Presença Digital Exige Planejamento Estratégico

with Nenhum comentário

A facilidade de se produzir e divulgar conteúdo na internet nos dias de hoje, é uma conquista tecnológica que devemos comemorar. Mas nem sempre paramos para analisar quais caminhos são os mais interessantes para a presença digital de uma empresa.

Claro que sempre que uma marca investe em tempo ou dinheiro para aparecer mais o que queremos em troca é vendas!

Mas você já parou para analisar a importância de um planejamento estratégico para obter melhores resultados nas ações de Marketing Digital?

Confira abaixo alguns passos essenciais para se começar um bom plano de Inbound Marketing para sua empresa!

1- Revise sua filosofia

Mais do que ter um produto ou serviço que resolve a dor dos seus clientes. O que todos na empresa devem ser capaz de responder é:

  •         Por que você faz o que você faz?
  •         Por que a empresa foi fundada?
  •         Por que ela vende o que vende?
  •         Por que tem esse perfil de clientes?
  •         O que te motiva a ter/trabalhar nessa empresa?

Quando abordarmos a Revisão das Filosofias da Empresa, antes de estabelecermos as teorias (missão, visão, valores), conseguimos estruturar de forma muito mais coerente todo o processo para começarmos a rodar as estratégias de Marketing Digital..

O que também poderá ajudar inspirar diferentes ações na gestão, até chegar na operação, já que começamos a revisão dos pisos superiores aos operacionais, onde, na nossa experiência de mais de 10 anos no mercado,  geralmente os gargalos se encontram

2- Integre melhor os setores

Muitas empresas, sejam elas grandes, médias ou pequenas, ainda seguem estruturando seus organogramas seguindo modelos extremamente verticais, deixando departamentos trabalhando de forma independente.

As empresas devem começar, para ontem, a estruturarem seus departamentos, para que marketing, comercial e atendimento, caso existam de forma separadas, estejam perto e integrados. Trabalhando em REDE.

Um serve para alimentar o outro com informações extremamente valiosas.

3- Reputação x Imagem

Pensar nos ideais da empresa (clientes, contratos e lucros) podem ajudar a construir os objetivos, mas é preciso olhar para o presente e entender de forma clara e organizada qual a real percepção que a marca tem com seus clientes atuais.

Quais são as consequências de ter isso desalinhado?

Os valores e o propósito da empresa devem ser trabalhados com todo o time. A voz da sua equipe é a primeira quando você precisar entender como é a sua empresa “na vida real”.

Confira esse conteúdo no qual abordamos exatamente isso: Empresas com Crise de Personalidade

4- Benchmarking constante

Muito se engana quem acha que essa é uma análise de começo meio e fim, o Benchmarking deve ser um processo ongoing, todos nós, como gestores, líderes ou profissionais de excelência deveremos monitorar o que as empresas líderes do mercado estão fazendo para não ficarmos para trás e avançarmos em produtos, serviços e modelos que atendam às novas demandas do mercado!

O objetivo de se fazer Benchmarking é aplicar mudanças que levam a melhoria das empresas.

De nada vale fazer levantamento de dados, estruturar indicadores chaves e não aplicar o que foi identificado como solução para resolução de possíveis problemas, fraquezas e deficiências.

Caso você não saiba direito como aplicar essa técnica, acesse o nosso conteúdo: O que é Benchmark e como fazer?

5- Extraia o melhor da base de contatos

Em uma consultoria estratégica, a primeira coisa identificada é a falta de aproveitamento da base de contatos, que são essas leads geradas através de campanhas, ações específicas ou até mesmo recebidas de forma orgânica.

Muitas empresas ainda pensam que se a LEAD não virou OPORTUNIDADE e não comprou, ela é um CONTATO totalmente desqualificado. Mas antes é preciso trabalhar alguns processos, como:

  1. Ter um sistema bem estruturado de lead scoring;
  2. Definir quais são os indicadores de qualificação dessas leads;
  3. Estruturar os processos operacionais de nutrição de lead, sejam automatizado ou mesmo manual;

Ter uma presença digital sólida para a sua empresa é mais que publicações nas redes sociais, você pode aproveitar de maneira mais assertiva todas essas plataformas. Melhorando os relacionamentos com os clientes atuais e gerando mais oportunidades de vendas na internet!

Como anda o Planejamento Estratégicos das ações de Marketing Digital na sua empresa?

Conta sua história pra gente nos comentários!

Esse artigo foi escrito por Isabela Almeida, analista de Inbound Marketing da NTP Estratégias Digitais.

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *