Endomarketing: aplicações do marketing na indústria

with Nenhum comentário

Quando se fala nas aplicações do marketing na indústria, é bem comum pensar na atração de clientes e expansão para novos mercados. Mas sabia que isso não basta? Empresas que desejam ser realmente competitivas devem olhar para eficiência operacional e produtividade. E isso significa uma coisa: precisamos falar sobre endomarketing.

Endomarketing para a indústria: o que é e por que investir

Você há de concordar: seja qual for o ramo de atuação, contar com profissionais capacitados e motivados é fundamental. À primeira vista, pode parecer que essa responsabilidade é exclusiva do colaborador. Erra quem pensa que a empresa não tem a sua parte.

O endomarketing para a indústria consiste na aplicação de estratégias de marketing direcionadas para o público interno, ou seja, os colaboradores da fábrica. O objetivo é entregar aos colaboradores as informações que precisam para executar (bem!) as suas funções. E claro, trazerem resultados excelentes.

É importante ficar atento a três conceitos:

  • O que é comunicação interna? Chamamos de comunicação interna a transmissão de informações relevantes dentro da empresa.
  • O que é endomarketing? Endomarketing é o conjunto de estratégias de comunicação usadas para estabelecer uma comunicação clara e objetiva entre empresa e seus profissionais. Costuma ter uma abordagem mais ‘publicitária’.
  • Experiência do colaborador: Não basta dizer que a empresa faz x ou y. É preciso que o colaborador vivencie, em primeira mão. Profissionais querem ser valorizados, compreendidos e entender que o seu trabalho tem sentido e propósito.

Por que apostar no marketing voltado para o público interno?

O endomarketing contribui significativamente para a performance da indústria. Quer provas? Vamos reproduzir aqui os resultados de uma pesquisa científica publicada na REMark – Revista Brasileira de Marketing. Ações voltadas para o público interno:

  • Estimulam à participação de todos os colaboradores da organização;
  • Melhoram as atitudes e comportamentos dos colaboradores com relação ao emprego;
  • Criam e promovem idéias nas organizações voltadas ao bom atendimento ao cliente;
  • Contribuem para a melhoria dos índices de produtividade;
  • Favorecem o recrutamento e seleção; e
  • Incluem os planos de carreira como instrumentos de motivação.

Especificamente na indústria, o endomarketing traz o aspecto adicional da segurança no trabalho. Mas você sabe como chegar lá?

Passos importantes na hora de pensar o endomarketing para a indústria

Resumidamente, para o endomarketing funcionar na indústria é preciso:

  1. Conhecer bem a empresa, seus valores, produtos e profissionais.
  2. Definir objetivos para o trabalho (capacitação técnica? alinhamento de discurso? prevenção de acidentes? etc.).
  3. Planejar ações necessárias para alcançá-los – pode ser a criação de um jornal mural, bate-papos diários, eventos periódicos…
  4. Comunicar de maneira clara e acessível, tendo em vista o perfil de público alvo de cada ação. Menos tecniquês, mais compreensão.
  5. Aproximar os departamentos, desburocratizando o contato sempre que possível.
  6. Criar canais para comunicação horizontal. Para o endomarketing ter resultados concretos, a informação não pode ser unilateral.

Coerência: o marketing voltado para o público interno, sozinho, não é suficiente

Não basta fazer campanhas internas emocionantes, se a relação entre colaborador e empresa não for bacana. Quanto mais autonomia e subsídios para performar, melhor a atuação de cada profissional. Pense nas rotinas de RH, que afetam diretamente o colaborador. Ele dispõe de fácil acesso a informações básicas?

Já existem ferramentas em que é possível ter acesso ao espelho de ponto e holerite online, por exemplo. Algumas plataformas até permitem que os funcionários analisem as horas trabalhadas, façam justificativas de faltas e atrasos, e anexem documentos às justificativas – em tempo real. É de se pensar. 😉

Conteúdo escrito por Scheila Silveira, da Ahgora – plataforma especializada em gestão de ponto, acesso e produtividade.

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *