Conheça 5 passos para a execução de um bom gerenciamento de riscos

with Nenhum comentário

Todo empresário precisa saber quais são os possíveis riscos financeiros para assim fazer um bom planejamento.

Um ponto importante é que a criação da cultura de gerenciamento de riscos em qualquer empreendimento envolve desde o presidente ao operário. Todos devem estar ligados com uma comunicação sólida.

Mas afinal, você sabe mesmo o que uma gerenciamento de riscos?

Significado de risco: “probabilidade de insucesso de determinado empreendimento, em função de acontecimento eventual, incerto, cuja ocorrência não depende exclusivamente da vontade dos interessados.”

Gerenciar riscos é analisar e saber adotar medidas que previnam ou eliminem tais riscos. Com isso, sua empresa também deve identificar oportunidades que possam gerar valor.

Para ajudar a entender, o Gerenciamento de Riscos é um processo que tem o objetivo de:

  • identificar;
  • analisar;
  • responder;
  • e controlar os riscos.

O Brasil ainda precisa avançar muito na cultura da Gestão de Riscos

A KPMG, uma das maiores empresas de prestação de serviços profissionais, consultou 204 respondentes de diferentes segmentos no Brasil para avaliar o grau de maturidade do processo de Gestão de Riscos.

Entre eles, serviços financeiros, saúde, agronegócio, varejo, energia, saneamento, construção civil e diversos outros.

O estudo foi realizado entre novembro e dezembro de 2017 e deu origem à primeira edição da Pesquisa Maturidade do Processo de Gestão de Riscos no Brasil.

O resultado do levantamento:

  • por um lado, tem aumentado a consciência das empresas sobre a importância de trabalhar esse aspecto da gestão (44% dos respondentes disseram que seu processo foi estabelecido nos últimos três anos);
  • mas os processos, em si, ainda estão aquém  do nível intermediário: 56% das empresas apresentam nível de maturidade em Gestão de Riscos abaixo da classificação considerada madura (sendo 29% no nível fraco e 27% no sustentável), 40% estão no nível maduro, 2% no integrado e apenas 2% no avançado.

Então, previna-se!

Evite surpresas na sua empresa.

Como fazer?

Faça reuniões e discuta sempre os riscos pessoais, operacionais, financeiros e reputacionais sem deixar nenhuma área de fora.

Ao começar a idealizar um plano de gerenciamento de riscos, siga estes 5 passos:

#Passo 1 – Identificação dos riscos

Este primeiro passo mostra que devemos determinar os riscos que podem afetar qualquer projeto ou ação e ficar atento às suas características.

Isso deve ser feito depois que você já definiu qual será o projeto. A partir de então seu planejamento ficará mais completo.

Para lançar um produto, por exemplo. Caso isso seja feito sem conhecer e analisar minuciosamente os riscos deste lançamento, sua marca pode ficar no prejuízo.

No mercado, podemos observar diversos casos em que isso aconteceu e deixou muitos empreendedores sem chão.

#Passo 2 – Definições de probabilidade

Após definir todos os riscos possíveis, chegou a hora de compreender cada atividade que será empreendida. Esta análise deve ser feita para saber o grau de importância de cada risco.

Consequentemente, a sua probabilidade para que ele se concretize.

#Passo 3 – Seu provável impacto

Nesta etapa é necessário calcular com precisão quais os potenciais impactos e efeitos que os riscos identificados têm sobre a sua empresa.

Pense neste exemplo, você quer mudar sua empresa de local.

Existe o risco de não adaptação dos funcionários? Então, procure responder: qual a probabilidade de que isso aconteça? E se acontecer, que tipo de dano ela fará?

#Passo 4 – Gestão de resposta

Chegou a hora de lidar frente a frente com o risco. Priorize aqueles com maior impacto e maior probabilidade de acontecer.

Treine a sua equipe para que ela elabore uma série de soluções devem específicas, claras e baseadas em fatos.

#Passo 5 – Monitoramento

Este passo é tão importante quanto a identificação.

Você deve acompanhar como os riscos estão se comportando.

Como?

Abuse de algumas ferramentas, como os relatórios. Coloque todos os dados neles, entradas, saídas, divergências, dê destaque à mudanças e analise.

Há também controles sistematizados, indicadores de desempenho e mecanismos de controle.

Faça o controle financeiro constantemente

O controle financeiro é a estruturação das atividades relacionadas a parte financeira da sua empresa, geralmente é dado por relatórios financeiros, contendo fluxo de caixa, informações sobre situação de estoque, entre outras informações.

Com esses relatórios gerenciais em mãos, a tomada de decisões é mais assertiva. Além de serem fundamentais para o dia a dia da empresa, o controle financeiro é também o primeiro passo para o gerenciamento de riscos.

Veja outros benefícios de um bom gerenciamento de riscos

  • Evitar prejuízos financeiros;
  • Realizar planejamentos mais assertivos;
  • Chegar mais perto dos seus objetivos;
  • Estimular uma gestão proativa;
  • Ter mais segurança na realização de novos projetos;
  • Estar preparado para lidar com os pontos negativos sem ser pego de surpresa;
  • Conseguir identificar melhor as oportunidades e ameaças;
  • Estabelecer uma base confiável para a tomada de decisão e o planejamento.

O perfil e a função do Gestor de Riscos

As altas taxas altas de desemprego vão rondando o Brasil ao longo dos anos.

Mas em meio a este cenário e a diversos profissionais especializados, surgem novas oportunidades.

Além de procurar um perfil profissional de seus gestores de riscos no campo da segurança do trabalho, prevenção de perdas e acidentes, entre outros, as organizações devem buscar profissionais especializados em análises de probabilidades de riscos.

A certificação de acordo com a norma ISO 31000 é um instrumento básico e serve como um padrão mínimo.

Gostou? O mundo dos negócios se transforma todos os dias.

Mantenha-se atualizado.

Para ajudar em todos os gerenciamentos da sua empresa, não se esqueça de deixar a conciliação de cartões em dia.

Para mais informações, acesse www.conciliadora.com.br

  • Equipe Conciliadora
Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *