Saiba quais são as 5 forças de Porter e como elas podem ajudar a sua indústria

with Nenhum comentário

Você conhece quais são as 5 forças de Porter? Não?! Pois saiba que está deixando de lado grandes aliadas para o sucesso do seu negócio. Pois só quem entende as particularidades do seu ramo consegue se destacar no mercado.

Conhecer o mercado é essencial para as indústrias que querem se destacar diante da concorrência e oferecer produtos ou serviços excelentes para os seus compradores. 

E para que você alcance o sucesso na sua área de atuação, é necessário investir em ferramentas e técnicas que fazem com que você conheça a concorrência.

As 5 forças competitivas de Porter exemplos fazem parte dessas técnicas. Elas fazem parte de um estudo criado na década de 70 por Michael Porter e que hoje guia as indústrias para criar estratégias assertivas.

Então, se você quiser saber mais sobre quais são as 5 forças de Porter para colocar a sua empresa no caminho do sucesso, confira os próximos tópicos!

O que são as 5 forças de Porter?

Mão feminina apontando quais são as 5 forças de porter enquanto mão masculina segura caneta prateada fazendo anotações em caderno.

Antes que você saiba quais são as 5 forças de Porter, vamos te apresentar a uma pessoa que foi fundamental para a sua criação: Michael Porter. 

Renomado professor de estratégia e competitividade da Harvard Business School, Porter ainda é fundador da Monitor Group, parte do grupo Deloitte.

Com tanta experiência, o profissional criou as cinco forças competitivas nos anos 70 com base na análise SWOT, a fim de avaliar o ambiente externo de um empreendimento. 

Tendo isso em mente, o seu diferencial é o estudo das forças que permeiam a capacidade de uma indústria para atender os seus clientes, a fim de obter o lucro desejado. 

Assim, as cinco forças competitivas de Porter se tornam a base para que execute todas as suas ações e tenha uma posição privilegiada em seu mercado de atuação. 

Vale ressaltar que as ideias por trás disso são voltadas para que as mesmas nunca mudem o padrão.

Caso isso ocorra, a marca precisa avaliar o posicionamento em que ela está no setor e adequar a sua estratégia. 

Entenda por que utilizar as cinco forças competitivas de Porter pode ser benéfico para a sua indústria

Ao saber quais são as 5 forças de Porter e reconhecer o papel de cada uma delas na sua indústria, fica muito mais fácil definir quais os objetivos dela dentro do seu setor de atuação. 

Além disso, se investe em saber quais são as 5 forças de Porter, você avalia  criteriosamente os detalhes de uma estratégia e ganha agilidade em tomar decisões. 

Por fim, outro grande benefício ao utilizar as 5 forças de Porter na sua empresa é a possibilidade de identificar falhas e oportunidades de vendas dos seus produtos e serviços. 

Como pode ver, não à toa essa é uma das ferramentas mais utilizadas para a gestão empresarial, independentemente do tamanho de uma organização.

Então, agora que você já sabe por que deve utilizá-las no seu negócio, vamos descobrir quais são as 5 forças de Porter? Confira.

Quais são as 5 forças de Porter?

Bom, agora que você sabe o que são e os maiores benefícios delas, chegou o momento de conhecer as 5 forças competitivas de Porter exemplos! 

Para isso, é necessário que você tenha muita atenção nesse tópico, pois só assim você conseguirá mostrar o diferencial da sua indústria. 

Força nº 1: Rivalidade entre concorrentes

A primeira das cinco forças competitivas de Porter é a rivalidade entre os concorrentes que, nada mais é, do que o nível de competição existente.

Afinal, há diversos mercados pouco competitivos por aí e ter uma rivalidade alta entre as empresas que estão inseridas nele pode ser prejudicial para a sua marca. 

Isso porque esse cenário pode indicar que a demanda dos seus produtos não seja tão alta ou que os mesmos estejam ultrapassados. 

O resultado disso é a alta competitividade, que acaba puxando margens baixas de lucro e agressividade para obter novos consumidores. 

Portanto, a dica aqui é estudar o mercado cautelosamente, a fim de buscar pelas táticas usadas pelos concorrentes e identificar as falhas que elas cometeram. 

Força nº 2: Poder de negociação dos fornecedores

O poder de negociação dos fornecedores representa a posição da sua empresa diante do mercado do qual você está inserido. 

Por meio dessa força, você sabe quais os impactos que os produtos e serviços da sua indústria causam neles e como essas mercadorias podem evoluir a marca. 

Para um melhor entendimento, imagine que a sua indústria possua um baixo número de fornecedores. 

Nesse caso, o seu poder de controle é menor, uma vez que os outros fornecedores têm a oportunidade de aumentar os preços das matérias-primas, os prazos etc. 

Do contrário, se o número de fornecedores for maior, significa que a sua marca passa a ter total controle sobre eles, tendo à disposição diversos benefícios, como:

  • Matérias-primas mais baratas; 
  • Entregas mais rápidas;
  • Condições de pagamentos acessíveis e que cabem no bolso. 

Afinal de contas, os fornecedores vão querer mostrar que são a melhor solução para a sua empresa. 

Força nº 3: Poder de barganha dos clientes

Mãos masculinas apontando para papéis e segurando tablete após descobrir quais são as 5 forças de porter.

Em outra das 5 forças competitivas de Porter exemplos acontece quase o mesmo com os fornecedores, só que aqui é sobre os seus consumidores.

Isso porque se o nível de competição do mercado for muito grande, maior será o controle de todos os clientes em cima dos processos de vendas.

Agora, se você está inserido em um mercado do qual há escassez de produtos e serviços, a sua marca acaba tendo total controle sobre essas pessoas. 

Força nº 4: Ameaça de novos concorrentes no mercado

Um dos grandes problemas que a sua indústria pode enfrentar ao saber quais são as 5 forças de Porter é se deparar com novos concorrentes dentro do seu setor de atuação. 

Apesar de ser bastante comum no universo empresarial, muitos empreendedores não esperam ser ameaçados por uma nova concorrência. 

Por exemplo, hoje em dia é bem comum se deparar com lojas virtuais dentro de e-commerces ou marketplaces, já que essas duas ferramentas são relativamente baratas. 

Agora, se uma marca competir com outras já consolidadas em um ramo que demanda alto investimento, como é o caso da Inteligência Artificial, fica bastante difícil ser ameaçado. 

Força nº 5: Ameaça da entrada de novos produtos ou serviços

Chegamos a última das cinco forças competitivas de Porter!

E como você pode perceber, a ameaça não vem somente dos clientes ou da concorrência, mas também de novos produtos ou serviços capazes de tornar um produto ultrapassado.

Por isso, é necessário que saiba detalhadamente quais são as 5 forças de Porter, uma vez que as já citadas 4 forças podem te ajudar nessa situação. 

Na última força, tente imaginar que o seu produto ou serviços são muito bons, mas que um dia eles vão sair de moda. 

Por esse motivo, é necessário se manter lado a lado à inovação, listando os produtos ou serviços que a concorrência lança e que trazem benefícios parecidos com os da sua marca. 

Preparado para praticar as 5 forças competitivas de Porter exemplos?

É nítido como a criação de novas empresas aumentou de uns anos para cá, tornando os negócios e a conquista de consumidores mais difícil .

Por isso, fazer análises eficazes, como é o caso das cinco forças competitivas de Porter, faz com que a sua equipe se torne especialista no seu segmento. 

Afinal, todos os colaboradores vão conseguir analisar e organizar estrategicamente as ações que devem ser desenvolvidas para o total sucesso da marca. 

Então, use as 5 forças competitivas de Porter exemplos para se preparar para as mudanças do cenário e mostrar o diferencial da sua marca frente à concorrência.

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *