Ponto de equilíbrio contábil: saiba como não cair da corda bamba

with Nenhum comentário

Ponto de equilíbrio contábil é o indicador responsável por mostrar se a sua empresa está lucrando ou tendo prejuízos. Para dar os próximos passos nas suas estratégias é essencial entendê-lo, e é isso que vamos fazer aqui! 

O mundo da contabilidade é extremamente rico, e conta com indicadores para o ponto de equilíbrio da área contábil, econômica e financeira. 

Inclusive, o primeiro é um dos mais utilizados para entender se a sua empresa está trazendo o lucro necessário para continuar com todas as atividades.

Se você quer entender como realizar a fórmula desse indicador veio ao lugar certo! Por isso, não tire os olhos deste conteúdo e aprenda a controlar suas finanças. Confira!  

Entenda o que é ponto de equilíbrio contábil

O ponto de equilíbrio contábil também é conhecido como break even contábil, se trata de um indicador para saber se o lucro ou prejuízo de um empreendimento é igual a sua receita total. 

De forma simples, o cálculo do ponto de equilíbrio da contabilidade visa orientar o empreendedor sobre a quantidade de operações que devem ser feitas para que não haja nenhum problema financeiro com a marca. 

Apesar de grande parte das empresas terem como objetivos principais aumentar a lucratividade e garantir um número maior de clientes, o ponto de equilíbrio serve como uma referência de que o negócio está realmente dando certo.

Dentro da contabilidade existe uma confusão entre equilíbrio contábil, econômico e financeiro. 

Para te ajudar a diferenciar entre esses indicadores, acompanhe nossa explicação abaixo: 

A diferença entre ponto de equilíbrio contábil, econômico e financeiro

Uma pessoa fazendo cálculos para determinar o ponto de equilíbrio contábil.

O ponto de equilíbrio da contabilidade é o mais utilizado entre os três! Isso porque a fórmula ponto de equilíbrio contábil é mais simples de ser entendida. 

Para realizar esse cálculo é necessário fazer a divisão entre o valor dos custos e despesas fixas de acordo com a margem de contribuição. 

O resultado da fórmula é a receita total, que depois poderá ser igualada aos gastos. 

E dentro do ponto de equilíbrio da contabilidade existem duas variações bem conhecidas. São elas: ponto de equilíbrio financeiro e ponto de equilíbrio econômico

  • Ponto de equilíbrio financeiro: a diferença da fórmula deste indicador para o cálculo do ponto de equilíbrio contábil está na exclusão dos custos fixos, já que o importante aqui é identificar o dinheiro que sai do caixa da empresa; 
  • Ponto de equilíbrio econômico: este indicador representa a correção monetária que precisa ser avaliada juntamente com as despesas fixas. Em sua fórmula, é adicionado o custo de oportunidade.

Bom, agora que você sabe a diferença entre ponto de equilíbrio da contabilidade, economia e parte financeira, está mais que preparado para descobrir o que é necessário para realizar o cálculo do ponto de equilíbrio contábil. 

O que você precisa para calcular o ponto de equilíbrio da contabilidade?

Para realizar o cálculo do ponto de equilíbrio na contabilidade, é necessário considerar três fatores:

  1. Custos fixos: os custos fixos são as contas que a sua empresa obrigatoriamente precisa pagar, independentemente do nível de operações que ela tiver. 

Por exemplo, aluguel do condomínio, salário dos colaboradores, contas de água, luz e internet, matérias-primas etc; 

  1. Despesas variáveis: as despesas variáveis são diferentes dos custos fixos, pois levam em consideração somente o momento de produção de um determinado produto ou serviço. 

As matérias-primas da sua mercadoria, por exemplo, podem ser consideradas despesas variáveis; 

  1. Margem de contribuição: por fim, a margem de contribuição tem total relação com a receita bruta em cima das vendas dos produtos ou serviços da sua empresa. 

Ela também pode ser utilizada para chegar a um resultado de preço de vendas da mercadoria.

Se baseando nesses três fatores é possível ter ideia do valor do ponto de equilíbrio alcançado.

Além disso, você pode entender a quantidade de vendas que devem ser feitas para que todos os custos e despesas sejam cobertos. 

Saiba como solucionar a fórmula ponto de equilíbrio contábil

Uma pessoa fazendo cálculos em uma calculadora e verificando algumas folhas.

A fórmula, como já dissemos, é a mais utilizada para encontrar o ponto de equilíbrio

Para a sua alegria, ela é muito simples de ser feita. Veja só: 

Ponto de equilíbrio = Custos fixos / Margem de contribuição

Bom, para garantir o conhecimento total sobre respeito este cálculo, vamos dar um exemplo prático abaixo. 

Exemplo prático de cálculo do ponto de equilíbrio da contabilidade

Antes de mais nada, vamos recapitular: o ponto de equilíbrio da contabilidade busca igualar as receitas e as despesas sem haver lucro. 

Além disso, a margem de contribuição pode ser considerada como o valor que será usado para que os custos fixos e o lucro sejam pagos. 

Sabendo disso, você consegue identificar que a margem de contribuição, quando igual aos custos fixos, é o momento de selar o ponto de equilíbrio da sua empresa?

Se a sua resposta for sim, então precisamos dizer que a fórmula mostrada acima não é aplicada desta forma, uma vez que a margem de contribuição mostra o percentual. 

Para facilitar e encontrar o ponto de equilíbrio da sua empresa, digamos que ela gaste, em média, R$ 60 mil por ano para que as atividades continuem sendo executadas adequadamente. 

A margem de contribuição neste caso seria de 33% – já que ela mostra em percentual. 

Assim, o cálculo seria: 

Custo fixo = R$ 60.000,00

Margem de contribuição = 33%

Ponto de equilíbrio = Custos fixos / Margem de contribuição

PE = 60.000,00 / 0,33

PE = 181.818,182

Isso significa que a partir deste resultado, você consegue manter a sua empresa sem ter nenhum tipo de prejuízo. 

Em outras palavras, é necessário ter uma receita bruta de R$ 181.818,182 por ano. 

Entendeu a função do ponto de equilíbrio? Então comece a aplicá-lo na sua empresa!

Como você pôde ver, realizar o cálculo do ponto de equilíbrio não é um bicho de sete cabeças. 

E o melhor de tudo: com base no resultado alcançado é possível descobrir se o seu empreendimento terá o lucro esperado ou o prejuízo indesejado. 

Vale ressaltar que o percentual mostrado pela margem de contribuição é um dos principais responsáveis para entender o lucro que a sua empresa alcançou. 

Fora isso, assim que você tiver o resultado do ponto de equilíbrio, é necessário então esperar pelo lucro para dar os próximos passos a outras estratégias. 

Sucesso!

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *