8 erros que você pode estar cometendo ao iniciar sua estratégia de Marketing Digital

 

Ao iniciar uma estratégia de Marketing Digital existem muitos fatores que devem ser estudados, adaptados e testados.

 

Uma ocorrência muito comum entre as empresas que estão começando a investir em estratégias de marketing digital são os erros cometidos. O ruim é que, se você está cometendo erros, é muito mais difícil prever, medir e aumentar constantemente o volume de tráfego e da geração de oportunidades de negócio no seu site.

 

estratégia de marketing digital

 

Dessa forma, não é possível determinar o retorno sobre investimento – ROI (tempo e dinheiro investidos) em marketing na internet.

 

Independente de qual seja o seu negócio, você deve estar no controle de como os recursos estão sendo usados. Se você está cometendo erros, então o controle assertivo não está sendo realizado. Mas, ainda pode dar tempo de corrigir os equívocos e investir em estratégias eficientes para o seu negócio.

 

Confira aqui erros que você pode cometer ao iniciar sua estratégia de marketing digital:

 


 

Possíveis erros em uma estratégia de Marketing Digital

 

1) Você não fez pesquisas de palavras-chave para sua estratégia de marketing digital

 

As pessoas não irão encontrar a sua empresa se você não otimizar o seu site com as palavras-chave que seu público-alvo utiliza ao pesquisar no Google.

 

É muito importante que você identifique quais são as palavras-chave (termos que resumem a ideia central do conteúdo) de maior relevância na internet, ou seja, que possuem um bom volume de buscas e são relativamente fáceis de alcançar boa classificação nas ferramentas de busca.

 

O monitoramento do seu ranking atual de cada palavra-chave, a quantidade de tráfego que estão recebendo e qual a proporção de conversões que essas palavras têm gerado também são fatores que não devem ser esquecidos.

 

Um processo de investigação regular e rigoroso de palavras-chave pode ter um impacto positivo diretamente ligado ao aumento de vendas.


 

2) Você não definiu quem é o seu público-alvo

 

A estratégia de marketing digital deve ser baseada na definição do seu público-alvo. Qual é o perfil do seu cliente ideal, o qual busca pelo seu produto ou serviço? Se você ainda não fez essa definição, é importante que faça imediatamente!

 

Afinal, não adianta ter um produto excelente, se a área de marketing de sua empresa está tentando alcançar as pessoas erradas.

 

Quando uma empresa não tem um público-alvo bem definido, o custo de aquisição se torna muito mais alto, o time de vendas possui maior dificuldade em fechar negócios e, possivelmente, vão existir muitas desistências por conta de vendas feitas para um público que não é foco.

 

Mas o que é persona, afinal? De maneira simples e rápida, persona consiste basicamente na definição do cliente ideal da sua empresa, com todas as principais características dos compradores.

 

Definir personas é um dos passos mais importantes para que seu time de marketing fale com um público que realmente se interessa pelo seu negócio e para seu time de vendas receber oportunidades reais de lucro para a sua empresa.


 

3) Você não produz conteúdo

 

O conteúdo é o combustível do Marketing. Para atrair novos usuários e gerar novos leads é preciso de bons conteúdos que consigam guiar esses visitantes até suas ofertas.

 

Se a sua empresa não produz conteúdo, é bem possível que esteja perdendo grandes oportunidades de negócio.

 

São vários os motivos para desenvolver conteúdo. Por exemplo:

 

  • Conteúdo serve como nutrição para usuários das mídias sociais;
  • Conteúdo relevante gera links, a premissa de qualquer trabalho em SEO;
  • Só a produção de conteúdo próprio faz sua empresa se tornar uma referência.

 

A produção de conteúdo é um dos fatores mais importantes de uma estratégia de marketing digital. É esse método que vai fazer com que sua empresa tenha uma maior relevância dentro dos mecanismos de busca, tornando-se referência no mercado em que atua e conseguindo manter um relacionamento com sua audiência em todas as etapas da jornada de compra.

 

Com certeza, este é um fator decisivo na tomada de decisão e uma grande influência para o momento da compra.


 

4) Você não está gerando leads qualificados

 

Não confunda o número de visitas diárias com o número de leads. Muitas empresas criam um site, páginas nas redes sociais, investem em conteúdo, SEO, links patrocinados, no entanto, nada vai funcionar se o seu site não gerar oportunidades de negócio, isto é, potenciais clientes.

 

Atualmente, não é mais papel do vendedor controlar todo o processo de vendas. Hoje, esse processo começa na área de marketing, pois grande parte da decisão de compra é feita antes mesmo de se fazer contato com a empresa.

 

Portanto, o site da empresa deve funcionar como um vendedor, especialmente em produtos de venda mais complexas (como prestadores de serviço, por exemplo).

 

Nesses casos, o cliente costuma pesquisar e estudar antes a real necessidade da solução, os benefícios que poderá ter, quanto de energia seria necessário aplicar para obter bons resultados, entre outros fatores.

 

Se não houver uma geração de leads eficaz, a sua empresa não consegue as informações de contato necessárias para fazer uma ligação e também não consegue manter um relacionamento com esses potenciais clientes.

 

como-maximizar-os-resultados-da-sua-industria


 

5) Você não estimula a ação do consumidor e seu engajamento

 

Este é um erro que acontece muito. As chamadas e ofertas raramente estão presentes nos sites, assim como as páginas de conversão. O que a maioria das pessoas fazem é colocar um botão “fale conosco” em sua navegação e esperar.

 

As pessoas não vão ter o interesse de fazer um contato a menos que tenham percebido que você pode realmente ajudá-las a resolver seus problemas ou que você tenha um produto de que necessitam.

 

Suas ofertas devem ser relevantes para os desafios que os seus clientes potenciais enfrentam.

 

Ofertas educativas costumam funcionar muito. Elas oferecem aos visitantes o que eles estão procurando e ainda permitem que você classifique potenciais clientes e capture suas informações de contato para continuar a engaja-los a partir de suas informações passadas.


 

6) Você está comprando listas de e-mails

 

A compra de listas de e-mails é um dos maiores erros de uma estratégia de marketing digital. Essa prática pode ser bastante nociva para a sua empresa.

 

Em primeiro lugar, quando você compra uma lista de e-mail, as pessoas que estão nessa lista não conhecem e nunca demonstraram interesse real em sua empresa e seus produtos.

 

Portanto, qualquer mensagem não autorizada é vista como um incômodo ou uma interrupção.

 

Por esse motivo é comum que os usuários comecem a marcar sua mensagem como spam, o que é bastante prejudicial, pois suas próximas campanhas de e-mail marketing não terão nenhuma eficiência pois irão cair direto na caixa de spam.

 

É importante que a campanha seja feita para potenciais clientes que realmente estejam interessados de alguma forma em seus produtos. Vale então ressaltar a importância de você conhecer seu público-alvo, sua persona, ao invés de simplesmente comprar uma lista de e-mails que não é segmentada para o seu negócio e pode gerar resultados negativos para você.


 

7) Você está deixando métricas de lado, ao invés de fazer um acompanhamento preciso

 

Como qualquer outra área, estratégia e ação, marketing na internet exige melhoria ao longo do tempo e uma boa análise é essencial para identificar os pontos que devem ser ajustados.

 

O erro que a maioria das pessoas cometem, no entanto, é focar nas métricas erradas.

 

É importante determinar exatamente quais fontes de tráfego (por exemplo: palavras-chave, e-mail, links, redes sociais e etc.) estão atraindo os visitantes que efetivamente realizam uma conversão.

 

Outros itens, como o número de pageviews, número de visitantes ou tempo médio no site podem ser irrelevantes se você não está convertendo os visitantes em clientes pagantes.


 

8) Você está medindo seus resultado com “métricas de vaidade”

 

como melhorar a produtividade

 

As pessoas costumam se impressionar bastante com alguns números como pageviews, seguidores nas redes sociais, curtidas de um post e assim por diante. No entanto essas métricas não possuem um impacto real em seu negócio.

 

Os números citados podem ser importantes para a popularidade de sua empresa, o conhecimento sobre o engajamento que está obtendo e outros dados, por exemplo, mas falta um ponto essencial, que é o quanto isso contribui para as suas vendas.

 

Por isso são chamadas de “métricas de vaidade”, pois não indicam como a estratégia de marketing digital contribui de fato para a geração de oportunidades de negócio.

 

O que realmente deve ser medido são as métricas que ajudam a ter um panorama real do quanto o marketing digital tem ajudado sua empresa. Como por exemplo:

 

  • Número de visitantes únicos;
  • Número de leads gerados;
  • Número de clientes conquistados.


 

Aprenda com os erros!

 

Toda empresa que está iniciando uma estratégia de marketing digital está sujeita a erros e esses erros são normais. Eles não devem ser encarados como uma possibilidade de melhoria.

 

Dica final: Inicie a metodologia dando os passos certos, assim como informamos ao longo do artigo. Dessa forma, sua empresa poderá caminhar rumo ao sucesso, além de se manter sempre atualizada com as tendências vindas das estratégias de marketing digital.

 

como-maximizar-os-resultados-da-sua-industria

 

Entendeu quais erros podem estar acontecendo na sua estratégia de marketing digital? Compartilhe com seus contatos para que cada vez mais pessoas saibam utilizar essas técnicas de forma eficaz.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *