plano de contas construção civil é realizar uma auditoria interna.

O seu objetivo principal da auditoria interna é encontrar pontos de melhoria e desperdício. Assim, é possível buscar as causas de um determinado fenômeno e evitar que ele se repita.

Esse processo pode ser realizado por contadores externos, de uma empresa contratada para realizar a auditoria, ou por algum profissional com grande conhecimento na área contábil lotado na empresa.

Realize um bom plano de contas para a sua empresa!

Como vimos ao longo deste conteúdo, a área da construção civil possui certas particularidades no que diz respeito ao plano de contas.

Bem similar ao controle do fluxo de caixa em outros negócios, as empresas desse segmento precisam atuar levando em consideração o nicho, tamanho da empresa e até mesmo as questões legais.

Dessa forma, é possível alcançar os melhores resultados e evitar problemas financeiros que acabam gerando atrasos e outras complicações para o seus clientes.

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *