Conheça os tipos de portais de compra e venda

O faturamento de vendas na internet em 2015 foi de 144,7 bilhões de reais e a previsão é de que este número só aumente a cada ano. O investimento nesta mídia vem ganhando cada vez mais força devido ao alto retorno sobre o investimento, menor custo em relação a outras mídias, maior facilidade de mensuração de resultados, dentre várias outras vantagens. Atualmente, existem diversos tipos de portais de compra e venda, se tornando uma enorme tendência do mercado digital para quem deseja aumentar o faturamento.

 

shutterstock_317806703

 

Antes de começar a investir nessa estratégia, é fundamental que você entenda os conceitos de portais de compra e venda seu tipos (horizontais e verticais), como cada um funciona, e então analisar qual se encaixa melhor com seu objetivo.

 

 

Tipos de portais de compra e venda

 

Existem diversos tipos de portais de compra e venda, e cada um funciona de uma maneira. Dentre eles estão:

 

  • Transacionais – Possibilita transações online, venda de produtos e serviços, pode realizar o cadastro dos usuários, integra outros sistemas e tem o e-commerce como maior exemplo.

 

  • Informativos – Conteúdos diferenciados e relevantes com grande diversidade de informação, focada no acesso fácil à informação, promove testes de melhoria da experiência do usuário em navegabilidade, usabilidade e acessibilidade.

 

  • Privados – Com acesso restrito a um grupo de usuários, selecionando-os de acordo com seus perfis, utilizado através de uma rede de sócios, podendo ser alinhado com os portais transacionais quando o conteúdo é liberado para o comércio, por exemplo, os sites de notícias que tem um esquema de assinatura para conteúdo mais especializados.

 

  • Públicos – Diferente dos privados, esses portais não possuem restrições de acesso aos usuários, não selecionam o seu público e tem como foco a liberação de todo tipo de informação.

 

  • Horizontais – Vários serviços à disposição dos usuários, conteúdos divididos entre categorias para alcançar um público cada vez maior, em que há interação, resposta e engajamento.

 

  • Verticais – Tem como foco a especialização dos conteúdos para um público mais segmentado que tem interesses em comum e participa de grupos de discussão.

 

Nesse artigo vamos dar uma atenção especial para os tipos de portais de compra e venda verticais e horizontais. Os verticais trabalham de forma segmentada para um determinado nicho de mercado, enquanto que os horizontais atendem um mercado mais amplo com várias áreas. Mas qual se encaixa melhor no seu negócio?

 

Portais horizontais

 

Os portais horizontais são formados por sites de conteúdos generalizados, como por exemplo, os portais de notícias, as revistas eletrônicas, entre outros meios de comunicação.

São portais abertos e públicos com vários serviços que estão à disposição dos usuários e dedicado a vários assuntos que podem variar entre diferentes categorias sobre esportes, culinária, música, astrologia, política, economia, meio ambiente, etc.

Esses portais horizontais tem o objetivo de ser a página inicial dos usuários, devido a quantidade de serviços e funções que possuem. Como por exemplo, campo de busca, loja virtual, espaço para e-mail, chat on-line e em alguns casos o usuário tem a possibilidade de customizar a página para que fique de acordo com a sua preferência e mais especializada. Que é o caso de diversas paginas como Ig, Uol, Globo.com e etc.

 

Redes sociais horizontais

 

Assim como os tipos de portais de compra e vendas horizontais, os perfis das redes sociais (horizontais) são genéricos e por isso é o lugar ideal para as pessoas que tem a intenção de se comunicar e compartilhar conteúdo diversificado. Exemplos de redes sociais horizontais são o Facebook e o Google +, onde os usuários tem acesso livre às postagens e podem interagir uns com os outros.

 

vender-mais-usando-a-internet

 

Portais verticais

 

Ao contrário dos horizontais, os portais verticais são mais segmentados e oferecem conteúdos e serviços mais específicos para vários tipos de usuários.

Devido o público ser mais segmentado, o conteúdo pode ser mais especializado e centrado em comunidades especiais de profissionais ou então de interesses em comum (música, fotografia), porém sempre focado em um tema específico.

Normalmente, os portais verticais possuem uma busca focada em palavras-chave que são usadas para um setor em especial. Desta forma, é possível ficar melhor posicionado e ganhar mais visibilidade. Para fazer isso é recomendável que você desenvolva um estudo de palavras-chave sobre o segmento que quer atender. Utilize ferramentas como o planejador de palavras-chave do Google Adwords, FreshKey e Keyword Tools para realizar esta tarefa.

 

Redes sociais verticais

 

Além dos tipos de portais de compra e venda verticais, existem as redes sociais (verticais) que também possuem perfis segmentados que juntam pessoas com interesses em comum para trocar ideias e debater sobre assuntos mais direcionados.

No segmento B2B (empresas que vendem para empresas) a rede social com maior adesão (83%) é o Linkedin, sendo um exemplo de rede social vertical que junta pessoas com interesses em desenvolver suas carreiras profissionais e buscar uma colocação no mercado de trabalho.

As empresas aproveitam as redes sociais verticais para divulgar conteúdos de interesses exclusivos de determinados públicos.

 

Portais de compra e venda (marketplaces)

 

tipos-de-portais-de-compra-e-venda

 

Segundo dados do e-commerce Brasil o faturamento dos markeplaces em 2014 foi de R$9 bilhões. Por conta do seu alto retorno, cada vez mais as empresas optam por investir neste modelo de mercado.

Entre os tipos de portais de compra e venda, podendo ser direcionados para massas (diversos produtos e compradores de todos os tipos) ou segmentados para um único setor (produtos ou serviços específicos, ex: Manutenção de ar-condicionado).

Os marketplaces podem ser  horizontais ou verticais e investir em um conta oferece diversas vantagens como: Possibilidade de alto retorno, maior controle e facilidade dos processos, maior visibilidade online, mais e melhores oportunidades de crescimento, apoio especializado, e etc.

 

vender-mais-usando-a-internet

 

Gostou do conteúdo? Aproveite e compartilhe em suas redes sociais quais são os tipos de portais de compra e venda!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *