Regime de competência: o que é e como pode beneficiar sua empresa

with Nenhum comentário

O regime de competência é uma excelente ferramenta para empresários que desejam organizar melhor a parte financeira da sua empresa. Descubra agora mesmo como esse recurso pode te fazer crescer exponencialmente.

Independente do tamanho de sua empresa, ferramentas como o regime da competência são excelentes recursos para reduzir custos e aumentar a lucratividade do seu negócio. 

Recursos como o regime de competência e caixa são ferramentas essenciais para que você consiga estruturar melhor a qualidade financeira do seu negócio.

Apesar de muito parecidos, esses regimes possuem suas diferenças teóricas e práticas que podem gerar diferentes benefícios para uma empresa. 

Neste conteúdo, você vai aprender a fazer a análise correta de como está o pagamento da despesa fixa e variável do seu empreendimento. Entenda isso e muito mais sobre o regime competência com nosso blog.

Afinal, o que é regime de competência?

Uma mulher realizando o regime de competência com um computador e um caderno.

O regime competência é considerado uma ferramenta que tem como principal objetivo organizar todas as finanças e planejar o futuro financeiro do seu empreendimento com o objetivo de fazer a sua empresa crescer.

Para isso, ele é realizado sempre no período de competência, ou seja, de acordo com a receita ou a despesa fixa e variável existentes. 

Assim, se a sua empresa tiver feito uma conta no mês de agosto para ser paga somente em outubro, o registro dos eventos, ou contábil, será feito em agosto, mês veiculado à competência. 

Desse modo, o regime pode ser classificado como um registro que, independentemente de quando o pagamento da despesa foi feita, o que vale mesmo é o ato da transação. 

Tal ferramenta permite que você tenha todas as transações financeiras registradas adequadamente como competência contabilidade no arquivo, podendo gerar um relatório sobre todas as informações financeiras da empresa. 

E esse relatório financeiro acaba sendo importantíssimo para qualquer empreendimento, uma vez que mostra a previsão dos custos e o que é preciso fazer para que a receita seja alcançada. 

A diferença entre regime de competência e caixa

O regime competência normalmente é confundido com o de caixa que, por sua vez, tem como função registrar os documentos na data do pagamento, algo semelhante às atividades de uma instituição bancária. 

No entanto, há uma diferença pela qual devemos citar quando falamos sobre competência contabilidade. 

O regime, como bem vimos acima, tem como parâmetro a data da compra de um material ou a realização de um serviço, por exemplo. 

Já o regime de caixa visa informar a entrada e a saída de dinheiro dentro do caixa da empresa. 

Por que utilizar regime de competência?

Um homem anotando informações em um caderno.

A principal vantagem do regime é conseguir visualizar com clareza como anda a parte financeira do seu negócio. 

Além disso, o regime de competência contabilidade permite que você saiba se o modelo de negócios seguido por você faz realmente sentido ou não. 

Desse modo, essa ferramenta faz uma avaliação se vale ou não à pena continuar a produção de produtos e realizando serviços.

Afinal, tanto o regime de competência e caixa garantem se você se está tendo os lucros para pagar toda a despesa fixa e variável.

Aliás, ambos os regimes podem se complementar para potencializar os resultados das suas ações. 

As divisões do regime competência

O regime possui duas divisões, das quais são fáceis de serem entendidas: 

  1. Registro das receitas: normalmente, esse tipo de registro é feito de acordo com o período das transações realizadas com outras empresas e clientes, mesmo se o pagamento tenha sido efetivado na data estipulada ou posterior. Nesse caso, a receita é reconhecida no dia em que o contrato foi assinado; 
  2. Registro de despesa fixa e variável: a despesa fixa simboliza aquelas contas que você obrigatoriamente terá que pagar, independentemente se houver receita ou não na sua empresa, enquanto a despesa variável são aquelas que surgem de acordo com a produção de um produto ou serviço. Essas despesas são registrar a partir do momento em que os valores ativos passam a deixar de existir. 

Tendo clara a divisão do regime, fica mais fácil aplicar em seu negócio. 

Seja um mestre: aplique o regime de competência contabilidade no seu negócio!

Neste conteúdo você descobriu o que é o regime e como essa ferramenta é um importante indicador no que diz respeito às finanças da sua organização. 

Além disso, você viu que o regime de competência e caixa tem a sua diferença: enquanto o primeiro trata da data da compra de um produto ou realização do serviço, o segundo visa o período do qual o dinheiro entrou ou saiu do caixa. 

Tanto um quanto outro são importantes para que negócios comecem a organizar melhor as despesas, especialmente aquelas fixas e variáveis

Para saber um pouco mais sobre o que trata o regime, não perca por nada os próximos conteúdos sobre contabilidade!

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *