Saiba como o cálculo da lucratividade da sua empresa deve ser feito

//Saiba como o cálculo da lucratividade da sua empresa deve ser feito

Por: . Publicado: 24 de abril de 2019 | Atualizado: 24 de abril de 2019.

Cálculo da lucratividade, gestão financeira, indicadores do negócio, empresa, lucro, rentabilidade, lucro líquido

“A minha empresa é lucrativa?”

Você já se perguntou isso? Se ainda não, é bom realizar este tipo de questionamento constantemente.

Conhecer e saber realizar os cálculos dos indicadores do negócio é essencial para a gestão financeira, isso inclui o cálculo da lucratividade.

Nós sabemos que manter um negócio não é uma tarefa fácil, não é mesmo?

Quando um empreendedor está abrindo a sua empresa ele deve elaborar o plano de negócio, aperfeiçoar o produto, abrir as portas e começar as atividades com tudo.

Mas como ele vai medir o ganho disso tudo que ele fez?

O que é necessário nessa hora é saber minuciosamente tudo que se passa dentro do seu empreendimento.

É hora de calcular.

O que é o cálculo da lucratividade?

Para falarmos sobre este conceito, precisamos explorar outros termos que estão conectados a ele.

Você sabe a real diferença entre lucratividade, lucro e rentabilidade?

Apesar de parecerem a mesma coisa, são três palavras de significados diferentes.

Lucro

Você sabe mesmo o que é lucro?

Ele é o resultado do cálculo das vendas após deduzir todos os custos e despesas, ou seja, é o valor absoluto que você gerou.

Lucro bruto x lucro líquido

Podemos chamar também de lucro líquido porque se trata de tudo o que sobra sem a incidência futura de taxas, custos ou despesas.

Por que o lucro bruto não é lucro?

O lucro bruto ainda não é o lucro final.

Isso porque não houve a retirada no cálculo ainda de custos operacionais.

Rentabilidade

Assim como o indicador de lucratividade, o índice de rentabilidade se baseia no lucro líquido.

Porém, a diferença entre eles é que a rentabilidade serve para medir o retorno que um investimento pode proporcionar ao negócio.

Veja a fórmula do cálculo de rentabilidade:

Rentabilidade = (lucro líquido/investimento) x 100

Lucratividade

“A lucratividade é um indicador de eficiência operacional obtido sob a forma de valor percentual, que indica o ganho que a empresa consegue gerar sobre o trabalho que desenvolve.” Fonte: Sebrae

A lucratividade é um indicador econômico muito importante para o gerenciamento econômico do seu negócio.

Este índice equivale a tudo aquilo que se obtém com as vendas, com a dedução dos custos, cobranças e despesas em geral.

Fórmula para calcular a lucratividade

Lucratividade = (Lucro Líquido / Receita Total) x 100

Simples, não é? Mas para ficar ainda mais claro vamos dar um exemplo, na prática.

Vamos supor:

A receita total de uma empresa é de R$ 100 mil reais.

O lucro líquido é de R$ 12 mil reais:

Lucratividade = (R$ 12.000,00 / R$ 100.000,00) x 100

Lucratividade = 0,12 x 100

Lucratividade = 12%

O resultado é indicado sempre de forma percentual.

Quanto maior a lucratividade, melhor

Prontinho!

Os cálculos você já sabe.

Agora vamos pensar na lucratividade na prática na sua empresa?

Há algo afetando a lucratividade do seu negócio?

Há muitos fatores que podem afetar a lucratividade dos empreendimentos. Por isso, dedique uma grande atenção em uma boa gestão financeira.

Só assim é possível minimizar os impactos no lucro.

Veja abaixo os fatores que podem indicar quando a lucratividade está sendo afetada.

10 fatores que afetam a lucratividade

  1. Ausência de controle financeiro;
  2. Falta de ferramentas adequadas;
  3. Diminuição nas vendas;
  4. Equipe despreparada;
  5. Despesas financeiras em crescimento;
  6. Produtividade baixa;
  7. Estoque com giro lento;
  8. Gastos fixos aumentando constantemente;
  9. Crescentes perdas com inadimplência;
  10. Investimentos em produtos com baixo índice de procura.

Qual a importância do cálculo da lucratividade para sua empresa?

Você precisa saber se o seu negócio está justificando ou não as atividades realizadas.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Sebrae-SP sobre mortalidade dos negócios, 27% das empresas paulistas fecham as portas com menos de um ano de atividade e apenas 42% das empresas sobrevivem após cinco anos de atividades.

Ao analisar os motivos alegados pelos empresários para o fechamento do negócio, podemos ver o destaque para a falta de clientes (18%), a falta de capital (10%), os problemas de planejamento e administração (10%), a perda do cliente único (9%), problemas com sócios (8%), custos elevados (7%), problemas particulares (7%) e falta de lucro (7%).

Trocando em miúdos:

As vendas estão sendo suficientes para pagar custos, despesas, entre outros, e ainda gerar lucro?

A lucratividade se trata de um indicador indispensável para o monitoramento dos resultados de qualquer empresa, seja de pequeno ou grande porte, e-commerce ou loja física e  independentemente do segmento.

Com este cálculo, tenha uma visão ampla do cenário e panorama financeiro e, verifique se é preciso desenvolver ações para otimizar os processos.

Melhore a lucratividade da sua empresa

Faça o controle financeiro. A estruturação das atividades relacionadas a parte financeira da sua empresa é de extrema importância. Geralmente é realizada a partir de relatórios financeiros, contendo fluxo de caixa, informações sobre situação de estoque, entre outros dados.

A tomada de decisões se torna mais assertiva com esses relatórios gerenciais em mãos. A gestão do capital de giro deve ser acompanhada deste monitoramento constante.

A conciliação de cartões faz parte também deste quesito. É nela que todas as vendas com cartão são conferidas desde a aprovação na maquininha até recebimento em conta.

Melhore também a qualidade do seu produto ou serviço. Um empresário deve garantir o sucesso do que ele vende. O resultado é o aumento da confiabilidade do consumidor possibilitando assim o aumento das vendas e a divulgação boca a boca.

Treine sua equipe. Não pense que depois de criar um bom produto você está garantido. Sua criação depende de diversos fatores e um deles é uma equipe treinada e especializada.

Consequentemente você garante a qualidade dos seus serviços e atendimento.

Que tal começar a promover a melhoria da rentabilidade e lucratividade do seu negócio?

O cálculo da rentabilidade é só uma das formas de fazer isso.

Então, fique de olho nas nossas redes sociais (@Conciliadora). Você vai ver que é possível aprimorar ainda mais a sua gestão financeira.

Acesse também  www.conciliadora.com.br e fique por dentro dos nossos conteúdos.

2019-04-24T17:46:42+00:00

Faça um Comentário