As melhores estratégias de Marketing 4.0 que podem ser aplicadas em sua indústria

//As melhores estratégias de Marketing 4.0 que podem ser aplicadas em sua indústria

Por: . Publicado: 10 de outubro de 2018 | Atualizado: 10 de outubro de 2018.

O Marketing 4.0 traz, como principal característica, o acesso simples e rápido a milhares de informações por meio da internet. A evolução das redes sociais e dos mecanismos de busca são alguns dos responsáveis por essa mudança. Saiba como fazer parte dela!

marketing-4.0

O Marketing 4.0 é consequência de diversos processos tecnológicos que fizeram com que o consumidor mudasse a forma de encontrar e comprar produtos e serviços.

Para lidar com esse novo momento, sua indústria deve planejar ações dinâmicas e baseadas no comportamento dos consumidores.

Isso exige muito planejamento, além de um estudo analítico para escolher os melhores canais virtuais.

Mas como fazer tudo isso? E o que é, na prática, o Marketing 4.0?

Calma, pois produzimos um conteúdo exclusivo sobre o tema e te ajudaremos a fazer com que sua indústria seja protagonista nesse novo momento do marketing!

Confira os tópicos abordados:

O que é Marketing 4.0?

O termo Marketing 4.0 foi criado pelo professor americano Philip Kotler, autor do livro homônimo que trata da evolução dos meios digitais e da influência que isso teve na forma das pessoas fazerem negócios.

Mas o que é, exatamente, o Marketing 4.0?

Nas palavras do próprio Philip Kotler, trata-se da revolução digital e de uma nova forma de atrair consumidores centrada nas mídias on-line, como redes sociais, marketplaces e blogs.

Isso não significa que as pessoas deixarão de investir nas mídias tradicionais, como rádio, televisão e jornais, mas elas deverão saber conciliar essas duas formas de fazer marketing.

Em resumo, o Marketing 4.0 consiste no desafio que as empresas deverão enfrentar para gerar envolvimento com o público.

Isso ocorre por conta da facilidade que o consumidor tem hoje para encontrar qualquer coisa na internet.

Com isso, torna-se necessário adaptar-se ao perfil e às preferências dos clientes, e não impor a eles seus produtos e sua forma de atender.

Ou seja, o Marketing 4.0 é um conceito baseado na ideia de que, graças a evolução tecnológica, o poder de moldar o mercado foi passado das empresas para o consumidor.

Um exemplo disso é a ausência de intermediários em diversos processos de compras, principalmente os relacionados a serviços.

Empresas como o AirBNB, por exemplo, deixam quase todo o processo de compra e venda de serviços nas mãos dos próprios usuários.

Isso faz com que o marketing seja mais horizontal, ou seja, assim como a empresa, o cliente também fornece informações importantes, estabelecendo um processo de cocriação de produtos.

Outros fatores que contribuíram para a teoria de Philip Kotler são a popularização das redes sociais e a presença massiva do Google.

Isso fez com que diversas barreiras entre empresas e consumidores fossem quebradas, exigindo um contato mais interativo e igualitário entre eles.

Evolução do marketing

Antes de irmos para os próximos tópicos e te dar dicas de como se adequar a essas transformações, vamos falar um pouco sobre as outras fases do marketing. Confira:

Marketing 1.0

Nasceu com a revolução industrial e era conhecido como “Marketing de Produto”, pois era extremamente focado em oferecer apenas a mercadoria, sem proporcionar nenhuma experiência adicional.

Além disso, no Marketing 1.0 a concorrência era praticamente inexistente e o mercado consumidor ainda estava nascendo.

Marketing 2.0

Essa fase veio junto com a Era da Informação, na qual as pessoas já podiam comparar empresas e produtos por meio de aparelhos como a televisão.

Ou seja, com o Marketing 2.0 surgiu a necessidade das empresas pensarem, também, nas preferências do consumidor.

Com isso, nascia a concorrência e a ciência do consumo.

Marketing 3.0

Já no começo do século XXI, as empresas começaram a tratar seus consumidores de forma mais humana, levando em conta suas emoções, objetivos e valores.

O Marketing 3.0 fez com que as marcas parassem de simplesmente vender “coisas”, para oferecerem ideias e conceitos que fossem capazes de trazer realizações pessoais aos seus clientes.

Em geral, o foco dessa fase do marketing foi mostrar a humanidade das empresas, na tentativa de aproximá-las do público.

E aí, entendeu o caminho percorrido pelo marketing até chegar ao formato que temos hoje?

Que ótimo, pois agora iremos te ajudar a manter sua indústria atualizada nesse novo cenário!

Plataformas de compra digitais

A ideia de vender em uma plataforma 100% on-line não é nova e já faz alguns anos que muitas empresas investem nessa estratégia.

Porém, a ascensão dos marketplaces é recente e já domina diversos setores.

Tratam-se de verdadeiros shoppings virtuais em que diversas empresas podem anunciar seus produtos e serviços em um único local.

Essa estadia compartilhada de mercadorias oferece aos empreendedores uma forma mais simples e barata de comercializar suas mercadorias.

Além disso, muitas dessas plataformas são otimizadas para mecanismos de busca, fazendo com que suas páginas apareçam entre os principais resultados para pesquisas relacionadas a determinados produtos.

Ou seja, ao marcar presença em um marketplace, suas chances de ser encontrado pelos clientes aumentam.

Esse é um grande exemplo de aplicação do Marketing 4.0, pois mostra como as empresas precisam se adaptar aos clientes, e não o contrário.

Presença multicanal

marketing-4.0-multicanais

Como o próprio nome diz, o marketing multicanal diz respeito a saber usar os mais variados canais de comunicação que a internet oferece.

Entre esses canais, podemos inserir as plataformas de compra como os marketplaces, conforme já citamos, além de site corporativo, blog, redes sociais etc.

Isso significa marcar presença na maior quantidade de plataformas possíveis, estando onde o cliente estiver e oferecendo a informação que ele precisa.

Essa ação exige muito planejamento, estudo do perfil de seus clientes e produção de conteúdos específicos.

No seu site, por exemplo, você deve apresentar sua empresa, proporcionando um primeiro contato esclarecedor entre o consumidor e a sua marca.

Em seu blog você irá usar uma das grandes ferramentas do Marketing 4.0: o Marketing de Conteúdo.

Por lá, você pode oferecer materiais ricos em informações e que não sejam focados em seus produtos ou serviços, e sim em ajudar seu público a resolver determinado problema.

Já as redes sociais, você pode usar para estreitar o relacionamento com seu cliente, usando uma linguagem menos formal e mais descontraída.

Outros canais, como e-mail marketing e links patrocinados, também podem ser utilizados para estabelecer contato com seus clientes e dar visibilidade a sua indústria.

Monitoramento mais eficiente

O fluxo de informações rápido e constante do Marketing 4.0 exige que o monitoramento das ações de divulgação seja mais preciso e dinâmico.

Isso significa que, além de mensurar cada dado importante para sua empresa, você deve entendê-los e saber como eles influenciam em seu desempenho.

Quase todas as informações geradas podem ser enxergadas como relevantes e servir de base para seu plano de marketing.

Como principais exemplos, podemos usar o número de visualizações nas páginas do seu blog ou site, assim como curtidas, compartilhamentos e comentários em postagens nas redes sociais.

Esses dados precisam estar sempre atualizados e devem ser utilizados para moldar a forma como você se comunica com seu cliente.

Maior valorização do cliente

marketing-4.0-valorizar

Como pudemos ver até aqui, o Marketing 4.0 é marcado, principalmente, pelo poder que o consumidor adquiriu por conta das novas tecnologias disponíveis.

Isso significa que você tem que pensar cada vez mais na satisfação de seus clientes, se adaptando de acordo com suas preferências.

Não se trata mais de mostrar a eles a humanidade de sua empresa, e sim de agir de forma realmente humana, pensando primeiro em resolver os problemas do seu público e, só depois, em atingir lucro.

Com o grande número de concorrentes no mercado e com a facilidade para encontrar cada um deles, esse é o único jeito de fidelizar seus clientes.

Por isso, invista nas mídias digitais, mude o perfil da sua empresa e busque a satisfação de seus clientes acima de tudo.

Dessa forma, as transformações digitais não afetam sua indústria, e ainda te ajudam a se consolidar no mercado.

Curtiu as dicas? Então acesse também nosso conteúdo sobre como aumentar visitas no site da sua empresa e atraia cada vez mais clientes!

2018-10-10T10:48:17+00:00

Faça um Comentário