Não precisa vender chocolate para lucrar na páscoa. Saiba como!

//Não precisa vender chocolate para lucrar na páscoa. Saiba como!

Por: . Publicado: 12 de abril de 2019 | Atualizado: 12 de abril de 2019.

Quando o assunto é a Páscoa, a primeira imagem que vem à cabeça das pessoas é o chocolate. Entretanto, outros negócios também podem aproveitar a data para aumentar as suas vendas.

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a expectativa de faturamento nesse período é de R$ 2,4 bilhões, 1,5% a mais do que a páscoa do ano passado.

Devido a alta expectativa de negócio, os empreendedores estão buscando investir fortemente em divulgar do negócio em canais de vendas.

Nessas datas, o investimento feito pela empresa pode ser o elemento fundamental para o crescimento das vendas e até mesmo para o posicionamento de marca.

E para que sua empresa possa lucrar mais esse artigo vai mostrar como usar diferentes canais de vendas mesmo que seu negócio não envolva chocolate. Aqui, você irá receber dicas para que:

1 – Crie campanhas em lojas físicas

As lojas físicas ainda são muito atraentes para os consumidores, principalmente no período de datas comemorativas, como é o caso da páscoa.

Nesta data, a principal estratégia para esses estabelecimentos que não vendem produtos para a páscoa é investir em promoções e descontos especiais para incentivar e atrair clientes.

2 – Aposte nos E-Commerces

O E-Commerce nada mais é que um modelo de negócio no qual uma empresa cria sua loja própria na internet.

Com mais de 130 milhões de usuários no Brasil segundo o IBGE, o ambiente virtual se tornou uma grande oportunidade de negócios.

Para ter resultados neste canal de venda, é fundamental ter um site rápido e fácil de navegar, pois isso ajuda os usuários a terem uma melhor experiência na loja virtual.

3 – Invista em um Marketplace

Os chamados marketplaces são shoppings virtuais onde várias empresas comercializam seus produtos no mesmo local.

Esse modelo de negócio vem crescendo muito no mercado. De acordo com a empresa de monitoramento de E-commerces Precifica, entre 2017 e 2018, o número de lojas subiu de 7.448 para 14.204, um aumento de 90,7%.

Uma das principais características desse modelo de mercado é o seu ótimo posicionamento nos sites de busca, como o Google. Esse fato contribui para aumentar a visibilidade do negócio e pode contribuir significativamente para as vendas.

Uma das principais vantagens dos marketplaces é o seu custo, que é menor comparado aos E-commerces. É uma boa opção para as pequenas empresas, pois elas se tornam mais competitivas, disputando igualmente com grandes companhias no mesmo local.

Um ótimo exemplo de marketplace de sucesso é o Soluções Industriais, a maior plataforma do ramo industrial focada em facilitar o contato de empresas com seus clientes em potencial, que inclusive investe em campanhas em datas comemorativas, como é o caso da Páscoa.

Com cerca de meio milhão de acessos ao mês, é possível encontrar na plataforma milhares de produtos dos mais diversos setores da indústria como por exemplo, construção civil, movimentação e armazenagem de carga, embalagens, entre outros.

2019-04-12T11:40:49+00:00

Faça um Comentário