Saiba como não ser vítima da falta de mão de obra qualificada e contrate os melhores profissionais

/, Marketing/Saiba como não ser vítima da falta de mão de obra qualificada e contrate os melhores profissionais

Por: . Publicado: 22 de setembro de 2016 | Atualizado: 27 de setembro de 2018.

A falta de mão obra qualificada é um problema de muitas empresas, fazendo com que a indústria como um todo sofra sérias consequências. Para fugir disso é necessário investir em profissionais capacitados e em treinamentos eficientes. Saiba como!

mao-obra

Mão de obra capacitada é essencial na hora de garantir o sucesso de qualquer empresa, afinal seus colaboradores são os responsáveis por conduzir seu negócio ao caminho certo..

Portanto, quanto mais qualificada for sua equipe, mais chances você terá de saber como destacar sua empresa no mercado.

Porém, para atingir esse objetivo, é necessário colocar em prática alguns métodos com o objetivo de melhorar a qualidade dos funcionários da sua empresa.

Uma boa forma de fazer isso é realizando processos seletivos eficientes, exigindo profissionais com formações em instituições qualificadas.

Isso porque quanto mais capacitado for seu colaborador, menos tempo de adaptação ele necessitará.

Além disso, também é preciso focar em treinamentos eficientes e muitas outras práticas para evitar a falta mão-de-obra qualificada, como iremos te mostrar neste conteúdo.

Confira os tópicos abordados:

Procure mão-de-obra qualificada

Boas escolas de engenharia, administração e economia não são renomadas à toa e são fontes naturais de profissionais ligados a atividades de planejamento e gestão.

Entenda se essas instituições contam com programas e convênios com empresas e como você pode se candidatar ao recrutamento.

Já na hora de selecionar os profissionais responsáveis pela produção e por trabalhos menos complexos, exija cursos técnicos direcionados às suas áreas específicas.

Porém, mesmo buscando profissionais formados em escolas renomadas, você ainda possui 50% de chances de acertar na contratação, pois mesmo que eles tenham recebido bastante conhecimento teórico, não significa que eles serão eficientes na prática.

Portanto, é fundamental segmentar cada vez mais o seu processo seletivo, como veremos no próximo tópico.

Aprenda a encontrar os melhores profissionais

mao-obra-contrate

A redução de custos é um fator importante para as empresas na hora de melhorar sua mão de obra.

Uma alternativa para diminuir esses gastos é garimpar melhor, estruturando o seu processo seletivo em filtros sequenciais.

O primeiro filtro pode ser a entrevista e o segundo um teste de conhecimentos aplicáveis aos cargos.

Além disso, não esqueça de buscar referências com os antigos empregadores do candidato.

O próprio Google possui um dos processos seletivos mais longos atualmente:

São 4 conversas para tratar de padrões de comportamento relacionados ao trabalho, envolvendo áreas diferentes, incluindo o gestor, e como último passo um dossiê é elaborado para um comitê responsável por decidir a contratação.

Tudo isso é feito com a intenção de evitar influência de opiniões geradas por relacionamentos, em vez de fatos e dados.

Ao realizar essa busca por mão de obra com eficiência, é possível encontrar pessoas que por qualquer motivo não se qualificaram em escolas de ponta

Porém, com este aproveitamento exemplar durante o ensino, tornam-se profissionais competentes.

Por isso, toda informação é válida para conhecer a real capacidade do seu futuro colaborador.

Isso porque acertar na contratação é o primeiro e o mais importante passo na hora de sanar problemas derivados da falta de mão de obra qualificada.

Invista na terceirização

Nem todos os cargos exigem formação especializada.

Para estes, é possível contratar os serviços de agências focadas em mão de obra generalista ou até terceirizar com empresas prestadoras de serviços de segurança, faxina, transportes e outros.

Ao optar pela terceirização, além de garantir a qualidade do serviço dos profissionais que oferece, você consegue facilitar o dia a dia da sua empresa, caso estes colaboradores precisem ser substituídos.

Além disso, é possível evitar que sua empresa tenha custos vindos de demissão ou licença, com o transtorno de uma ausência em uma função auxiliar e com a seleção de substitutos.

Por esse motivo, a terceirização de mão de obra tem papel fundamental na hora de otimizar os custos com colaboradores e manter a qualidade dos serviços prestados.

Entenda as diferenças entre CLT e PJ

Em determinados momentos, como no aumento de demanda por conta de um imprevisto, muitos empreendedores ficam na dúvida por qual regime escolher: CLT ou PJ.

Por isso, é importante esclarecer e analisar alguns pontos antes de optar por algum desses dois modelos de contratação.

O CLT (consolidação das leis do trabalho) possui alto custo para o empregador por conta dos impostos cobrados, além do próprio salário do funcionário.

Por outro lado, esse regime de contratação possui como principal vantagem a estabilidade na relação do colaborador com a empresa, gerando mais confiança e comprometimento.

Portanto, é preciso pensar em quais são as necessidades da empresa em relação ao colaborador, pois se houver uma intenção de parceria a longo prazo, o regime CLT é a melhor opção.

Outro ponto importante nesse tipo de contratação é o fato de que funcionários muito caros geram custos absurdos a empresa, ainda mais se não performarem e forem demitidos.

O mais recomendado é começar com um salário um pouco mais baixo e, de acordo com a evolução profissional, recompensar esse funcionário com um aumento de salário.

O contrato dos PJs (pessoas jurídicas) possui apenas definições de horários e jornada de trabalho, sem benefícios adicionais, como férias remunerada, FGTS, horas extras entre outros.

Dependendo do acordo feito entre colaborador e empresa, a economia pode superar os 50%, se tornando ideal para trabalhos específicos e de curto prazo.

Para entender como resolver a falta de mão de obra qualificada, é necessário analisar quais são as reais necessidades da empresa e adequar seus colaboradores a elas.

Capacite o seu time

É impossível resolver o problema da falta de mão de obra qualificada sem realizar treinamentos periódicos.

Uma grande vantagem dessa prática é que, ao mesmo tempo em que você investe nos profissionais, a empresa ganha em capacitação.

Nas instituições SENAI e SENAC, por exemplo, existem cursos livres e gratuitos: a empresa pode levantar as necessidades mais urgentes, checar quais assuntos são mais interessantes e eleger quais profissionais irão fazer.

Outra opção é criar treinamentos internos, pedindo auxílio de um colaborador especializado em algum tema ou assunto, para que este ministre pequenas palestras ou elabore cursos para outros funcionários interessados.

Isso move a sua equipe e a deixa motivada, pois sua empresa demonstra estar preocupada com o desempenho e desenvolvimento profissional de seus funcionários.

Lidere o seu segmento

mao-obra-lideranca

Depois de formar um time de funcionários vencedor, junte as cabeças pensantes de vendas, marketing e produção para planejar uma estratégia capaz de levar sua empresa ao sucesso.

O marketing lhe trará o que o mercado deseja ou aponta como desejável.

Enquanto isso, a área de vendas cruzará esses dados com o que os clientes aspiram e a produção lhe dirá o que é possível fazer com os recursos existentes.

Com uma equipe capacitada, resta à você gerenciá-la de forma efetiva para alinhar toda a sua equipe.

Porém, é preciso sempre buscar por formas e métodos de como resolver falta de mão de obra qualificada.

Isso porque novas estratégias de gestão de pessoas estão sempre surgindo.

Supere a falta de mão de obra qualificada e cresça no mercado!

A falta de mão de obra qualificada interfere diretamente no rendimento empresarial.

O tempo, dinheiro e energia investida em um funcionário desalinhado gera muitos custos, além de minar a sua produção.

Invista na contratação, dificulte as etapas do seu processo seletivo, busque por referência e realize testes práticos. Os ganhos serão enormes e você evitará grandes dores de cabeça.

Além disso, tente escolher o regime de contratação mais adequado a cada cargo, optando também pela terceirização de mão de obra quando for necessária.

Junto a essas ações, lembre-se de melhorar sua mão de obra por meio de treinamentos e faça com que sua equipe te traga os resultados mais eficientes.

Dessa forma, você conseguirá superar a concorrência, ser referência em seu mercado de atuação e levar sua empresa a patamares elevados.

E aí, gostou do conteúdo?

Então continue em nosso blog e confira outros para materiais úteis para te ajudar a descobrir como melhorar a gestão de uma empresa!

2018-09-27T17:29:47+00:00

Faça um Comentário